quinta-feira, 31 de Julho de 2014

FRANCISCO MENDES É O NOVO TIMONEIRO OURIENSE

Francisco Mendes está de regresso a Ourém e desta feita para ser o técnico principal da equipa sénior que irá disputar o Nacional da III Divisão. O novo técnico Ouriense já tinha passado pelo clube nomeadamente como preparador físico quando da passagem do clube Ouriense pela I Divisão Nacional.

Foto de arquivo: Jornal Região de Leiria

O técnico Leiriense estava parado há um ano, depois de ter treinado o AC Sismaria em duas épocas, na primeira ficou pela 3ª posição e na 2ª época venceu a Zona Centro da III Divisão garantindo a duas jornadas do final a subida à II Divisão. No entanto e por motivos financeiros o clube de Leiria acabou por extinguir a secção de hóquei em patins, acabando assim um projecto que em duas épocas provou que existia "matéria-prima" para continuar e levar longe o nome do popular clube da "Estação" no hóquei patinado português.

Agora de regresso ao hóquei, modalidade que abraçou, Francisco Mendes revelou ao site "Plurisports" os objectivos para e época 2014/2015 ao leme da equipa sénior da J. Ouriense «continuar o projecto que vem sendo delineado pelo Clube, não havendo objectivo de subida, apenas e sim, o crescimento desportivo e sustentado dos jovens que compõem o plantel».

Quanto ao plantel às suas ordens e segundo o mesmo site, Francisco Mendes não fez qualquer referência confirmando apenas a saída de António Brito e Bruno Aires para a Capital da Maçã para representar o Alcobacense CD.

quarta-feira, 30 de Julho de 2014

ALBERGARIA-A-VELHA RECEBE SUPERTAÇA MASCULINA

A Supertaça António Livramento que irá colocar frente-a-frente o campeão nacional AD Valongo e o vencedor da Taça de Portugal SL Benfica será disputada em Albergaria-a-Velha no próximo dia 27 de Setembro.

Foto de arquivo: Jornal "A Bola"

Num jogo onde alguns dos jogadores que conquistaram o titulo pelo Valongo e a 2ª posição pelos Encarnados já não irão estar presentes por motivo de transferências e onde outros farão a sua estreia com o novo emblema ao peito, ambos os conjuntos irão esgrimir argumentos para levantar o "caneco" sucedendo assim ao FC Porto na conquista do mesmo, naquele que será o primeiro jogo oficial da época.

Este troféu teve inicio no ano de 1983 disputada em duas mãos e com o Sporting a arrecadar o titulo. Este sistema de duas mãos vigorou até 2005. A partir de 2006 a Supertaça António Livramento passou a ser decidida apenas num jogo. FC Porto lidera o raking dos vencedores da prova que apenas conhece quatro vencedores ao fim de 31 edições:
  • FC Porto - 19
  • SL Benfica - 7
  • OC Barcelos - 4
  • Sporting CP - 1

De salientar que apesar da Supertaça ter tido inicio em 1983 como foi referido anteriormente apenas a partir da época de 1998/1999, esta competição passou a designar-se Supertaça António Livramento em homenagem a António Livramento, jogador e treinador da modalidade entretanto falecido.

terça-feira, 29 de Julho de 2014

PROTOCOLO DE ORGANIZAÇÃO DO EUROPEU SUB-20 ASSINADO

Está dado o primeiro passo para a realização do Campeonato da Europa Sub-20 de hóquei em patins – Valongo’2014. 
 
Foto: FPP - Da esquerda para a direita: Celestino Brito (APP), Fernando Claro (FPP), José Manuel Ribeiro (CMV) e Álvaro Figueira (ADV)
 
Esta manhã, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Valongo, o Dr. José Manuel Ribeiro, Presidente da Câmara Municipal de Valongo, Fernando Claro, Presidente da Federação de Patinagem de Portugal, Celestino Brito, Presidente da Associação de Patinagem do Porto, e Álvaro Figueira, Presidente da AD Valongo, assinaram o Protocolo de Organização da competição que irá levar até Valongo o melhor hóquei em patins Sub-20 da Europa.

Entre os dias 6 a 11 de Outubro, Portugal vai receber pela 11ª vez a organização do Campeonato da Europa Sub-20 de hóquei em patins, o que não acontecia desde 2003, quando Vale de Cambra foi sede de um dos 17 títulos europeus conquistados pela Seleção Nacional.

Sucedendo às cidades de Lisboa, Paço de Arcos, Barcelos, Anadia, Sesimbra, Porto e Vale de Cambra, caberá desta feita ao Município de Valongo acolher esta competição que os Sub-20 de Portugal tentarão vencer pela quarta vez consecutiva, após os triunfos na Alemanha (2008), Itália (2010) e França (2012).

Informação: Gabinete de Imprensa da FPP

segunda-feira, 28 de Julho de 2014

DERBY RIBATEJANO NA ABERTURA DA II DIVISÃO SUL

Realizaram-se, esta segunda-feira, 28 de Julho, na sede da Federação de Patinagem de Portugal, os Sorteios dos Campeonatos Nacionais das 1ª e 2ª Divisões de hóquei em patins 2014/2015.

Foto de arquivo: Carlos Emídio Martins - Plurisports

Na I Divisão o HC "Os Tigres" que regressam ao convívio dos grandes depois de se terem sagrado Campeões Nacionais da II Divisão, feito conseguido pela 2ª vez no historial dos azuis e brancos da Capital da Sopa da Pedra, começam o campeonato com a deslocação a casa do AD Valongo, nada mais nada menos que o campeão nacional em titulo. Na 2ª jornada a equipa de Pedro Nifo recebe no Alfredo Bento Calado o FC Porto e de seguida também em casa o Sporting CP, ou seja um inicio de campeonato "terrível" para os Tigres. A 1ª jornada da Nacional maior do hóquei patinado português reserva-nos um sempre apetecível derby Lisboeta com o SL Benfica a receber o Sporting CP. Deixamos agora o calendário da I Divisão versão 2014/2015.


Na II Divisão zona Sul o sorteio ditou logo na 1ª jornada o derby Ribatejano com o União FE a receber o SC Tomar num jogo marcado para 20 de Setembro. O SC Tomar que na época passada esteve na I Divisão tendo sido despromovido, começa assim o campeonato em casa do vizinho União FE num jogo entre equipas com objectivos diferentes, se os verde e brancos da Cidade do Nabão aspiram aos lugares de subida, os alvi-negros da Cidade dos Fenómenos têm na manutenção o seu objectivo. É este o calendário da II Sul para a época 2014/2015.


Esta época e ainda em fase de transição nomeadamente na II Divisão onde irão apenas ficar 14 equipas na época 2015/2016. As despromoções na I Divisão ficam reservadas para os últimos 3 classificados, e na II Divisão serão despromovidas igualmente os três últimos classificados de cada zona, subindo quatro equipas da III Divisão o que fará que em 2015/2016 a II Divisão Norte e Sul tenha apenas catorze equipas em cada zona. No que diz respeito às subidas, sobem à I divisão os primeiros classificados da zona Norte e da Sul, disputando os segundos classificados um liguilha que apurará a terceira equipa a subir à I Divisão.

domingo, 27 de Julho de 2014

NACIONAL DE 3X3 CONSAGROU OS "AMIGOS DA ONÇA"

A 2ª jornada do Campeonato Nacional de 3x3 disputou-se ontem no rinque do Jardim de Paço de Arcos com a participaçãode 9 equipas uma das quais oriunda de Espanha a que se juntou o GP Oeiras que não haviam aprticipado na 1ª jornada que teve lugar em Avanca e cujo o vencedor foram os Amigos da Onça que voltaram a repetir o triunfo e foram os justos vencedores.

Foto: HóqueiPT

Nesta que foi a 1ª edição de um Nacional de 3x3, a adesão ficou um pouco abaixo das expectativas, mas está lançada a "primeira pedra" para que este mesmo campeonato prossiga nos próximos anos e possa atrair mais equipas, inclusive equipas estrangeiras como foi o caso do "Samba Madrileno" e passa a ser o evento que assinale o encerramento da época desportiva anual antes da partida para férias.

Para a história ficam os três primeiros classificados deste Nacional 3x3
  • 1º Os Amigos da Onça
  • 2º Os Pinos
  • 3º Peaners

sábado, 26 de Julho de 2014

ANACP PROMOVE 2ª EDIÇÃO DO DIA DO GUARDA-REDES

A ANACP – Associação Nacional de Clubes de Patinagem organiza, dia 06 de Setembro, no Pavilhão Municipal Dr. Mário Mexia em Coimbra, a 2ª Edição do “Dia do Guarda-Redes”.


Esta iniciativa surge na aposta da ANACP em promover o hóquei em patins e dar a oportunidade aos mais jovens praticantes um contacto com os seus ídolos.

Esta iniciativa é já uma aposta ganha, a segunda edição espera-se que tenha o dobro dos Guarda-redes que este possam evoluir neste dia". Afirma, Rui Carvalho, Presidente da ANACP.

Os guarda-redes da seleção Nacional, André Girão e Jorge Correia, serão dois dos monitores de uma tarde que se espera de convívio e onde os mais novos aprendam com os seu ídolos e desenvolvam novos exercícios específicos para a sua posição.

A ANACP quer continuar a defender o melhor para o hóquei em patins e sentimos que iniciativas como esta fazem falta à modalidade, esta época temos a obrigação de fazer mais atividades e continuar a promover o hóquei em patins e patinagem.” Salienta Rui Carvalho, Presidente da ANACP.

sexta-feira, 25 de Julho de 2014

TORNEIO DE VERÃO - TVD - MEALHADA 2014

O Hóquei regressou à Mealhada, mesmo em período de férias, com o Torneio de Verão 2014 Mealhada.


Tratou-se de uma iniciativa do Hóquei Clube da Mealhada que se associou à Bairrada Solidária na terceira edição deste evento, onde por cada atleta participante reverteu 1€ para a mesma associação. O torneio teve uma parte competitiva nos dias 18, 19 e 20 de Julho, no Pavilhão Municipal da Mealhada e uma parte lúdica em que constou uma festa com DJ convidado, a 2ª Roller Hockey - SunSet Party.


Para esta edição, a organização contou com a presença de 14 equipas, num total de 150 atletas, superando as edições de 2012 (10 Equipas) e de 2013 (12 Equipas). Para além do hóquei, haverá animação e uma pista de Kartings, sempre com o apoio da Câmara Municipal da Mealhada.

Durante 3 dias o hóquei voltou a ser "Rei" na Mealhada. Na sexta-feira, às 21h30m, começou a fase de grupos, que se estende pela madrugada dentro, durante 24 horas seguidas, contando também com os oitavos de final. Sábado à noite, dia 19 realizou-se o jantar de fim de época do HCM e a já referida 2º Roller Hockey SunSet Party, com DJ convidado.

No domingo, às 13 horas, começaram os jogos dos quartos de final, das meias finais e da final, até às 19 horas, seguindo-se depois a Festa de Encerramento.


Para mais informações sobre o Torneio de Verão clique aqui.

quinta-feira, 24 de Julho de 2014

ESPAÇO ABERTO

Campeonatos Regional de Lisboa - Prós e Contras

A presença das equipas de Leiria e do Ribatejo nos campeonatos organizados pela associação de patinagem de Lisboa, na presente época (13/14), foi algo inevitável a partir do momento que alguns clubes do Ribatejo assumiram tal vontade. 


O número reduzido de clubes na associação de Leiria obrigou à fusão com os clubes da Associação do Ribatejo e seguidamente de Lisboa, o que veio a dificultar muito a vida dos clubes, particularmente dos mais a Norte. A grande dúvida é saber se as vantagens competitivas compensam os gastos financeiros.
A situação não é nova pois na época anterior, a taça APLisboa (prova de encerramento) já se tinha realizado nestes moldes, mas na altura era experimental e de curta duração, acabando por prevalecer os prós.

O principal objectivo deste artigo visa enumerar os prós e os contras detectados durante esta época, seria desejável que o tema fosse debatido por todos, para em conjunto encontrarmos uma solução financeira e desportiva mais adequada à realidade de todos os clubes.

Começo por enumerar os prós e contras registados na I – Fase dos campeonatos regional de Lisboa, com particular atenção nos escalões sub-17 e sub-20.

Prós - I Fase
A distribuição das equipas em séries zonais foi sem dúvida uma aposta sensata, e é algo que registo com grande satisfação, nomeadamente:
  • A logística semanal da competição tornou-se mais fácil, mais rápida e menos dispendiosa;
  • A troca de jogos e realização dos mesmos durante a semana;
  • Os custos financeiros nesta fase mantiveram-se iguais aos de época anterior;
  • O 1.º e 2.º classificado garantiram o apuramento para disputarem os campeonatos nacionais e apuramento do Campeão Regional de Lisboa.

Contras - I Fase
Como aspectos menos positivos e que gostaria que fossem revistos, são:
  • O início da competição a 14 de Setembro 2013, condicionou a preparação da maioria das equipas, porque nessa altura ainda havia atletas de férias;
  • As jornadas duplas, nos diversos escalões dificultam a vida aos clubes, com menor número de atletas, impedindo-os de jogarem nos escalões superiores;
  • A I fase da competição é muito curta, (14Set2013 a 2Nov2013) e é a mais importantes para os clubes que ambicionam participar nacionais;
  • A competitividade causa discórdia, ao nível do apuramento de campeão regional, porque verdadeiramente existem 2 ou 3 três equipas, com potencial para lá chegar (Benfica, Sporting, Paço de Arcos ou Sintra), as restantes são espectadoras, porque houve grandes goleadas entre os líderes e 6.º classificado;
  • Os custos elevados da organização das provas e da arbitragem, em tempos tão difíceis onde ainda impera a carolice, são algo muito penalizadores;
  • As multas são muito dispendiosas, em caso de troca de jogos;
  • A obrigatoriedade de um técnico de saúde, nos jogos realizados em casa contribui para o aumento das despesas correntes ou então paga-se as multas. 

Seguidamente falo sobre os prós e contras da Taça APLisboa, uma prova onde deveriam ser aplicados novos critérios para reduzir os custos, angariar receitas e aumentar a competitividade, como tal apelo ao debate de ideias e experiências vivida, caso contrario os clubes do Ribatejo e Leiria são meros cumpridores/pagadores das regras de Lisboa. 

Taça APLisboa  – Contras
  • A alteração dos dias de jogos, ex: juvenis (Domingo) e Juniores (Sábado), perturba a calendarização dos clubes e obriga a constantes trocas de jogos e naturalmente ao pagamento de multas, além disso:
  • Beneficia os clubes de Lisboa que competem ao sábado para o campeonato nacional e ao domingo para o regional, esta regra aplica-se a todos os escalões embora o exemplo real seja do escalão júnior;
  • Prejudica os clubes, as equipas e os atletas de escalões inferiores actuarem no escalão superior se um dos escalões participar no campeonato nacional;
  • As deslocações desta prova, designadamente nos escalões sub -17 e sub-20 foram muito longas, muito demoradas e bastante dispendiosas, não se respeitou a proximidade dos clubes, como foi feito noutros escalões, exemplo: 
  • A deslocação da Memória ao Seixal e vice-versa para a realização do jogo de Sub-20 demorou 9 horas (concentração 14H00, jogo 18H00 e regresso casa 23H00), sim um dos percurso foi pela estrada nacional, demasiado tempo, principalmente para atletas em época de exames/frequências; 
  • A ausência de um técnico de saúde, penaliza o clube com multa.

Taça APLisboa – Prós
  • Em todos os escalões excepto sub 17 e sub-20, o agrupamento das séries por região foi uma boa opção, e contribuiu para a redução dos custos de deslocação e de tempo despendido.

Em suma
Compreendo que para os clubes de Lisboa também não deve ser fácil deslocar-se ao Norte de 15 em 15 dias, pois o tempo gasto, as deslocações e os custos são os mesmos.

Vamos reflectir e apresentar novas e melhoradas soluções.

Atenciosamente, Jaime Santos

quarta-feira, 23 de Julho de 2014

1º CAMPEONATO NACIONAL 3X3 - PAÇO DE ARCOS

Depois do rinque Parque do Mato em Avanca recebeu ter recebido no dia 12 de Julho o 1º Campeonato Nacional de 3x3, um evento que levou até aquela freguesia do concelho de Estarreja 7 equipas, agora é a vez do rinque do Jardim de Paço de Arcos receber a 2ª jornada que terá lugar no próximo sábado dia 26 de Julho com o inicio marcado pra as 10:00 horas da manhã.

Foto 1º Jornada Avanca - Luís Duarte

Esta 2ª jornada contará com a presença de mais duas equipas os espanhois do "Samba Madrilenha" e os portugueses do "GP Oeiras" a que se juntam as restantes sete que participaram em Avanca e cujos resultados e classificação publicamos de seguida.


De salientar ainda a presença de Miguel Rocha e Johe que irão ser integrados em equipas. É este o calendário para a 2ª jornada.
 

SEGUNDA-FEIRA É DIA DE SORTEIO

Na segunda-feira, 28 de julho, realizam-se os sorteios dos Campeonatos Nacionais das 1ª e 2ª Divisões 2014/2015, da Supertaça “António Livramento” e da Supertaça Seniores Femininos de hóquei em patins.


Os sorteios terão lugar na sede da Federação de Patinagem de Portugal, em Lisboa, pelas 18:00.

SORTEIOS A 28 DE JULHO
  • Campeonato Nacional da 1ª Divisão

  • Campeonato Nacional da 2ª Divisão - Norte
  • Campeonato Nacional da 2ª Divisão - Sul

  • Supertaça “António Livramento”
  • Supertaça Seniores Femininos
Inscrição na Taça de Portugal Seniores Masculinos

A inscrição na Taça de Portugal (Seniores Masculinos e Seniores Femininos) é obrigatória para todos os Clubes que se inscreverem nos Campeonatos Nacionais. Os sorteios do Nacional da 3ª Divisão e do Nacional Seniores Femininos estão agendados para 14 de agosto, pelas 18:00, na sede da FPP.

Mais informações no portal oficial da FPP, em www.fpp.pt, e no Comunicado Oficial Nº 27

Informação: Gabinete de Imprensa da FPP

terça-feira, 22 de Julho de 2014

TREINADOR DE BANCADA

Agora que chegou ao fim mais um Europeu de má memória para as cores Lusas, muito se tem lido acerca da prestação dos "Ursos" em Alcobendas. Uma "parafernália" de comentários, uns abonatórios, outros nem por isso, uns feitos a quente, outros a frio, alguns com críticas construtivas, outros pura e simplesmente de quem anda por aqui de costas e não tem espelhos retrovisores nas orelhas.


Eu a frio e antes de ir de férias e no cimo da minha bancada, depois de muito ter lido no que aos comentários diz respeito, e ter visto e revisto os jogos e as declarações do técnico e jogadores após os jogos, também me sinto na obrigação de "opinar" no que ao Alcobendas 2014 diz respeito. No meio destes comentários houve um que me ficou na retina e que transmite o sentimento e a revolta de quem em rinque deu o seu melhor, e viu esse trabalho não ter o feedback desejado, estou a falar do comentário que Ângelo Girão escreveu na sua página do facebook e que transcrevo na íntegra «Uma vergonha os comentários que tenho lido e ouvido. Respeito mas não concordo nem um bocado. Esta é a Seleção de todos os portugueses e tenho orgulho em todos os atletas staff e equipa técnica. Não trocava NENHUM atleta estes são para mim os melhores de Portugal. Só peço respeito a atletas que já deram e fizeram muito por esta modalidade. Respeitem para serem respeitados. Se querem dizer mal digam mas sempre com respeito nós estamos aqui para arcar com as críticas. Comentários deploráveis na televisão pública. Falhamos e assumimos isso. Não fugimos às responsabilidades. Volto a dizer que estes para mim são os 10 melhores jogadores portugueses

Como treinador de bancada que sou, não podia de concordar com grande parte do que está escrito, no entanto existem coisas que têm de ser equacionadas nas convocatórias e essas são pelo menos duas variáveis de valores diferentes, mas que no final podem fazer com que o resultado dessa equação seja positivo ou negativo e pegando nas palavras do guardião Luso «Volto a dizer que estes para mim são os 10 melhores jogadores portugueses» esta será a primeira viável, mas não a de maior valor, pois não basta "serem os 10 melhores", têm de ser "os 10 em melhor forma no momento", e essa variável não foi tida em consideração e passo a explicar o meu ponto de vista em dois ou três itens:
  • Os 10 em melhor forma não sofrem dois golos num minuto a jogar em superioridade numérica, os 10 melhores sofreram.
  • Os 10 em melhor forma não falham duas grandes penalidades e quatro livres directos num jogo, os 10 melhores falharam.
  • Os 10 em melhor forma a vencer por dois golos de diferença não consentem o empate em 30 segundos, os 10 melhores consentiram.

Mais alguns pontos haveria a referir para sustentar a minha opinião entre os melhores e os em melhor forma, mas para não me tornar exaustivo por aqui fico, partindo para outra análise, neste caso será mais umas questões que não consigo ver respondidas e que se prendem com as decisões do Prof. Luís Sénica e que são as seguintes:
  • Os estágios na Vila do Luso, servem para preparar a selecção para a competição, não deveria ficar definido nesses estágios quem seriam os marcadores dos lances de bola parada e os mesmos treinarem esse tipo de lances até à exaustão?
  • Sendo a selecção nacional o ponto mais alto da carreira de um atleta e onde só alguns chegam, não deveria ser no entanto "menos estanque" e permitir a rotatividade dos atletas que no momento se encontram em melhor forma?
  • Um seleccionador têm o seu grupo de atletas, vamos chamar-lhes os seus "lugares-tenentes", mas em caso dos mesmos não estarem na melhor forma, não deveriam ser substituídos por outros que façam a mesma posição e que tragam outro género de valências à equipa?

Em referência ao Campeonato propriamente dito, acho que a escolha do CERS não foi feliz, apesar da qualidade do Pavilhão Amaya Valdemoro, um evento desta monta merecia ser realizado num lugar onde a "afficion" pela modalidade imperasse e a Catalunha seria sem duvida a melhor opção, mas ao invés de Portugal em que três em cada quatro eventos realizam-se no mesmo local, Fernando Graça e seus pares decidiram pela "descentralização" (vamos chamar-lhe assim), mas acabaram por apostar "no cavalo errado".

Para terminar que a prosa já vai longa e o sol já nasceu e convida para uma ida à praia, resta-me falar da transmissão televisiva que apesar de ter levado a todos os cantos do mundo onde se fala a língua de Camões a prestação dos Ursos, acabou por pecar em vários pontos a começar pelo facto dos jogos serem comentados a partir de Lisboa com todos os aspectos negativos que isso implica. Depois os comentários, se da parte do repórter da RTP Pedro Martins (mais ligado ao futsal, como é sabido) deu o seu melhor tendo apenas falhado num pormenor que era "ter feito o trabalho de casa” para evitar certos reparos, já António Ramalhete um dos ícones da modalidade, esteve ao nível da selecção ou seja uma prestação negativa, que revela estar a precisar de uma "reciclagem" antes de voltar a comentar para uma estação de televisão, no entanto já começar a ser apanágio dos comentários em transmissões televisivas seja na estação publica, seja na privada, pois os comentadores com mais "curriculum" acabam por ser os que mais "calinadas" dizem.

Resta-me desejar a todos umas óptimas férias e esperar que Alcobendas sirva como "exemplo" do que não deve acontecer e Luís Sénica e seus pares e os 10 melhores de Portugal ou os 10 em melhor forma na altura do próximo evento, o Mundial, consigam "acertar agulhas" e "matar o borrego" trazendo o "caneco" para este país à beira mar plantado. Força Portugal, Força Ursos, eu acredito...!!!

segunda-feira, 21 de Julho de 2014

FILIPE ALMEIDA FECHA PLANTEL DO SC TOMAR

Filipe Almeida regressa a Tomar para representar o Sporting local fechando assim o plantel às ordens de Nuno Domingues e que irá disputar o Nacional da II Divisão versão 2014/2015.

Foto: Plurisports

O jovem Tomarense que nasceu para a modalidade na SF Gualdim Pais tendo passado pela J. Ouriense antes de rumar a terras da Bairrada para representar o HC Mealhada. Filipe Almeida é um "sonho" antigo dos dirigentes Leoninas que assim vêem o mesmo concretizado.

Recorde-se também que o SC Tomar apresentou o plantel na passada quinta feira na sede social do clube, tendo na ocasião Ricardo Cardoso, presidente do clube afirmado à Plurisports «Era importante para nós a continuidade do grupo que esteve na passada época na 1.ª divisão. Isso conseguiu-se.». O técnico Nuno Domingues falou de um dos objectivos do emblema Leonino «O principal objectivo é os atletas crescerem. Temos muitos atletas jovens, e será importante fazê-los crescer»

Foto: João Flores

Com o inicio da pré-época marcado para  25 de Agosto é este o plantel do SC Tomar para a época 2014/2015
Guarda-redes
  • Daniel Leal
  • Marco Gaspar (regressa à actividade)

Jogadores de campo
  • Ivo Silva
  • Luís Silva
  • João Lomba
  • David "Esteves" Gonçalves
  • Hernâni Diniz
  • Francisco Neves
  • André Silva (ex-BIR)
  • Filipe Almeida (ex-HC Mealhada)

Quanto a jogos de preparação o SC Tomar apresenta-se aos associados no dia 10 de Setembro frente ao Sporting CP e dia 13 do mesmo mês leva a efeito o seu torneio "Cidade de Tomar", onde HC "Os Tigres" e SL Benfica-B já confirmaram a presença, faltando conhecer a 4ª equipa participante.

domingo, 20 de Julho de 2014

CINCO CONTRA CINCO E NO FINAL GANHA A....ITÁLIA

No futebol são onze contra onze e no final ganha a Alemanha, no hóquei costuma ser cinco contra cinco e no final ganha a Espanha, desta feita em Alcobendas a excepção confirmou a regra, e foram cinco contra cinco e no final ganhou a Itália.



Chegou ontem ao fim a 51ª edição do Campeonato Europeu de hóquei em patins que teve em Alcobendas nos arredores de Madrid a sua sede e onde contra "ventos e marés" e todas as "apostas" a Itália sagrou-se vencedora após 4 vitórias e um empate e 13 pontos somados.


Num Europeu onde a Espanha partia como principal favorita, pelo facto de jogar em casa e de ter vencido as ultimas sete edições, Portugal era apontado como o principal adversário à vitória de "nuestros hermanos" e começou com uma vitória "suada" sobre a França por 3-1 (Luís Viana, Gonçalo Alves e Diogo Rafael), depois de ter visto os gauleses inaugurarem o marcador logo aos 8' por Carlo di Benedetto.


No 2º jogo e perante a selecção mais fraca em prova, os comandados de Luís Sénica não tiveram dificuldade e venceram por 5-0 (2-0 ao intervalo) com os golos a serem apontados por João Rodrigues, Jorge Silva, Gonçalo Alves, Hélder Nunes e Luís Viana.


Ao 3º jogo chegou a goleada frente à Alemanha e apesar do susto pois os germânicos estiveram a vencer por 0-2, Portugal deu a volta 3-2, mas os Alemães voltaram a empatar a três, mas antes do descanso os Lusos marcaram e saíram na frente. Na etapa complementar um parcial de 10-0 selou a goleada e colocou Portugal na frente da classificação com 9 pontos, mais 2 que Espanha e Itália que empataram a duas bolas. Jorge Silva (4), Gonçalo Alves (2), João Rodrigues (2), Ricardo Barreiro (2), Hélder Nunes, Luís Viana e Valter Neves apontaram os golos da selecção Portuguesa.


Frente à Itália, Portugal começou bem e adiantou-se no marcador, mas não foi capaz de manter a vantagem e acabou por ser surpreendido no ultimo minuto da 1ª parte com a Itália a marcar por duas vezes, numa altura em que jogava com menos um jogador. No 2º tempo Portugal chegou ao empate, mas a equipa de Massimo Mariotti não deixou de procurar a vitória, e a 6' do fim marcou por Cocco e infligiu a 1ª derrota à equipa das Quinas, que assim ficava praticamente arredada da luta pelo título. Gonçalo Alves e João Rodrigues foram os marcadores de serviço.


Na ultima jornada e no ultimo jogo do dia Portugal e Espanha esgrimiram argumentos e a equipa de Luís Sénica que entrou para este jogo a saber que mesmo que vencesse não traria o "caneco" para terras Lusas, pois a Itália havia vencido a França por 5-4, entrou melhor e aos 4' já vencia por 2-0, antes do intervalo "nuestros hermanos" reduziram por Marc Gual. No 2º tempo Pedro Gil empatou a partida logo aos 4', mas Portugal marcou por mais duas vezes e colocou-se na frente por 4-2. Voltou de novo a Espanha "à carga" e empatou de novo. Já nos últimos cinco minutos e com o Pavilhão a puxar pelas cores espanholas (excepção feita à equipa Italiana que iam puxando por Portugal) a equipa das Quinas marcou por duas vezes e colocava praticamente o troféu na mão dos Italianos. No ultimo minuto Pedro Gil bisou e colocou o resultado em 6-6, ainda com 30 segundos para se jogou a Espanha tentou o golo do titulo, mas Portugal não permitiu tal veleidade e entrou em bandeja de ouro o titulo aos Italianos que se sagram campeões Europeus pela 3ª vez.

Muitas são as ilações que se podem tirar deste Europeu, mas o que fica para a história é que num Europeu com apenas 6 selecções, Portugal acaba em 3º, o que se pode dizer com toda a certeza que é um resultado negativo e que obriga a repensar certas coisas no que à modalidade diz respeito.

VALONGO VAI RECEBER EUROPEU DE SUB-20

A CERH anunciou ontem que a cidade de Valongo irá receber entre 06 e 11 de Outubro a 49ª edição do Campeonato da Europa de Sub-20.

Foto 1º Estágio - FPP

Portugal defende assim em casa o titulo conquistado nas ultimas três edições (Alemanha 2008 - Itália 2010 - França 2012). No que diz respeito aos vencedores Espanha lidera com 23 titulos conquistados, seguindo-se Portugal com 17 vitórias e por fim a Itália que se sagrou campeã da Europa por oito vezes.

O seleccionador nacional Luís Duarte já realizou dois estágios na Vila do Luso denominados "Centro de Treinos da Selecção Nacional Sub-20 de Hóquei em Patins" onde observou 13/14 jogadores e de onde certamente irão sair os 10 eleitos para Valongo.

sábado, 19 de Julho de 2014

1º ESTÁGIO "CLÍNICAS DE VERÃO" - O SUCESSO DO COSTUME

Terminou ontem o 1º estágio das "Clínicas de Verão - 2014" e mais uma fez "sucesso" é o adjectivo para esta iniciativa que no 14º ano de existência continua a ser a referência neste tipo de iniciativas. Este estágio realizou-se entre os dias 14 e 18 deste mês.


Foram 63 os jovens que disseram presente neste 1º estágio que teve como palco o Pavilhão da Escola Secundária Fernando Lopes Graça na Parede, mas também com actividades que levaram os participantes para outras paragens, como por exemplo para a praia onde aproveitaram para trocar os patins por pagaias e praticar remo.


Na próxima 2ª feira dia 21 têm inicio o 2º estágio que se prolongará até dia 25 de Julho e vai contar com a participação de 71 jovens, entre os quais dois franceses. No 3º estágio que decorrerá entre os dias 28 de Julho e 01 de Agosto estão inscritos 45 atletas de onde se destaca e devido ao acordo das Clínicas de Verão com o CERH a participação de 2 austríacos, 1 francês, 2 israelitas e 2 jovens oriundos de Andorra. Para este 3º estágio ainda se encontram abertas as inscrições.

Fotos: Clínicas de Verão

CINCO CARAS NOVAS EM PAÇO DE ARCOS

O Paço de Arcos está a renovar a sua equipa antes do inicio do principal campeonato português de Hóquei em Patins. O técnico Paulo Garrido, que está de volta à primeira divisão após dois anos de ausência, já garantiu a contratação de cinco jogadores para renovar o plantel da formação da Linha.


Ao Paços de Arcos chegam o guarda-redes Carlos Coelho (ex-Sporting), Miguel Dantas (ex-Candelária), João Beja (ex-HC-Sintra) e os jovens internacionais sub-20 por Portugal, Diogo Neves e Guilherme Silva, que se apresentam no Paço de Arcos por empréstimo do Benfica.

De saída estão o guarda-redes Carlos Silva e o avançado Rui Ribeiro fazem as malas para a Suíça onde vão representar o RHC Basileia e ainda Tiago Pereira que irá representar o CI Sagres e Joka de saída para representar o HC Braga. O técnico André Gil também está de saída e será o treinador da AE Física D na próxima época.

Titulo: Cartão Azul

sexta-feira, 18 de Julho de 2014

MIÚDOS APRENDEM COM CRAQUES

Selecção Nacional visitou na manhã de ontem, o Campus de Alcobendas, um campo de férias dedicado há modalidade.

Foto: CP Alcobendas

Dezenas de jovens aprendizes, entre os quais portugueses, receberam os jogadores, a quem fizeram perguntas. Entre os 67 inscritos cinco portugueses. Desde logo, as duas jogadoras a quem o Comité Europeu pagou a viagem de avião no âmbito de um programa de estágios subsidiados, Iris Olhicas e Catarina Viola. Juntam-se a Pedro das Neves (ex- Sporting), os irmãos Diogo e Daniela Lourenço, ambos do Stuart Carvalhais e já confirmados nos bambis do CP Alcobendas na próxima temporada.

Foto: CP Alcobendas

O campus termina no final da semana. Entretanto, o jogador espanhol Francesc Gil (Noia) está a aproveitar o Europeu em casa para promover o torneio Eurockey, que trará a Espanha os sub-15 e sub-17 do Sporting, além dos sub-17 do HC Braga, decorrendo ainda conversações para as presenças de FC Porto e Valongo em sub-15, e do Benfica em sub-17.

Gabriela Melo in Jornal "A Bola", edição de 18-07-2014

TIGRES COM O PLANTEL QUASE DEFINIDO

O HC "Os Tigres" está de regresso à 1ª Divisão depois da conquista do Nacional da 2ª Divisão e têm o plantel praticamente definido para lutar pela manutenção, objectivo dos azuis e brancos da Capital da Sopa da Pedra.

Filipe Bernardino, um regresso a Almeirim depois de uma passagem pelo Sporting CP

Com Pedro Nifo como "timoneiro" substituindo Rui Gamboa, a equipa de Almeirim vê chegar João Patrício (ex-S Alenquer B), Filipe Bernardino (ex-Sporting CP), Vasco Batista (ex-HC Sintra) e Márcio Nunes (ex-CD Paço de Arcos). De saída estão o guarda-redes Daniel Meireles, Hugo "Caleta" Lourenço e Pedro "Bekas" Delgado que regressa ao Sporting CP depois de um ano de empréstimo.

O novo técnico dos Tigres têm em Rui Gamboa a única duvida no que diz respeito à continuidade e ainda poderá ver chegar mais um jogador para reforçar o plantel.

HC "Os Tigres" - versão 2014/2015
Guarda-redes
  • Francisco "Xico" Veludo
  • Nuno Antunes
  • João Patrício

Jogadores de campo
  • João "JoFi" Filipe
  • Alexandre "Alex" Andrade"
  • João "Janeka" Silva
  • André "KéKé" Martins
  • Diogo Quina
  • Filipe Bernardino
  • Márcio Nunes
  • Vasco Batista
  • Rui Gamboa (?)

A pré-época começa no dia 25 de Agosto e os treinos serão realizados em Almeirim e em Lisboa, não se conhecendo para já os jogos de treino que a equipa Ribatejana irá efectuar e se participará em algum Torneio de pré-época.

Foto: HC "Os Tigres"

HC "OS TIGRES" TENTARAM O EMPRÉSTIMO DE DIOGO NEVES

Diogo Neves vai jogar em 2014/2015 no Paço Arcos, mas antes do empréstimo renovou contrato com o Benfica até 2017.

Foto: Bernardo Neves

O HC Os Tigres, revelou fonte do clube ao nosso jornal, falou com o pai do atleta e com o Benfica para tentar o empréstimo, mas tal não foi possível.

Diogo Neves esclarece que “falaram com o meu pai mas nunca foi hipótese porque falta-me um ano para acabar a licenciatura de maneira que tenho que ficar em perto de Lisboa e o Paço d’Arcos era o único clube que continuava a dar para conciliar as duas coisas. Tive propostas bastante interessantes do norte mas tive que recusar devido aos estudos”.

Sobre a renovação, o jogador almeirinense diz-se “muito satisfeito porque “é sempre bom renovar com o maior clube de Portugal”. Quando ao empréstimo o campeão do mundo de sub-20 afirma que “nesta fase é o melhor para mim, preciso de percorrer etapas para dar o salto, que no Benfica ia ser difícil na próxima época. Penso que tomei a melhor opção”.  

In Jornal "O Almeirinense"

ANDERSON LUÍS TROCA TURQUEL POR VALONGO

Anderson Luís que nas ultimas duas épocas representou o HC Turquel está de saída do clube com sede na Catedral do Hóquei em Patins e Valongo será a próxima paragem onde irá representar o actual campeão nacional de sub-20, titulo conquistado na final-four disputada em Barcelos.

Foto: Carmo Honório Santos

Anderson Luís "nasceu" para o hóquei na Capital da Maçã defendendo o emblema do Alcobacense, cedo deu nas vistas levando-o a representar emblemas como o Marinhense, Turquel e Sporting CP, agora aos 19 anos irá representar a AD Valongo num desafio que o jovem atleta fez questão de referir ao Cartão Azul, explicando os objectivos «O objectivo principal passa por dignificar a camisola do A D Valongo. A nível pessoal é ajudar a equipa a concretizar os objectivos que a equipa técnica e direcção propuserem, e evoluir como pessoa e jogador ao lado de grandes jogadores e de um grande clube! A nível colectivo quero ajudar jogo a jogo a equipa, trabalhar arduamente todos os treinos para no fim conseguirmos estar presentes na final do campeonato a defender o título que eles conquistaram e bem na última época em Barcelos!», explicando de seguida como surgiu o convite para representar o campeão nacional «Recebi o convite, através de uma chamada telefónica do presidente do Valongo, que me fez uma breve abordagem, depois foi um processo realizado com calma ao longo de algumas dias. Foi uma negociação fácil devido ao interesse das duas partes, e à elevada vontade que tinha de representar este clube, que é um objectivo desde criança conseguir representar o AD Valongo um dia.», terminando enviando uma mensagem aos adeptos do HC Turquel «Aos adeptos do HC Turquel quero agradecer todo o apoio foram dando ao longo dos anos, não só a mim mas a todo o clube! Quero também dizer que os levo para sempre na minha memória, são adeptos fantásticos que fazem as equipas acreditar que conseguem realizar sonhos! Gostava também de agradecer ao clube em geral por todo o apoio demonstrado ao longo destes anos e que este vai ser sempre o meu clube de coração sem dúvida! Aos meus companheiros de equipa o meu obrigado por tudo o que são e foram para mim nas ultimas épocas. A todos o meu obrigado!»

quinta-feira, 17 de Julho de 2014

PAPARUCO – O COMENTADOR

"Quando os artigos têm feedback"

Quando escrevi o artigo "Vamos lá ter respeito pela modalidade, pode ser???” tinha a "secreta esperança" que o mesmo alertasse para a referência que estava a ser feita sobre a modalidade que mais títulos deu a Portugal, e realmente acabou por se tornar realidade e alguém de direito lá mandou alterar a promoção e não o genérico como o Pedro Martins referiu num comentário numa página do facebook.


Afinal isto das crónicas do Paparuco no Cartão Azul, ninguém lê, ninguém conhece, mas que dão que falar dão, e digo isto não para me pôr "em bicos de pés", mas apenas para quem têm prazer em denegrir este meu "hobby" e esta minha forma de estar na modalidade, saber que não ando aqui de costas, senão tinha de ter "espelhos retrovisores nas orelhas", e por cá vou continuar, com a minha irreverência, mas sempre com educação e respeito pelas pessoas e pelas instituições e sobretudo pelo hóquei em patins.

Reparei também que o seleccionador nacional Prof. Luís Sénica no dia a seguir à publicação do Paparuco, não sabendo se o mesmo leu ou não a crónica do Paparuco, publicou na sua página do facebook «Já ouvi de tudo em relação ao Hóquei em Patins... até aí nada de novo! "A modalidade onde Portugal dá tacadas de mestre"... lol "tacadas" .Será que eu posso dizer que grande "calinada" deu quem fez o genérico ou devo dizer que foi desconhecimento sobre a Modalidade que está culturalmente assumida em Portugal e que mais títulos ganhou. Espero que tenha sido só uma "calinada" ... todos erramos...»

Publicação esta que teve uma série de comentários, uns a favor outros contra, uns defendendo, outros falando em "figuras de estilo", mas é pena que só nestas alturas se faça tanto "alarido" a uma situação, se realmente se gosta de hóquei em patins, vamos "fazer alarido" todos dias, criticando construtivamente o que se passa na modalidade e não apenas quando alguém no topo da pirâmide faz referência a isto ou aquilo, pois esta modalidade precisa de todos e de toda a divulgação possível, e precisa que seja respeitada, pois se a RTP envia uma "parga" de jornalistas para acompanhar um Mundial de Futebol no Brasil, ou para um jogo de treino do Porto, Benfica ou Sporting contra o FC Alguidares de Baixo, ou GD Cascalheira, porque razão não envia um jornalista para Alcobendas para "in-loco" fazer os comentários e entrevistas aos intervenientes e uma ou outra peça para os Telejornais.

Pronto já chega de "enfeganso" para hoje, agora sim vou de férias fazendo votos para que "Os Ursos" tragam o caneco para terras Lusas e continuem a "dar cartas" na modalidade.

video

quarta-feira, 16 de Julho de 2014

CRC "OS ÁGUIAS DA MEMÓRIA" - TAÇA EMÍDIO RODRIGUES

A equipa de Sub-20 (Juniores) depois de obter o 1.º lugar na única série da taça organizada pelas Associações Lisboa, do Ribatejo e de Leiria com um registo notável de melhor ataque e melhor defesa com 77 golos marcados e 29 golos sofridos nas dez jornadas disputadas apurou-se para disputar a final-four e encontrar o verdadeiro vencedor da prova.


A final four disputou-se no pavilhão municipal de Tomar no dia 5 e 6 de Julho. No sábado “Os Águias” facilmente bateram a AA Amadora por um expressivo 7-2 apurando-se para disputar no domingo a final com a equipa da Salesiana (Estoril) respectivamente 2.ª classificada com menos dois pontos na fase regular desta prova. A final de sub 20 foi caracterizada por uma partida electrizante e bastante bem disputada com um público empolgante e onde a claque organizada da Memória animou o espectáculo.

Durante a 1.ª parte a equipa das Águias tudo fez para chegar ao intervalo em vantagem, mas a ineficácia dos seus avançados e a boa exibição do guarda-redes adversário contribuíram para o nulo (0-0) ao intervalo, mas claramente com as melhor oportunidades de golo e quiçá com uma grande penalidade por assinalar. Na segunda parte ”Os Águias” voltaram a entrar mais forte acabando por inaugurar o marcador (1-0) a meio deste período, contudo a reacção do adversário não se fez esperar e conseguiu empatar (1-1) depois de um contra-ataque mal conseguido por parte dos atletas leirienses. Os minutos aproximavam-se do fim do encontro quando num lance fortuito dentro da área, os “Águias” sofreram (1-2), o grupo ainda reagiu e tudo fez para levar a partida para o prolongamento e no último lance do desafio o golo foi iminente. Em suma o jogo foi de altíssima qualidade e com hóquei bastante atractivo onde a incerteza do resultado foi nota dominante, mas que peca pela ausência de golo, claramente pela excelente exibição dos guarda-redes e pela ausência de golos dos avançados.


Mais uma vez este grupo de atletas, treinadores, directores e simpatizantes fazem história e projectam um clube tão pequeno no meio dos grandes do nacional, tal feito demonstra a qualidade colectiva e individual dos atletas, quase sempre esquecida pelos seleccionadores.  A união e amizade do grupo tem ultrapassado obstáculo a obstáculo rumo às vitórias e nos últimos seis anos estes jovens atletas marcaram presença em seis campeonatos nacionais, venceram um campeonato regional, foram três vezes vice-campeões regionais e conquistaram duas taças, de abertura e de encerramento nas provas regionais, além disso venceram diversos troféus em torneios organizados pelos mais diversos clubes. 

Concluo-o é no meio das enumeras dificuldades que estes jovens atletas se continuam a transcender e projectar o clube para novos voos.

Bem-haja a todos e obrigado pelo vosso apoio. 

Juntos seremos mais fortes

Jaime Santos

MANÉ CASTILHO DEIXA O CP BEJA

Mané Castilho um dos treinadores mais conceituados do hóquei em patins Alentejano, deixa as funções de treinador do CP Beja depois de uma época onde as "coisas" não correram como previa e onde o clube Alentejano não atingiu os objectivos a que se propunha.

Foto: Mané Castilho

O técnico alentejano foi durante 5 anos seleccionador da AP Alentejo, período em que a selecção alentejana foi "crescendo" e começou a atingir patamares até aí não conseguidos, culminado no Inter-Regiões "Páscoa 2013" com a 4ª posição, e com a particularidade de ter vencido o seu grupo onde pontificavam selecções como a da AP Porto e AP Minho. Já no Inter-Regiões "Páscoa" 2012 disputado no Estoril a equipa comandada por Mané Castilho tinha alcançado um brilhante 5º lugar. Na altura da saída da AP Alentejano Mané Castilho disse ao Cartão Azul  «Chega ao fim um ciclo de trabalho de 5 anos na AP Alentejo como seleccionador/treinador de hóquei em patins com a sensação de dever cumprido, que apesar dos poucos recursos disponíveis foi possível fazer um trabalho honesto e que dignificasse uma região que com o trabalho de todos os envolvidos voltou a ser reconhecida no panorama do hóquei em patins nacional. A todos os que trabalharam para este objectivo, desde a direcção, aos atletas, dirigentes e pais de atletas o meu muito obrigado.»

Agora de saída do CP Beja, Mané Castilho, publicou o seguinte na sua página do Facebook «Depois de uma época desportiva difícil a todos os níveis no regresso dos Seniores do Clube de Patinagem de Beja, chegam ao fim as minhas funções de treinador no Clube pois o projecto, se é que ele existe, para o clube não está de acordo com o que sempre pensei que este clube podia alcançar depois de todo o trabalho feito nos últimos anos e a vontade de contar com a minha colaboração também não me pareceu ser de grande importância para o clube, por isso decidi sair e dar lugar a quem se enquadre no que o clube pretende para o seu futuro desportivo.....muita sorte para todos os que por la ficam que eu estou de saída para talvez um dia voltar....um agradecimento muito especial pela amizade e carinho de todos os jogadores da equipa sénior e especialmente a 2 senhores que estiveram sempre presentes durante esta época desportiva - Báia e Lucas....boas férias a todos.»

II ESTÁGIO PARA GUARDA-REDES - NUNO CANELAS 2014

Nuno Canelas, guarda-redes do Biesca H.C. vai realizar nos dias 26 e 27 de Julho o II estágio para guarda-redes, tendo como palco o Pavilhão do S Alenquer B.


Com a colaboração de Paco González, treinador do Cerdanyola, fundador do Centro de Tonificação de GR na Catalunha e autor do livro de exercícios para GR este estágio vai abordar os novos métodos de treino especifico para GR, variedade de técnicas, posições e exercícios para a evolução do GR.

As inscrições terminam dia 21 de Julho.

terça-feira, 15 de Julho de 2014

PAPARUCO – O COMENTADOR

“Vamos lá ter respeito pela modalidade, pode ser???”

Pensava eu que já estava de férias e ia assistir ao Europeu calmo e tranquilo entre uma imperial e outra e um caracol e outro mais rapaziada que gosta da modalidade e a trata como deve ser.


Pura ilusão, assim que liguei o televisor e passados alguns segundos vi logo um “atropelo” à modalidade que elegi como favorita e pela qual e dentro do que me é possível vou divulgando, tratando sempre “os bois pelos nomes”. Devem estar a perguntar-se agora «o que é que este maluco quer desta vez», e eu antes de responder digo apenas uma coisa, podem acusar-me de tudo, nunca me poderão acusar de não defender com “unhas e dentes” o Hóquei em Patins.

Vamos lá então ao que me deixou assim “furibundo”, já para não falar de um Europeu em Alcobendas - Espanha, com os comentários a serem feitos no estúdio em Lisboa, mas sim do genérico que coloco de seguida.
 
video

Cito «A modalidade onde Portugal dá tacadas de mestre» ???? Tacadas????, mas o Hóquei não se joga com um setique???? Tacadas não será mais no snooker, bilhar e golfe e aí que eu saiba tacadas de mestre é que Portugal não dá, ou se dá são poucas!!! Já nos comentários rematar em vez de seticar, até dou isso de barato, tanto é os jogos de futebol que são transmitidos que os comentadores já estão em «piloto automático» e sai «rematar», não admito do comentador um dos mais conceituados jogadores de sempre da modalidade que defendeu milhares de seticadas, agora remates só se foi em jogos de futebol com os amigos.

Muito mais havia a escrever como por exemplo a diferença entre ringue (onde se pratica boxe) e rinque (onde se pratica hóquei) e que teimosamente continuam a dizer e a escrever ringue, mas não me apetece. Sei que depois de ler este artigo virão os defensores da moral e bons costumes, aqueles que vêm o que eu vejo, mas escrever “está quieto”, não vá alguém ficar ofendido e lá se vão as regalias, dizer que estou errado e blá, blá, blá, só quero destabilizar, blá, blá, blá, mas a RTP que todos pagamos e que tem o serviço publico de televisão, fazer um genérico destes, dar os jogos na RTP2, com os comentadores em Lisboa, está a prestar um mau serviço publico a quem gosta da modalidade, e já agora que estamos na era da tacada no hóquei só espero que no Reino Unido não tenho visto o genérico, senão com os mestres da tacada que por lá abundam tipo Ronnie O'Sullivan, Mark Selby, John Higgins, Shaun Murphy, entre outros, é só arranjarem um bom guarda-redes que defenda essas tacadas e serão campeões Europeus e do Mundo sem grande esforço.

JOÃO BEJA REFORÇA PAÇO DE ARCOS

João Beja está de regresso à "Linha" só que desta feita ao CD Paço de Arcos, para representar um dos históricos do hóquei patinado português, deixando assim o HC Sintra depois de uma época na II Divisão onde foi um dos melhores marcadores da prova tendo apontado 56 golos.

Foto de arquivo: FPP

João Beja despertou para o hóquei no Parede FC com apenas 5 anos de idade, a sua qualidade cedo foi reconhecido e fez grande parte da sua formação ao serviço do SL Benfica onde viria a sagrar-se campeão nacional de juvenis, decorria o ano de 2008. Ainda como júnior ruma a Almeirim onde ajudou a equipa Ribatejana a manter-se na I divisão e a atingir a final-four de juniores que se realizou em Turquel tendo obtido o 4º lugar atrás de HC Braga, FC Porto e SL Benfica. Deixa Almeirim e ruma a Torres Vedras para representar a AE Física D na I Divisão de onde sai rumo a Sintra. Agora regressa à I divisão pela mão do CD Paço de Arcos para ajudar o clube da Linha a conseguir os seus objectivos que certamente passarão pela manutenção e o piscar o olho aos lugares europeus.

Como internacional João Beja foi campeão da Europa Sub-17 - 2008 (Bassano del Grappa - Itália), Sub-20 - 2010 (Viareggio - Itália) e vice-campeão do Mundo Sub-20 - 2011 (Barcelos - Portugal).

segunda-feira, 14 de Julho de 2014

PEDRO ALMEIDA AO LEME DA ACR SANTA CITA

A ACR Santa Cita já tem praticamente definido o plantel para a próxima época, faltando "limar" pequenas arestas, e escolheu Pedro Almeida para liderar a equipa que irá disputar o Nacional da III Divisão.

Foto de arquivo: João Flores

Numa época de "vacas magras" e onde as restrições financeiras são enormes, situação pela passa transversalmente por todos os clubes de norte a sul do país, a direcção do clube da Aldeia Ribatejana do Hóquei em Patins, decidiu e diga-se muito bem em apostar na formação e colher os frutos do bom trabalho que têm vindo a realizar neste capitulo nos últimos anos, onde tem conseguido época após época a presença nos Nacionais.

Com apenas duas entradas, se bem que uma é um regresso do jovem José Pedro Marques depois de ter representado os juniores do SL Benfica, e Pedro Vitorino jovem jogador que actuou o União FE na durante parte da época passada. Pedro Almeida que para além de técnico será também jogador conta assim para além destes dois reforços, com alguns jogadores que transitam da época passada e outros da formação.

De saída estão Nuno Nobre que irá representar o União FE, Miguel Boavida e Tiago Pereira, não se sabendo o destino destes dois últimos atletas e o guardião João Martins que abandona a modalidade. Por definir está a situação do capitão Rui Oliveira que se fala que poderá abandonar a modalidade, mas também que poderá manter a continuidade numa equipa onde "já faz parte da mobília" como se costuma dizer.

É este o plantel à disposição de Pedro Almeida para tentar o regresso à II Divisão, lugar que pertence por direito ao clube do concelho de Tomar:

Guarda-redes
  • Rodrigo Saboga
  • Fábio Amendoeira (ex-junior)

Jogadores de campo
  • Tiago Barreiro
  • João Cardoso
  • Pedro Almeida
  • Eliseu "Zig" Raimundo
  • Pedro Vitorino (ex-União FE)
  • Luís Vicente
  • João Ferreira (ex-junior)
  • José Marques (Ex-SL Benfica)
  • Ricardo António
  • Fábio Macarrão

Luís Miguel Cunha que durante as ultimas épocas foi o timoneiro da equipa sénior da ACR Santa Cita, continua como técnico do clube, mas ligado aos escalões de formação.

EDGAR COSTA É APOSTA DOS SUB-20 DO SPORTING CP

Edgar Costa, o jovem Tomarense que na passada época trocou o clube Leonino da Cidade do Nabão, pelas cores do União Futebol do Entroncamento, irá reforçar a equipa de Sub-20 do Sporting CP encontrando como técnico um velho conhecido, nada mais nada menos que Nuno Lopes, que foi seu treinador no SC Tomar.

Foto de arquivo: Carlos Emídio Martins - Plurisports

Depois de uma boa época ao serviço das cores alvi-negras e a crescer como jogador como foi referido por Pedro Nobre, Edgar Costa regressa aos escalões de formação, decisão que certamente se ficou a dever ao facto de se encontrar a estudar em Lisboa e da sua "costela" Sportinguista.

Recorde-se que Edgar Costa conta no seu palmarés para além de vários títulos Distritais e Regionais, com o titulo de Campeão Nacional de Juvenis (Sub-17) conquistado em Sesimbra na época 2011/2012, todos com a camisola verde e branca do SC Tomar. 

domingo, 13 de Julho de 2014

RIBATEJO VOLTA A TER UM ÁRBITRO NO QUADRO A

O CRAHP do Ribatejo volta a ter um arbitro no Quadro A na próxima época, Teófilo Casimiro terminou a época na 12ª posição o que significa a subida do Quadro B ao Quadro A.

Foto de arquivo: Jornal "Almeirinense"

Teófilo Casimiro que esta época fez dupla com o Leirense Paulo Carvalho vê assim coroado com exito trabalho desenvolvido durante a época e certamente irá manter o mesmo nível exibicional para continuar no Quadro A e poder aspirar a chegar a Internacional. Também nota de referência para Rui Taborda (15º classificado) e António Gameiro (16º classificado) que assim dignificaram a arbitragem Ribatejana, num Quadro B que conta com 63 juízes, o que torna ainda mais difícil de compreensão a não nomeação dos árbitros Ribatejanos para eventos como final-four de nacionais ou o Inter-regiões.

Foto de arquivo: Paulo Carvalho

Também Leiria viu o seu juiz Paulo Carvalho ser promovido ao Quadro A. É um regresso do arbitro de Turquel ao mais alto patamar da arbitragem nacional depois de em 2009 ter sido promovido a este escalão. Com esta subida o CRAHP de Leiria passa a contar com dois árbitros no Quadro A, com Vítor Roxo e Paulo Carvalho.

Vamos então esperar pela época 2014/2015 para ver se a dupla Teófilo Casimiro, Paulo Carvalho se mantêm no Quadro A ou terão novos "companheiros de apito".

SELECÇÃO NACIONAL PARTIU HOJE PARA ALCOBENDAS

A selecção nacional de seniores partiu hoje para Alcobendas, Espanha onde irá disputar o 51º Campeonato da Europa de Hóquei em Patins.

Foto: Ursos

Os "Ursos" estreiam-se no dia 15 frente à França, seguindo-se os desafios com Suíça (16/7), Alemanha (17/7), Itália (18/7) e Espanha (19/7). A competição, recorde-se, será em campeonato de 5 jornadas, todos contra todos. Portugal, com 20 títulos europeus, é a selecção mais vitoriosa na prova. Espanha conquistou a competição em 16 ocasiões, Inglaterra venceu por 12 vezes e a Itália por duas.

Foto: Ursos

Luís Sénica, seleccionador nacional aproveitou o estágio que decorreu entre 16 de Junho e 11 de Julho no Luso para efectuar alguns jogos de treino, para complementar os treinos que eram ministrados diariamente. «Aprimorar os níveis físicos, essencialmente através de mecanismos tácticos. Estes treinos servem essencialmente para termos a possibilidade de colocar em prática o que estamos a trabalhar frente a um adversário que não treina connosco diariamente. Temos de agradecer a disponibilidade e a simpatia destas equipas que nos ajudam nestes processos de preparação e evolução» justificou o técnico Luso. Sem que os resultados fossem o mais importante deixamos no entanto os resultados:
  • Portugal  10  vs  ACD Vila Boa do Bispo  1
  • Portugal  7  vs AD Sanjoanense  2
  • Portugal 14  vs  CD Cucujães  0
  • Portugal  7  vs AA Coimbra  0

Foto: Ursos

Luís Sénica após o ultimo jogo de treino fez o balanço do estágio «Cumprimos tudo o que estava planeado para esta fase de preparação. Fundamentalmente, conseguimos preparar os jogadores física e psicologicamente para a competição. A equipa está focada, sabe o que tem de fazer, sabe como fazer e sabe o que vai encontrar pela frente. O Campeonato da Europa terá um nível competitivo muito elevado. Numa prova em campeonato de todos contra todos, só podemos pensar jogo a jogo. Temos essa consciência.  Mas também vamos para Espanha com a certeza de que temos capacidade para vencer todas as partidas».

Foto: Ursos

A RTP irá transmitir, em directo, todas as partidas que a Selecção Nacional Seniores Masculinos irá efectuar no 51º Campeonato da Europa de hóquei em patins, competição que se realizará em Alcobendas, Espanha, entre 14 e 19 de Julho.
  • 15/7 - 19:00 horas - França vs Portugal (RTP2)
  • 16/7 - 19:00 horas - Suíça vs Portugal (RTP2)
  • 17/7 - 19:00 horas - Portugal vs Alemanha (RTP2)
  • 18/7 - 19:00 horas - Portugal vs Itália (RTP2)
  • 19/7 - 21:00 horas - Espanha vs Portugal (RTP2)