sábado, 19 de Abril de 2014

HÓQUEI EM PATINS EM DISCUSSÃO NO SEMINÁRIO TAÇA LATINA

Esta manhã de sábado, 19 de Abril, último dia da Taça Latina’2014, realizou-se um Seminário de Hóquei em Patins FPP-CERH, onde marcaram presença, entre outros, as selecções nacionais que estão a competir em Viana do Castelo.


O Presidente do CERH, Fernando Graça,  assinalou a abertura do Seminário, antes de Luís Viana, jogador da AJ Viana e treinador da AJ Viana Sub-20, o Professor Nuno Ferrão, Director Técnico Nacional Adjunto da FPP, e André Rocha, Gestor Videobserver, apresentarem os tópicos do Seminário que se realizou no Auditório Crédito Caixa Agrícola, de Viana do Castelo.

Já esta noite, realizar-se-ão as últimas partidas da Taça Latina’2014. França e Itália vão discutir os 3º e 4º lugares, enquanto Portugal e Espanha vão medir forças pela conquista do troféu.

CALENDÁRIO/RESULTADOS TAÇA LATINA’2014 – PAVILHÃO DE MONSERRATE

17 de Abril: Espanha-França (4-1) e PORTUGAL-Itália (3-1) 
18 de Abril: Itália-Espanha (1-6) e França-PORTUGAL, (3-11)

Sábado, 19 de Abril
20:00 – França-Itália, stream em direto na TIVC
21:30 – Espanha-PORTUGAL, transmissão televisiva em direto n’A Bola TV e stream em direto na TIVC

No portal http://realtime.videobserver.com/en/taca-latina/ será possível acompanhar, em tempo-real, as acções de todas as partidas. Mais informações no portal da FPP, no portal do CERH e no Facebook da prova.

Informação: Gabinete de Imprensa da FPP

sexta-feira, 18 de Abril de 2014

UNIÃO CONFIRMA MAIS DOIS JOGADORES

A Direcção do União FE confirmou a continuidade de Pedro Brazete e Filipe Brízida por mais uma época, planeando assim atempadamente a época 2014/2015. Do actual plantel à disposição de Pedro Nobre, apenas Luís "Melão" Santos e Edgar Costa ainda não foram confirmados, sabendo-se no entanto o interesse do clube em continuar a contar com os dois jogadores.


Pedro Brazete afirma que «é um orgulho continuar a defender o meu clube. Prometo muito trabalho e empenho para ajudar o clube e a equipa nos nossos objectivos»

Já Filipe Brízida diz que «estou muito feliz por continuar a representar o União, sabendo das dificuldades que nos espera, acredito que podemos realizar uma boa época

Mário Serra mostra-se bastante satisfeito «Estas duas renovações são fruto da nossa vontade de dar estabilidade ao clube. Tanto o Pedro como o Filipe são dois atletas da casa, e concerteza que irão trabalhar para ajudarem a equipa a atingir os seus objectivos

quinta-feira, 17 de Abril de 2014

TAÇA APL - SENIORES 2013/2014

Realizou-se ontem o sorteio da Taça APL 2013/2014 que têm o seu inicio previsto a 26 de Abril e irá prolongar-se até até ao fim-se-semana 21/22 de Junho altura em que se realizará a final-four sendo o Pavilhão da Lourinhã o local escolhido. HC Santarém e J.Ouriense serão os representantes Ribatejanos nesta edição, GC "Os Corujas" que participou no Regional da APL não urá estar presente.


As 19 equipas a sorteio ficaram colocadas em quatro séries como a foto indica, no entanto a Série C que tinha apenas 4 equipas e segundo informação recebida há pouco no Cartão Azul e que carece de confirmação oficial irá receber o Sporting CP que apresentará um misto de juniores e seniores ficando assim também 5 equipas neste grupo.

Destaque para a presença de várias equipas que terminaram no passado fim de semana a sua participação no Nacional da III Divisão. Juventude Ouriense e Estremoz FC (III Centro), HC Santiago, HC Vasco Gama, CD Boliqueime (III Sul) e ainda GD Sesimbra e Naval Setubalense que assim aproveitam esta prova para começar a preparar a próxima e a dar minutos aos seus atletas.

quarta-feira, 16 de Abril de 2014

XXVI TORNEIO DA PÁSCOA - HC TURQUEL

A Aldeia Portuguesa do Hóquei em Patins, recebe a partir de amanhã e até ao próximo sábado dia 19 de Abril mais uma edição do Torneio da Páscoa do HC Turquel em todos os escalões de formação desde a Iniciação aos Juniores e tanbém em Femininos Sub-20.


Sendo este um dos Torneios de referência desta época, o evento contará com 33 jogos que levarão à pista equipas de todo o país, que assim poderão dizer que já "patinaram" no rinque da Catedral do hóquei.

Em baixo publicamos o calendário de Torneio que começa amanhã pelas 20:00 horas e tem o final perto das 23:00 horas do dia 19 de Abril com a cerimónia de encerramento dos Sub-15 e Sub-20.
 

SETICADAS DA SEMANA

Rubrica de ontem no programa "Bancada Vip" da Rádio Cidade de Tomar, conduzido por Pedro Nogueira, onde foram revistos os jogos das equipas Ribatejanas na Taça de Portugal, II e III Divisão, o rescaldo do Inter-regiões onde a selecção Ribatejana deu o seu melhor contra "apitos" e marés, quer dizer ventos e marés, Torneios de Páscoa (Tomar, Santarém e Turquel) entre outros assuntos da nossa modalidade.


Para ouvir clique aqui.

X TORNEIO ANIVERSÁRIO FC BOM-SUCESSO

O FC Bom-Sucesso, clube da freguesia de Aradas em Aveiro leva a efeito nos próximos dias 18 e 19 de Abril o X Torneio Aniversário em Hóquei em Patins nos escalões de formação.
 

Com os escalões de Mini-Bambis, Benjamins, Infantis, Iniciados e Juvenis o FC Bom Sucesso têm como convidados a Académica de Coimbra, Académica de Espinho, Anadia FC, Dragon Force, HA Cambra, J. Ouriense, J. Pacense, AJ Salesiana e AD Valongo, o que só por si é sinónimo de bons jogos e de muita alegria.

Este Torneio enquadra-se nos festejos do 62º Aniversário do FC Bom Sucesso, que assim vai mantendo a prática da modalidade nesta freguesia de Aveiro. Deixamos de seguida o calendário dos jogos.
 

11º TORNEIO CIDADE DE SANTARÉM

A capital Ribatejana volta a receber nesta quadra mais uma edição do Torneio Cidade de Santarém, que se irá disputar nos dias 18 e 18 de Abril e que conta com a presença de 12 clubes num evento onde estarão representados os escalões de Bambis, Benjamins, Escolares, Sub-13, Sub-15 e Seniores.



O Pavilhão Municipal irá acolher este evento que mais uma vez é organizado pelo HC Santarém e que este ano perdeu o estatuto de internacional devido à desistência de ultima hora de três clubes espanhóis convidados a participar. São estes os clubes que irão colorir o rinque do Municipal.
  • Bambis
HC Santarém - União FE - UD Vilafranquense - FC Alverca
  • Benjamins
HC Santarém - SL Benfica - AC Tojal - UD Vilafranquense
  • Escolares
HC Santarém - UD Vilafranquense - AD Oeiras - HCP Grândola
  • SUB-13 (Infantis)
HC Santarém - Parede FC - S Alenquer B - GC Odivelas
  • SUB-15 (Iniciados)
HC Santarém - AD Oeiras - UD Vilafanquense - Parede FC
  • Seniores
HC Santarém - GC "Os Corujas - Jogo de exibição.

Pode agora consultar o calendário deste evento que terá o seu primeiro jogo agendado para dia 18 Abril pelas 09:00 horas e a Cerimónia de Encerramento marcada para as 17:00 de dia 19 de Abril.

terça-feira, 15 de Abril de 2014

J. OURIENSE TERMINA CAMPEONATO COM VITÓRIA

A J. Ouriense terminou a participação no Nacional da III Divisão - Centro com uma vitória por 6-3 frente ao CF Estremoz e a subida ao 8ª lugar por troca com o HC Mealhada "B".

Foto: J. Ouriense

A equipa de Gonçalo Coelho que já na 1ª volta havia vencido no Alentejo por 2-3, repetiu a dose mas desta feita com um resultado mais expressivo e onde Carlos "Carlitos" Clemente apontou quatro dos seis golos Ourienses tendo António Brito e Rodrigo Baptista apontado os outros dois.

Numa época que pode ser apelidado de ano "zero" Gonçalo Coelho pegou numa equipa jovem oriunda da "cantera" da J. Ouriense, (excepção feita a Bruno Aires, mas um jogador que se pode considerar da casa devido aos anos que já representa a equipa), com alguns juniores fez um campeonato sem pressões onde o objectivo principal era dar experiência aos seus jogadores para que a médio prazo possam aspirar aos lugares cimeiras e levar de novo o clube da cidade de Ourém para patamares mais elevados.

Nos 18 jogos disputados a J. Ouriense obteve 6 vitórias e 12 derrotas tendo apontado 57 golos e sofrido 89 golos. Estas 6 vitórias foram obtidas 3 no Municipal de Ourém e 3 na condição de visitante.


«Perante os nossos objectivos, ganhou-se uma equipa uma estrutura no clube. E acima de tudo grandes jogos que ninguém esperava» disse o técnico Gonçalo Coelho ao Cartão Azul, prosseguindo «Não podendo esquecer as exigências da III Divisão e a média de idade da minha equipa, Onde tirando 3 jogos fomos sempre dignos vencidos», concluindo «Vem aí a taça AP Lisboa vamos continuar o nosso caminho treino após treino tendo como base crescer como até agora. A próxima época começa no final da taça AP Lisboa mas já se começa a delinear»

MAIS TRÊS RENOVAÇÕES NO UNIÃO FUTEBOL ENTRONCAMENTO

Orlando Pereira, André Vieira e João Mendes  vão continuar  a defender as cores do União FE por mais uma época.


João Mendes, um dos atletas com mais anos de casa mostra-se bastante feliz com a renovação e diz que «É com enorme prazer e grande satisfação que continuo a defender este grande projecto, dando continuidade ao trabalho que tem sido desenvolvido no clube, acreditando que o futuro será cada vez melhor. Um muito obrigado a todos, prometendo uma época de muito trabalho e dedicação em busca dos nossos objectivos.»

Já Orlando Pereira que irá vestir a nossa camisola pelo segundo ano consecutivo, não duvida que «Esta foi sem duvida a melhor escolha. Estou bastante satisfeito por continuar a representar um clube que aprendi a gostar. Tinha algumas propostas, mas não tive duvidas em escolher o clube que me dá prazer jogar. Prometo muito trabalho e espero continuar a ser apoiado e acarinhado por todos

André Vieira afirma que «É uma honra para mim continuar a representar o clube que me viu crescer. É uma oportunidade que não quero desperdiçar e irei retribuir com muito trabalho e dedicação.»

Já Mário Serra, afirma que «continuamos a delinear a próxima época dentro daquele que será o nosso projecto. A renovação de mais três atletas assenta na continuidade que queremos dar ao clube, apostando na prata da casa, sabendo que esta é a solução mais acertada para o UFE. Iremos continuar a trabalhar, no sentido de até final do mês conseguirmos ter o plantel praticamente fechado.»

VI TORNEIO INTERNACIONAL CIDADE DE TOMAR

A secção juvenil do SC Tomar leva a efeito nos próximos dias 17, 18 e 19 de Abril a VI edição do Torneio Internacional Cidade de Tomar em hóquei em patins que terá lugar no Pavilhão Jácome Ratton.


Este torneio é um dos mais importantes da quadra Pascal e levará até à Cidade do Nabão dezenas de atletas provenientes de norte a sul do país. Da Suíça chega o Montreux HC retribuindo assim a visita feita pelo SC Tomar na passada época fazendo-se representar pela equipa de Iniciados, também neste escalão e em Infantis chega de Espanha o HC Claret. São estas as equipas presentes na edição deste ano:
  • Bambis
SC Tomar - Clube a designar oportunamente
  • Benjamins
SC Tomar - HC "Os Tigres" - AA Coimbra - AD Oeiras
  • Escolares
SC Tomar - ACR Santa Cita - AD Oeiras - HC "Os Tigres"
  • Infantis
SC Tomar "A" - SC Tomar "B" - HC Claret - Selecção AP Alentejo
  • Iniciados
SC Tomar "A" - SC Tomar "B" - HC Claret - HC Montreux
  • Juvenis
SC Tomar - AD Valongo - Sporting CP - HC Vasco da Gama
  • Juniores
SC Tomar - SL Benfica - CN Setubalense - AD Valongo

Pode agora consultar o calendário deste evento que terá o seu primeiro jogo agendado para dia 17 Abril pelas 19:30 horas e a Cerimónia de Encerramento marcada para as 18:30 de dia 19 de Abril.


segunda-feira, 14 de Abril de 2014

JOÃO BEJA LIDERA AEFMH À VITÓRIA NOS UNIVERSITÁRIOS

A Faculdade de Motricidade Humana venceu o Campeonato Universitário de Hóquei em Patins que se disputou na Maia entre 07 e 12 de Abril. A equipa que contava com João Beja, jogador do HC Sintra e um dos melhores marcadores dos Nacionais com 55 golos apontados.

Foto: FADU

Depois da fase inicial, chegaram às meias finais a AEFMH, IP Leiria, Universidade do Porto e a Universidade Nova que da parte da manhã registou os seguintes resultados, AEFMH 4 - IP Leiria 0 e U.Porto 3 - U.Nova 3.

Foto: FADU

Nos jogos que decidiram os lugares do pódio a U.Nova levou a melhor frente ao IP Leiria e triunfou por 5-3. Na final a equipa da Motricidade Humana não deu qualquer hipóteses à U. Porto e venceu confortavelmente por 8-2, arrecadando assim o troféu e trazendo o "caneco" para a sala de Troféus da  sua Associação de Estudantes.

Pela equipa da AEFMH alinharam os seguintes jogadores alguns dos quais ainda em actividade.

  • Guarda-redes

1. Tiago Falé (AD Carregado)
12 .João Matos (HC Santiago)

  • Jogadores de Campo

2. Luís Cerqueira
4. Rui Marçalo (GDS Cascais)
5. Bernardo Pinto (GC Odivelas)
6. Paulo Jesus
8. Alexandre Silva (S Alenquer B)
10. João Beja (HC Sintra)
14. Pedro Neto (Parede FC)
77. Luís Costa (AD Oeiras)

Treinador: Tiago Falé

domingo, 13 de Abril de 2014

RUI ALVES TINHA A CHAVE DA VITÓRIA

União FE e ACR Santa Cita defrontaram-se ontem no Albano Mateus em jogo da 26ª jornada do Nacional da II Divisão e neste derby Ribatejano que se revelou equilibrado a equipa de Pedro Nobre levou a melhor sobre a de Luís Miguel Cunha, com o golo da vitória a surgir nos instantes finais através de Rui Alves.

Foto: Carlos Emídio Martins - Plurisports

Vindos de realidades diferentes, pois se o União necessitava de pontos para se manter afastado da zona de despromoção, o Santa Cita tinha visto confirmada no jogo com o Marítimo SC a descida à III Divisão, e assim sendo a equipa de Pedro Nobre entrou a mandar na partida e o corolário desse domínio foram os dois golos do jovem Edgar Costa que de jogo para jogo está a crescer e a justificar a sua aposta e do clube em representar o União. A equipa de Santa Cita foi aos poucos equilibrando e antes do intervalo Nuno Nobre reduziu para a margem mínima, resultado com que se chegou ao descanso.

Intervalo: União FE 2  -  ACR Santa Cita 1

A 2ª parte deste derby traz um Santa Cita totalmente diferente e para melhor e os primeiros minutos foram de domínio e não foi de estranhar que Pedro Almeida empatasse a contenda e não fosse as excelentes intervenções de Orlando Pereira e a equipa da Aldeia Ribatejana do Hóquei em Patins teria mesmo passado para a frente do marcador. O União conseguiu liberta-se aos poucos dessa pressão e embalado pela confiança dada pelo "keeper" Unionista, David Vieira colocou de novo o União a vencer por 3-2. Sem desistir de sair do Entroncamento com um resultado positivo a equipa forasteira chegou de novo ao empate e novamente por Nuno Nobre. Com o jogo empatado resultado que não interessava à equipa de Pedro Nobre e com os últimos minutos com emoção "a rodos" e já com o publico presente a conformar-se com o empate Rui Alves "sacou da chave da vitória", marcou e deu a vitória à sua equipa para gladio dos adeptos e simpatizantes Unionistas. Durante a 2ª parte ambas as equipas desperdiçaram um livre directo, Pedro Nobre na sequência de um cartão azul a Tiago Pereira, e Miguel Boavida na sequência da 10º falta do União.

Fim: União FE 4  -  ACR Santa Cita 3 (Faltas: 13 - 9)

Vitória do União que teve tanto de justa como de difícil para a equipa que mais a procurou, mas com a atitude do Santa Cita durante os 50 minutos foi ainda mais valorizada.

Com arbitragem de António Gameiro e Rui Taborda do Ribatejo as equipas alinharam:

União FE (4): Orlando Pereira (gr), Rui Alves (1), Edgar Costa (2), David Vieira (1) e João "Mendx" Mendes
Suplentes: Luís "Melão" Santos (gr), Pedro Brazete, Bruno Pereira (c), Pedro Nobre e Filipe Brizida
Treinador: Pedro Nobre

ACR Santa Cita (3): João Martins (gr), Tiago Pereira, Tiago Barreiro, Pedro Almeida (1) e Rui Oliveira (c)
Suplentes: Rodrigo Saboga (gr), Miguel Boavida, Nuno Nobre (2), Eliseu "Zig" Raimundo e João Fernandes
Treinador: Luís Miguel Cunha

RIBATEJO TERMINA INTER-REGIÕES NO 5º LUGAR

A selecção do Ribatejo terminou esta tarde a sua participação na 38ª edição do Inter-regiões "Páscoa 2014" com uma vitória sobre a AP Setúbal que garantiu a 5ª posição que é uma das melhores performaces Ribatejana neste evento.

Foto: Carlos Emídio Martins - Plurisports

Num jogo que se previa e veio a confirmar-se equilibrado entre duas equipas que já se haviam defrontado na preparação para o Inter-regiões, mais propriamente no Inter-associações "Natal 2013" disputado em Santo André, tendo a vitória sorrido na altura ao seleccionado Setubalense. A equipa de Rui Nunes entrou praticamente a vencer com Miguel Marante a bater Tiago Mota à passagem do minuto dois deste encontro. Não demorou muito a vantagem da equipa Ribatejana pois volvidos cerca de 3 minutos Miguel Feio repôs a igualdade ao aproveitar um erro defensivo da defesa adversária. Até ao intervalo os jovens Ribatejanas revelaram um pequeno ascendente sobre o adversário, mas o marcador não voltou a funcionar.

A 2º etapa trouxe um Ribatejo decidido a dar a volta e logo no primeiro minuto Pedro Mendes fez o 2-1. A trocar bem a bola e em velocidade a equipa de Rui Nunes podia ter aumentado a contenda, mas seria de novo o incontornável Miguel Feio à passagem do minuto sete a fazer o empate, 2-2 a meio da etapa complementar. A equipa Ribatejana continuou à procura de ser feliz neste jogo e a causar mais perigo junto à baliza adversária e seria de novo Pedro Mendes a bisar e a fazer o 3-2, para Miguel Bonet aumentar para 4-2 volvido algum tempo. Faltavam 3 minutos para o final e a equipa de Luís Ribeiro não "atirava a toalha ao chão" e à entrada do ultimo minuto Miguel Feio faz hattrick e o 4-3 colocando a incerteza no marcador. Até final o Ribatejo teve oportunidade de "matar" o jogo mas na cara do guardião Setubalense os jovens Ribatejanos foram incapazes de fazer "balançar a rede", no entanto conseguiram segura a magra vantagem e garantir a vitória.

Pelo Ribatejo alinharam e marcaram:

João Governo (gr), Pedro Mendes (2), Miguel Marante (1), Manuel Neves, Guilherme Bonet (1), Rodrigo Silva, Guilherme Domingues, João Gomes, Manuel Mesquita e Miguel Cavalheiro (gr)
Seleccionador: Rui Nunes

Vitória justa da equipa que mais procurou a vitória, perante um adversário de valor liderado por Miguel Feio e que nunca virou a cara à luta. Este seleccionado de Rui Nunes acabou por fazer um campeonato positivo ficando um "travezinho amargo" e a ideia que poderia ter chegado mais longe não fosse um "puxãozinho" para trás de Jerónimo Moura no jogo frente a Aveiro onde "em pézinhos de lã" e "apito afinado" moldou o jogo quiçá de acordo com "directivas" recebidas".

VITÓRIA DIFÍCIL "COM CONTORNOS" DE VELUDO

O HC "Os Tigres" deslocaram-se até à capital, mais propriamente ao popular bairro de Campo de Ourique para defrontarem o CACO, num jogo onde ambas equipas apesar de terem objectivos diferente "deixaram" tudo em rinque para conquistar os três pontos que para os Ribatejanos eram sinónimo de se aproximarem do líder HC Sintra que folgou nesta ronda e para os Alfacinhas a tentativa de fugir aos lugares incómodos da tabela classificativa.

Foto: Jornal "Almeirinense"

O jogo começa com a equipa da casa a conseguir tomar o comando do jogo e a incomodar Francisco "Xico" Veludo chegando à dianteira no marcador através de Rui Bravo. Sem se encontrar a equipa de Almeirim ia vendo o adversário a crescer e a ia valendo São Xico Veludo para evitar que o resultado tomasse outros contornos e num talvez no seu melhor lance da 1ª parte os Tigres chegam ao empate numa excelente combinação entre Rui Gamboa e Alexandre "Alex" Andrade com este ultimo a empurrar para o fundo da baliza e a restabelecer a igualdade jogavam-se já os últimos 10 minutos da etapa inicial. Foram então minutos atribulados os que se seguiram com Hugo "Caleta" Lourenço a ver cartão azul e o CACO a desperdiçar o livre directo. Depois seria Daniel Meireles que estava no banco a ver cartão vermelho por palavras dirigidas à dupla de arbitragem e mais uma vez o CACO desperdiça o livre directo, mas a jogar em power-play a 01' 30'' para o intervalo Hernâni Domingos faz o 2-1, resultado que se manteve até ao regresso aos balneários.

Intervalo: CACO 2  -  HC "Os Tigres" 1

A etapa complementar traz uns Tigres diferentes e para melhor, a dominaram a partida a fazer pressão alta e a não deixar o adversário "pensar" nem "executar", e com um plantel com mais opções e mais valias a meio do 2º tempo Rui Gamboa  e Caleta numa jogada detrás da baliza com o técnico azul e branco a enganar o guardião adversário e a empatar a partida. Era evidente que mais cedo ou mais tarde os Tigres passariam para a liderança do marcador, mas isso só viria a acontecer nos últimos 5 minutos com Pedro "Bekas" Delgado a desfazer o empate numa jogada de contra-ataque, e o mesmo jogador a fixar o resultado final na marcação de um livre directo. Quanto ao CACO nesta etapa pouco incomodou Xico Veludo, excepção feita a uma grande penalidade e um livre directo não concretizados, que poderiam ter dado outros contornos ao resultado e alterar a história do jogo.

Final: CACO 2  -  HC "Os Tigres" 4

Foto: Jornal "Almeirinense"

Vitória suada do HC "Os Tigres" que após uma primeira parte onde estiveram longe do seu valor, acabaram por puxar pelos galões no 2º tempo e sair de Campo de Ourique com a vitória e a dependerem só deles para vencerem a zona sul. O CACO pela primeira parte que realizou era um justo vencedor ao intervalo numa exibição onde Rui Bravo era o líder, mas acabaram por ver Xico Veludo defender tudo ou quase tudo e ainda se podem queixar do desperdício de lances capitais.

TIGRES E UNIÃO SOMAM VITÓRIAS IMPORTANTES

O HC "Os Tigres" e o União FE somaram ontem duas importantes vitórias e mantiveram intactos os objectivos delineados para a presente época, que nos Tigres passa pela subida de divisão e no União pela manutenção.

Foto: Jornal "Almeirinense"

Em Campo de Ourique a equipa da Capital da Sopa da Pedra sofreu para conquistar os três pontos frente a um CACO que precisa de pontos como de "pão para a boca" e foi a equipa da casa a inaugurar o marcador. Reagiu a equipa dos Tigres restabeleceu a igualdade através de Alex Andrade. Antes do intervalo a equipa da casa fez o 2-1 resultado que se manteve até final do 1º tempo. Na 2ª parte os Tigres assumiram a partida, pressionando o adversário e jogando rápido e fruto desta mudança obtiveram 3 golos através de Rui Gamboa e Bekas que bisou fixando o 2-4 final e a conquista de uma vitória importante antes da recepção ao HC Sintra marcada para dia 26 de Abril naquele que será o jogo do título.

No Albano Mateus o derby Ribatejano que colocou frente a frente União FE e ACR Santa Cita, num jogo entre equipas com estado de espírito diferente, pois o União na luta pela manutenção tentava a vitória, ao passo que o Santa Cita já com a descida de divisão confirmada jogava o jogo pelo jogo tentando surpreender o vizinho Unionista. A equipa de Pedro Nobre chegou ao 2-0 através de Edgar Costa, mas antes do intervalo Nuno Nobre reduziu para 2-1. No 2º tempo a equipa de Luís Miguel Cunha chegou ao empate através de Pedro Almeida. David Vieira colocou de novo a sua equipa em vantagem, mas num jogo emotivo Nuno Nobre bisou e restabeleceu a igualdade. Já perto do apito final da dupla Ribatejana António Gameiro/Rui Taborda, Rui Alves fez o 4-3 resultado que se manteve até final e que garantiu os três pontos para a equipa alvi-negra que assim mantêm a 8ª posição. Na próxima jornada o União desloca-se até Valado dos Frades ao passo que o Santa Cita recebe o GD Sesimbra.

SÁBADO NEGRO AFASTA RIBATEJO DAS MEIAS-FINAIS

Duas derrotas em outros tantos jogos ditaram o afastamento da selecção Ribatejana do acesso às meias-finais da 38ª edição do Inter-regiões "Páscoa 2014" que termina hoje na Mealhada. Com estas derrotas a equipa de Rui Nunes irá disputar o jogo de atribuição do 5º e 6º lugar frente à selecção de Setúbal.

Foto: Carlos Emídio Martins

No jogo da manhã o seleccionado Ribatejano defrontou o do Minho e cedo se colocou na frente com um golo de Guilherme Bonet. A equipa do Ribatejo poderia ter ampliado o marcador à passagem dos 7 minutos mas João Gomes desperdiçou um livre directo. A equipa do Minho mais pressionante viria a chegar ao empate nos últimos segundos do primeiro tempo. Na 2ª parte o Minho passou cedo para a situação de vencedor. Com o Minho mais acutilante, mas com o Ribatejo a defender bem, seria a equipa de Rui Nunes a ter uma oportunidade de ouro de igual a partida, mas desta feita Guilherme Domingues desperdiça o livre directo correspondente à 10º falta Minhota, na sequência da jogada o mesmo jogador sofre falta dentro da área, grande penalidade que Miguel Marante desperdiça. Quem não marca, sofre lá diz o velho ditado e foi o que aconteceu, com o Minho a fazer o 3-1 faltavam cerca de 7 minutos para o final. Até final a equipa do Minho ainda poderia ter dilatado mais a vantagem mas desperdiçou dois livres directos. Com esta derrota o jogo da noite frente a Aveiro decidiria qual destas equipas seguia para as meias-finais.

Foto: Carlos Emídio Martins

No jogo do tudo ou nada para Ribatejo e Aveiro, sendo que o empate servia as cores Ribatejanas, mas quem joga para empatar arrisca-se a perder, e não foi isso que aconteceu num jogo aberto e bem disputado e com emoção a rodos entre duas selecções que se equivaleram o nulo ao intervalo era prova desse equilíbrio, apesar de neste primeiro tempo as melhores oportunidades de golo terem pertencido à equipa de Rui Nunes. Aos 3 minutos da etapa complementar surge o primeiro golo e para as cores Aveirenses que viria de novo a marcar desta feita na conversão de uma grande penalidade cometida por Pedro Mendes. Ainda nesse mesmo minuto e igualmente de grande penalidade Rodrigo Silva reduz para 2-1 mantendo o Ribatejo na corrida pela vitória. Até final e num jogo muito emotivo e com as emoções à flôr da pele, o arbitro Jerónimo Mouro expulsou o delegado Ribatejano o que obrigou a equipa de Rui Nunes a jogar com 4 jogadores durante 4 minutos, mesmo assim a pressão dos jovens Ribatejanos foi intensa mas a equipa de Aveiro conseguiu levar a magra vantagem até ao apito final.

Nestes dois jogos jogaram e marcaram pela equipa da AP Ribatejo:

João Governo (gr), Pedro Mendes, Miguel Marante, Manuel Neves, Guilherme Bonet (1), Rodrigo Silva (1), Guilherme Domingues, João Gomes, Manuel Mesquita e Miguel Cavalheiro (gr)
Seleccionador: Rui Nunes

sábado, 12 de Abril de 2014

DEPOIS DA GOLEADA CHEGOU A VITÓRIA SUADA

A selecção Ribatejana suou o bom suar para levar de vencida a sua congénere de Coimbra no segundo jogo que realizou nesta edição do Inter-regiões que decorre até amanhã na Bairrada, mais propriamente no Pavilhão Municipal da Mealhada.

Foto: Carlos Emídio Martins - Plurisports

Com a equipa de Rui Nunes a tomar as "rédeas" da partida mas sem conseguir materializar esse dominio em golos, a equipa de Pedro Mateus a defender bem e a e tentar sair em contra ataque chegaria à vantagem a meio deste primeiro tempo através de Miguel Figueiredo. A equipa Ribatejana continuou a dominar mas sem conseguir marcar e assim sendo regressou aos balneários em desvantagem.

Na etapa complementar o cenário não mudou e o maior domínio esbarrava na bem organizada defesa adversária, e seria mesmo Coimbra a ter uma oportunidade de ouro para fazer aumentar a vantagem, mas Miguel Cavalheiro defendeu superiormente uma grande penalidade. A equipa Ribatejana chegaria finalmente ao empate a cerca de 5 minutos do final através de Manuel Neves, que bisou volvidos dois minutos e colocou finalmente a sua equipa na frente do marcador. Até final a equipa de Rui Nunes foi trocando bem a bola "escondendo-a" do adversário logrando assim uma vitória que teve tanto de justa como de difícil, mas que garante para já pelo menos o 3º lugar à equipa do Ribatejo.

Pela equipa Ribatejana alinharam e marcaram:  João Governo (gr), Pedro Mendes, Miguel Marante, Manuel Neves (2), Guilherme Bonet, Rodrigo Silva, Guilherme Domingues, João Gomes, Manuel Mesquita e Miguel Cavalheiro (gr)
Seleccionador: Rui Nunes

Hoje a equipa Ribatejana têm jornada dupla defrontando o Minho pelas 12:00 horas e terminado esta primeira fase frente a Aveiro num jogo com inicio marcado para as 2000 horas.

Foto: Carlos Emídio Martins - Plurisports

Foram estes os resultados do 2º dia de prova e está assim ordenada a classificação
  • Grupo A - Resultados

AP Lisboa 8  -  AP Setúbal 7
AP Porto 5  -  AP Leiria 4
AP Leiria 2  -  AP Lisboa 3
AP Setúbal 9  -  AP Alentejo 1

  • Grupo A - Classificação

1º AP Lisboa - 9 pontos (3 jogos)
2º AP Porto - 6 pontos (2 jogos)
3º AP Setúbal - 3 pontos (3 jogos)
4º AP Leiria - 0 pontos (2 jogos)
5º AP Alentejo - 0 pontos (2 jogos)

  • Grupo B - Resultados

AP Minho 15  -  RA Açores 0
AP Ribatejo 2  -  AP Coimbra 1
AP Coimbra 1  -  AP Minho 10
RA Açores 0  -  AP Aveiro 15

  • Grupo B - Classificação

1º AP Minho - 9 pontos (3 jogos)
2º AP Ribatejo - 6 pontos (2 jogos)
3º AP Aveiro - 3 pontos (2 jogos)
4º AP Coimbra - 0 pontos (2 jogos)
5º RA Açores - 0 pontos (3 jogos)

sexta-feira, 11 de Abril de 2014

MOUCHÃO "EMBRIAGOU" OS GALOS

Quarta-feira foi dia de Taça de Portugal no Jácome Ratton, com a realização dos 1/16 de final a primeira eliminatória com equipas da I Divisão e onde o SC Tomar recebeu o OC Barcelos que curiosamente tinha defrontado no sábado no Minho e onde tinha sido derrotado por 8-4, mas desta feita o "Mouchão" servido por Nuno Domingues & Sus Muchachos deixou o "Galo" embriagado e fora da prova.

Foto: António Antunes - T.M. Foto

Não havia segredos nem tácticas que pudessem surpreender pois as equipas pois as mesmas tinham-se defrontada "há meia dúzia de minutos" e assim sendo o jogo começa com a equipa que viajou desde de Barcelos com maior ascendente atacante e mais afoita na procura do golo, mas seria a equipa verde e branca a inaugurar o marcador à passagem dos onze minutos através de Luís Silva que deixou Ricardo Silva "algo tremido" na fotografia". A equipa Minhota não perdeu desarmou e volvidos dois minutos Zé Pedro repõe a igualdade. Até ao intervalo a equipa de Paulo Freitas sempre por cima tentou chegar à vantagem mas com Fábio Guerra a não permitir tais intentos.

Intervalo: SC Tomar 1 - OC Barcelos 1

Foto: António Antunes - T.M. Foto

A etapa complementar traz as equipas mais cautelosas para o rinque cientes que num jogo a eliminar o mais pequeno erro é "a morte do artista" e seria de novo o SC Tomar a adiantar-se no marcador através de Ivo Silva num jogada de fino recorte técnico. Este golo causou algum nervossismo na equipa de Barcelos e disso se aproveitou de novo o capitão Leonino para volvidos dois minutos fazer o 3-1 na marcação de um livre directo motivado pelo cartão azul exibido a Zé Pereira. A perder por dois golos a equipa do Òquei começou a tentar chegar cedo aos golos para inverter o resultado e o SC Tomar começou a jogar na "retranca" esperando pelo erro do adversário, defendo bem e saindo em contra-ataque e foi precisamente num desses contra-ataques que a equipa da casa beneficia de uma grande penalidade que Nuno Domingues chamado à marcação não desperdiça e amplia o resultado para 4-1. O tempo ia correndo e a equipa forasteira via o resultado desfarovável ser cada vez mais uma certeza e novamente num lance de contra-ataque João Lomba faz o 5-1 para "gualdio" do publico presente nas bancadas od Jácome Ratton. De seguida e ainda os adeptos se sentavam dos festejos Luís Querido num "tomahawk" disparado sem aviso prévio reduz para 5-2. Já no ultimo minuto e com o SC Tomar a soberear a passagem aos oitavos de final João Guimarães estabelece o 5-3 final.

Final: SC Tomar 5 - OC Barcelos 3

Foto: António Antunes - T.M. Foto

Vitória justa do SC Tomar que fez o papel de "formiga" perante a "cigarra" que ainda saboreava a vitória de sábado e mesmo fora de casa pensou que seria mais do mesmo apesar de no primeiro tempo ter justificado outro resultado pois o empate não lhe acentava bem.

SC Tomar (5): Fábio Guerra (gr), Nuno “Manel” Domingues (1), Ivo Silva (2), João Lomba (1), Luís Silva (1); 
Suplentes: David “Esteves” Gonçalves, Dário Santo, André Pereira, João Adrião e Daniel Leal (gr)
Treinador: Nuno “Manel” Domingues

OC Barcelos (3): Ricardo Silva (gr), José Pereira (1), Luís Querido (1), Hugo Costa, José "Zé" Braga; 
Suplentes: Rui Brito, João Guimarães (1), João Marques, Pedro Mendes e João Pereira (gr)
Treinador: Paulo Freitas

SC TOMAR VIAJA ATÉ PAÇOS DE FERREIRA NOS OITAVOS DE FINAL

Terminou há poucos minutos na sede da FPP o sorteio dos 1/8 de final da Taça de Portugal e o SC Tomar, única equipa Ribatejana em prova irá defrontar a J. Pacense equipa que milita na II Divisão Zona Norte onde ocupa a 5ª posição.

Foto: Paulo Pereira

A equipa de Nuno Domingues que na passada quarta-feira eliminou o OC Barcelos por 5-3 desloca-se até à Capital do Móvel para defrontar a equipa local que nos 1/16 de final eliminou o líder da II Divisão Zona Sul HC Sintra por 5-2. Uma viagem difícil para a equipa Leonina que terá que usar toda a concentração e qualidade para não ser surpreendida e assim seguir para os quartos de final. Os jogo está marcado para o dia 23 de Abril a hora a determinar.

SL Benfica - UD Oliveirense e Sporting CP - HC Braga são os jogos que opõe equipas da I Divisão. Destaque igualmente para o duelo que colocará frente-a-frente o S Alenquer B e a AD Oeiras.

Pode consultar o resultado do sorteio aqui num trabalho do site hoqueipatins.com

ACR SANTA CITA - CONVÍVIO SOBRE RODAS

A ACR Santa Cita leva amanhã a efeito a partir das 15:00 horas um evento que denominou "Convívio sobre rodas" para jovens com idades compreendidas entre os 4 e os 10 anos.


A actividade que como foi dito anteriormente têm o seu inicio marcado para as 15:00 horas prolonga-se pela tarde de sábado e para além de possibilitar o contacto dos jovens com os partins têm um jogo de hóquei feminino marcado para as 18:00 horas e no final pelas 18:30 haverá um lanche para todos os participantes.

Os jovens apenas têm de levar roupa prática, pois o clube fornece os patins e outro material necessário. São iniciativas como estas que fazem com que se continue a chamar a Santa Cita a "Aldeia Ribatejana do Hóquei em Patins".

GRUPO DESPORTIVO FABRIL – EVENTO BAMBIS

No próximo domingo, terá lugar no Pavilhão Vítor Domingos um encontro de bambis, em que serão disputados três jogos entre a equipa da casa e as equipas de bambis do Sporting CP e o HC Vasco da Gama.
 
 
A escola de Hóquei em Patins “José António Flecha” do GD Fabril, que funciona ao sábado das 10h30 às 12h00, no Pavilhão Vítor Domingos convida todas as crianças a partir dos 3 anos a experimentar esta modalidade. Para mais informações www.hoqueifabril.com ou contacte a secção gdf.hoquei@gmail.com.

NOMEAÇÕES PARA AS EQUIPAS DO RIBATEJO E LEIRIA

Já são conhecidos os árbitros que irão dirigir os jogos das equipas da AP Ribatejo e AP Leiria nos jogos da II, III Divisão, Taça de Portugal, Nacionais Jovens e Nacional Feminino na próxima jornada, assim como os respectivos delegados técnicos.


Taça de Portugal 1/16 final - 12 Abril 2014
  • AD Penafiel vs HC Turquel: Rui Torres (Minho)


II Divisão Sul - 12 Abril 2014
  • CACO vs HC "Os Tigres": Paulo Ferrão (Setúbal) / Cidalino Lamosa (Setúbal)
  • União FE vs ACR Santa Cita: António Gameiro (Ribatejo) / Rui Taborda (Ribatejo)
  • GD Sesimbra vs Alcobacense CD: Hélder Fernandes (Lisboa) / Jorge Carmona (Lisboa)
  • Marítimo SC vs BIR: Fernando Cabaço (Lisboa) / Rui Jorge (Ponta Delgada) - Nicolau Botelho (Ponta Delgada)


III Divisão Centro - 13 Abril 2014
  • J. Ouriense vs CF Estremoz: Vítor Roxo (Leiria) 
  • Marinhense vs FCO Hospital: António Peça (Leiria)


Nacional de Infantis (Sub-13) - Sul C - 18 Abril 2014 
  • HC Turquel vs CF Estremoz: Vítor Roxo (Leiria)


Nacional de Juvenis (Sub-17)  - 14/18 Abril 2014
  • ACR Santa Cita vs HC Sintra: Teófilo Casimiro (Ribatejo)
  • HC Turquel vs CF Estremoz: Paulo Carvalho (Leiria)
  • CRC "Os Águias" vs HC Mealhada: Paulo Carvalho (Leiria)


Campeonato Nacional Feminino - Apuramento Campeão - 13 Abril 2014
  • HC Turquel vs FC Alverca: Vítor Roxo (Leiria)


UNIÃO JÁ PREPARA NOVA ÉPOCA

O União Futebol Entroncamento anunciou que chegou a acordo com os atletas seniores, Bruno Pereira, David Vieira e Rui Alves para defenderem as cores da equipa do Entroncamento por mais uma época.


Bruno Pereira, capitão da equipa mostrou-se muito feliz por continuar a defender o UFE por mais uma época. «É com grande prazer que irei envergar a camisola 9 na equipa sénior e a de treinador nos escalões de formação, por mais uma época. Sendo que a direção, todos os sócios e simpatizantes, podem contar com o meu trabalho e dedicação em prol desta grande família. Todos juntos e sorrindo às dificuldades, faremos deste, um União mais forte»

Já David Vieira, sub capitão afirma que será uma honra continuar a vestir esta camisola por mais uma época. «É com enorme prazer que volto a renovar com o UFE, meu clube do coração e onde fiz a minha formação como atleta e pessoa. Depois do bom trabalho realizado este ano, não faz qualquer sentido deixar a equipa e principalmente o clube cujo projeto que está a realizar está finalmente a ter sucesso desportivo. Relativamente á próxima época, estou muito entusiasmado e obviamente que espero muito sucesso fruto do nosso trabalho diário. Desde já agradeço á direção por me darem mais esta oportunidade e peço a todos os sócios e simpatizantes que continuem a apoiar esta equipa».

Rui Alves que regressou ao UFE no início desta época, não tem dúvidas que tudo está diferente. «Prometo continuar a defender esta camisola por mais uma época, sendo que estou a gostar bastante da forma de trabalhar do clube, assim como da organização que impera nesta equipa. É com enorme vontade que continuarei a defender as cores do meu clube».

Para Mário Serra, diretor do hóquei em patins do UFE, «este é o início de mais um ciclo na vida do nosso clube, e obviamente que tudo faremos para continuar a merecer a confiança dos nossos sócios e adeptos. A renovação do Bruno, do David e do Rui, é o início de um processo que pretendemos ter finalizado o mais rapidamente possível, a fim de dar continuidade ao excelente trabalho desenvolvido este ano por todo o grupo de trabalho. Desejo muita sorte a estes atletas, porque sei que com o seu empenho, dedicação e vontade, o nosso clube crescerá muito mais coeso e unido».

Informação: União FE

RIBATEJO ENTRA A GOLEAR

A selecção Ribatejana estreou-se ontem à noite na 38ª edição do Inter-regiões "Páscoa 2014" que se realiza na Mealhada até ao próximo Domingo com uma goleada frente ao Açores num jogo onde foi cumprido um minuto de silêncio em memória de Emídio Pereira Rodrigues primeiro-secretário da Mesa da Assembleia-geral da AP Ribatejo, falecido no passado sábado.

Foto: Carlos Emídio Martins - Plurisports

A jogar perante a equipa teoricamente mais fraca do torneio, devido à falta de competitividade que existe nos Açores, a equipa de Rui Nunes aos poucos e poucos foi colocando a "descoberto" as fragilidades adversárias e ao intervalo já vencia por 11-0.

No 2º tempo a toada do jogo manteve e o avolumar do resultado foi registando até atingir o expressivo 21-0, resultado que demonstra as diferenças entre as duas selecções e entre o hóquei Continental e Insular no que aos escalões de formação diz respeito e neste caso particular em Sub-15.

Pela equipa Ribatejana alinharam e marcaram:  João Governo (gr), Pedro Mendes (3), Miguel Marante (2), Manuel Neves (2), Guilherme Bonet (5), Rodrigo Silva (5), Guilherme Domingues (1), João Gomes, Manuel Mesquita (3) e Miguel Cavalheiro (gr)
Seleccionador: Rui Nunes

Hoje pelas 13:00 horas o seleccionado Ribatejano defronta a sua congenere de Coimbra.

Neste primeiro dia de prova foram estes os resultados

  • Grupo A

AP Setubal 0  -  AP Porto 9
AP Alentejo 0  -  AP Lisboa 11


  • Grupo B

RA Açores 0  -  AP Ribatejo 21
AP Aveiro 0  -  AP Minho 6

quinta-feira, 10 de Abril de 2014

ACADÉMICA E FCO HOSPITAL SÃO "A BASE" DE COIMBRA

José Pedro Mateus, seleccionador da AP Coimbra divulgou os eleitos para a 38ª edição do Inter-regiões "Páscoa 2014". Académica de Coimbra e FCO Hospital "fornecem" nove dos dez eleitos, ficando a vaga em falta para o AF Arazede.


Integrada no Grupo B a selecção de Coimbra têm pela frente confrontos com Ribatejo, Aveiro, Minho e Açores estando a estreia marcada para amanhã dia 11 pelas 13:00 horas frente ao seleccionado Ribatejano.

Nota de destaque para a convocatória de Iris Olhicas da AF Arazede uma das atletas Femininas que estará presente neste evento. São estes os atletas escolhidos pelo técnico de Coimbra

  • Guarda redes:
Bernardo Andrade (FCO Hospital)
João Coelho (A Académica Coimbra)
  • Jogadores:
Pedro Pratas (A Académica Coimbra)
Vítor Hugo (A Académica Coimbra)
Romeu Teixeira (A Académica Coimbra)
Miguel Figueiredo (A Académica Coimbra)
André Lopes (FCO Hospital)
Francisco Melo (FCO Hospital)
José Almeida (FCO Hospital)
Iris Olhicas (AF Arazede)

Acompanham a equipa: Nuno Rico, Maria dos Anjos, Manuel Olhicas e Paula Inácio

CANDELÁRIA EM MAIORIA NA CONVOCATÓRIA DOS AÇORES

Carlos Guimarães divulgou a lista de atletas que irão representar a Região Autónoma dos Açores na 38º edição do Inter-regiões "Páscoa 2014" que hoje tem inicio na Mealhada.


O Candelária é o clube mais representado nesta convocatória com a chamada de quatro atletas, HC Ponta Delgada e Marítimo SC com três atletas são os outros clubes representados. Para além do técnico Carlos Guimarães, Aurino Sousa e Marta Resendes completam a comitiva Açoriana. São estes os atletas convocados.

  • Candelária
Flipe Rosa
José Joaquim Ferreira
José Paulo Ferreira
Guilherme Dias Garcia
  • Marítimo SC
Henrique Coelho
Alexandre Resendes
João Silva
  • HC Ponta Delgada
Tiago Dias
Tiago Pimentel
Bernardo Nunes

A selecção Açoriana englobada no Grupo B com as selecções do Ribatejo, Coimbra, Aveiro e Minho. A estreia está marcada para esta noite após a Cerimónia de Abertura frente ao Ribatejo.

quarta-feira, 9 de Abril de 2014

VAMOS PARA DAR O NOSSO MELHOR EM TODOS OS JOGOS

Na semana do início do Inter-regiões “Páscoa 2014” que se realiza novamente na Mealhada o Cartão Azul foi ao encontro de Rui Nunes, seleccionador Ribatejano para saber quais os objectivos para o torneio e como decorreu a preparação para o mesmo.
 
Foto: Carlos Emídio Martins - Plurisports

CA – Boa tarde Rui, como decorreu a preparação para este Inter-regiões?
RN – Boa tarde Gavancho. Obrigado uma vez mais pelo teu acompanhamento e interesse pela Seleção da AP Ribatejo. A preparação decorreu muito bem! Realizámos 17 treinos, participámos no Torneio de Natal em Sines e no de Carnaval em Almeirim. Fizemos alguns treinos com equipas do escalão de juvenis da região e os restantes treinos foram sempre bastante produtivos na observação dos atletas e no desenvolvimento das nossas ideias. A direção da Associação esteve sempre em sintonia com o nosso trabalho e sentimos (eu e o Sr. Saboga) que tudo foi feito para que nada faltasse à equipa técnica e aos atletas que foram sendo convocados. Uma palavra para o Fernandes, responsável pela logística, que tem sido inexcedível no acompanhamento. O objetivo para o Inter-regiões é ter uma equipa competitiva, que respeite todos os adversários por igual e jogo a jogo tentar obter a melhor classificação possível. Tenho uma grande confiança no trabalho desenvolvido e nos atletas que compõem a Seleção. Sei que todos eles irão colocar o seu valor, acima de tudo, ao serviço da equipa. Disse-me quem sabe, que este foi dos grupos de trabalho mais disciplinado e trabalhador que já esteve na Seleção. Este facto para mim já é gratificante!
CA – Durante a preparação disputaram dois torneios no Natal em Sines com AP Lisboa, AP Setúbal e AP Alentejo, e no Carnaval em Almeirim com AP Lisboa A e B e AP Leiria. De que forma contribuiu para a evolução da tua equipa, quais os ensinamentos e o que achaste dos adversários e onde achas que podem chegar?
RN – Esses Torneios foram importantes e serviram essencialmente para preparar o Inter-regiões… Pretendemos observar os atletas em competição e colocar os resultados em 2º plano. Penso que foram bastante produtivos e contribuíram de forma decisiva para fazer evoluir a Seleção. Uma Seleção é muito mais do que a junção de bons jogadores… É preciso colocar a equipa a jogar, de uma forma que seja comum e percetível a todos os atletas, dentro de alguns hábitos interiorizados nos seus respetivos Clubes porque um treino por semana assim o obriga. Há Seleções adversárias com bastante valor que também trabalham há bastante tempo e que serão difíceis de bater… Sabemos que estrategicamente teremos que estar atentos a uma ou outra situação que têm, nomeadamente movimentações coletivas e qualidades individuais. Mas sinceramente teremos que estar mais concentrados em nós e no que temos de fazer em cada jogo.
 
Foto: Carlos Emídio Martins - Plurisports
 
CA – Olhando para o grupo onde ficaram colocados o B com Minho, Aveiro, Coimbra e Açores, até onde pode chegar o Ribatejo?
RN – Quem me conhece sabe que respeito todos os adversários por igual e a minha postura é sempre essa! Os atletas sabem de cor os pensamentos e os princípios que tenho… Vamos fazer tudo para dar o melhor de nós em todos os jogos, os resultados ver-se-ão no fim. Portanto “prognósticos só no fim dos jogos”!! (risos).
CA – Iniciares o Torneio com a equipa teoricamente mais acessível, é benéfico para a equipa ou é apenas mais um jogo e aquele onde os atletas vão estar mais nervosos e onde o favoritismo pode levar a facilitismos?
RN – Gavancho, sou treinador há já alguns anos e já vi de tudo… Parto bastante otimista para todos os jogos porque sei que nos preparámos muito bem para esta competição. O primeiro jogo tem caraterísticas emocionais diferentes e especiais, mas sabemos disso e estamos preparados. Os favoritismos mostram-se dentro de campo, e se realmente formos mais fortes iremos conseguir o demonstrar, é simples!
CA – Olhando para as equipas presentes quem achas que parte na “pole-position” para conquistar o ceptro?
RN – Há seleções que pelo número de Clubes a elas associadas, têm um leque de atletas possivelmente selecionáveis muito maior que outras… Essas têm logicamente mais possibilidades de terem seleções mais fortes e de terem prestações competitivas melhores, casos de Lisboa e do Porto evidentemente. Além disso, muitas vezes ainda beneficiam de atletas formados de clubes de regiões que não possuem Clubes de referência nacional. 
CA – O facto de o Inter-regiões ter estado “apalavrado” para o Ribatejo tendo depois a FPP “roído a corda” e atribuído o mesmo a Aveiro, acaba por poder prejudicar a prestação Ribatejana devido a ter menos apoio, ou não irá interferir na “performance” da tua equipa.
RN – Quanto ao local de realização do Inter-regiões, segundo sei, o Paulo Beirante Presidente da nossa Associação, já disse em sede própria o que achava sobre isso, pelo que nada mais tenho a comentar… Em relação à nossa prestação desportiva, “prejudicar”? Não, nada disso… As seleções irão jogar no mesmo espaço e com o mesmo número de jogadores! Poderá apenas existir uma ou outra Seleção que estará mais adaptada e familiarizada com o tipo de piso e ambiente que vamos encontrar. Mas nós sabemos e estamos focados naquilo que precisamos de fazer para termos boas prestações desportivas e nestas idades não menos importante, sociais.
CA – Com 5 jogadores do SC Tomar nos 10 seleccionados, este facto pode ser um facto de estabilidade na equipa ou não é relevante na convocatória?
RN – Sabes Gavancho a seleção dos atletas teve somente um critério… O valor de cada jogador que segundo as nossas ideias (subjetiva evidentemente) estaria mais apto a pôr em prática o nosso modelo de jogo. A origem clubística não foi um critério relevante para a escolha dos selecionados mas logicamente que para a criação de um modelo de jogo tivemos que ter em conta que 5 deles jogam no mesmo Clube. Aproveito a oportunidade para agradecer a todos atletas, treinadores e seccionistas de todos os Clubes do Ribatejo que colaboraram nesta preparação. Uma palavra especial para os atletas que participaram em alguns treinos e até Torneios e que não foram convocados para o Inter-regiões final. Tiveram sempre uma postura impecável e o facto de terem pertencido a este grupo de trabalho é um excelente ponto de partida e de reconhecimento pelo trabalho que estão a fazer nos seus Clubes.
CA – Antes de terminar e pelo facto de estares ligado aos escalões de formação há muitos anos, apraz-me perguntar: Como está a formação no Ribatejo? E o que os Regionais com a junção de equipas de Lisboa, Leiria e Coimbra vieram trazer de bom aos jovens Ribatejanos e a vocês técnicos?
 
Foto: Paulo Beirante
 
RN – A formação no Ribatejo está bem e recomenda-se. Sim, estou ligado há muitos anos aos escalões de formação e atualmente quase de forma “umbilical” à equipa de escolares do Santa Cita. Tem-me dado um imenso gozo treiná-los porque são miúdos educados, bons alunos, que gostam de treinar e aprender… Têm evoluído muito e bem e isso tem-me dado obviamente grande satisfação! O Clube também me tem dado todas as condições para que isso aconteça. O escalão de Escolares é aliás na região é um ótimo exemplo do bom trabalho de base que se está a fazer nos Clubes de uma forma geral. E se olharmos para os Regionais, temos por exemplo os SUB 13 e SUB 15 do SC Tomar a fazerem ótimos nacionais… Os Infantis têm mesmo a liderança na série com 54 marcados e 3 sofridos!!! Estes factos espelham a qualidade do hóquei de formação do Ribatejo, dos seus treinadores e dirigentes e levam a crer que continuaremos no futuro a ter excelentes equipas. A junção de equipas de Lisboa, Leiria e Ribatejo tem sido desportivamente positiva principalmente para atletas e técnicos mas financeiramente difícil para os Clubes. No entanto, deixa-me frisar que é preciso olhar para este novo quadro competitivo como um todo e não em partes… Sinto que é necessário aperfeiçoar procedimentos e posturas para que todos os Clubes integrados nas 3 regiões se sintam perfeitamente identificados com esta nova estruturação competitiva.
CA – Para terminar, resta-me agradecer a tua disponibilidade e fica o espaço aberto para alguma mensagem que queiras enviar aos visitantes deste espaço. Obrigado.
RN – Obrigado eu. Sim queria uma vez mais enaltecer o “serviço público” que fazes ao hóquei regional e nacional. E também desejar uma excelente Páscoa a todos os visitantes do Cartão Azul.

SETICADAS DA SEMANA

Rubrica de ontem no programa "Bancada Vip" da Rádio Cidade de Tomar, conduzido por Pedro Nogueira, onde foram revistos os jogos das equipas Ribatejanas na I, II e III Divisão, os Nacionais de Jovens, a convocatória de Rui Nunes para o Inter-regiões e o calendário do evento, entre outros assuntos como por exemplo o Convívio sobre rodas que terá lugar sábado em Santa Cita.


Para ouvir clique aqui

SUB-13 DO SC TOMAR ESTÃO QUASE NA 2ª FASE

Num fim-de-semana em que as equipas Ribatejanas participantes nos Nacionais dos escalões de formação apenas obtiveram uma vitória os Infantis (Sub-13) do SC Tomar com o triunfo frente ao S Alenquer B estão com "um patim" na 2ª fase.

Foto: António Antunes - T.M. Foto

  • Sub-13 (Infantis)

A jovem equipa Leonina defrontou o S Alenquer B e acabou por vencer confortavelmente por 6-0 e manteve a liderança da Zona Sul C, mas passou a ser líder isolado, beneficiando da derrota do Sporting CP em Turquel por 5-4. Com sete jornadas disputadas o SC Tomar têm 19 pontos mais 3 que o Sporting CP e mais 6 que o HC Turquel equipas que irão lutar por um lugar na 2ª fase. Na próxima jornada e de regresso ao Jácome Ratton a equipa Leonina recebe a AE Física D actual lanterna vermelha num jogo agendado para o dia 25 de Abril.

  • Sub-15 (Iniciados)

Mesmo sem jogar o SC Tomar viu reforçada a liderança ou seja o 2º classificado Académica de Coimbra foi derrotada em Turquel e assim não se aproximou do líder mantendo os 12 pontos contra os 16 da equipa Leonina. O jogo desta jornada e que coloca frente-a-frente o líder e o BIR 3º classificado está marcado para o dia 23 de Abril pelas 20:45 horas. Na próxima jornada o SC Tomar recebe a AE Física D actual 4º classificado em jogo com inicio previsto para as 15:00 horas de dia 19 de Abril.

  • Sub-17 (Juvenis)

A ACR Santa Cita depois da vitória na Memória, regressou a casa e às derrotas desta feita frente ao HC Turquel por 1-5 e mantêm o 5º lugar com 6 pontos, numa zona onde o HC Mealhada que adiou o jogo em Estremoz para dia 12 lidera confortavelmente com 18 pontos seguido pelo HC Turquel com 15. Na próxima jornada a equipa de Miguel Jerónimo recebe o HC Sintra em jogo agendado para as 15:00 horas de dia 18 de Abril.

  • Sub-20 (Juniores)

O SC Tomar foi goleado em casa por 2-12 frente ao líder HC Sintra e continua na posse da lanterna vermelha com apenas 4 pontos conquistados em 7 jogos. Nesta zona HC Sintra e HC Turquel com 18 pontos lideram confortavelmente e estão praticamente na 2ª fase. Na próxima jornada o SC Tomar recebe o HC Mealhada, equipa que ocupa a 4ª posição com 7 pontos, o mesmo está marcado para dia 19 de Abril às 17:00 horas.

terça-feira, 8 de Abril de 2014

RUI NUNES JÁ ESCOLHEU OS DEZ PARA A MEALHADA

Estão escolhidos os dez jogadores que irão representar a selecção do Ribatejo no 38º Inter-regiões "Páscoa 2014" que terá lugar entre 10 e 13 de Abril na Mealhada numa organização da AP Aveiro em conjunto com a Câmara Municipal e o HC Mealhada.


Rui Nunes, técnico Ribatejano que ontem realizou o ultimo treino no Municipal do Entroncamento escolheu os seguintes jogadores, a que se junta João Fernandes e Carlos Martins (Directores da APR) e Saboga (treinador de guarda-redes)

  • SC Tomar
Miguel Marante - Pedro Mendes - Guilherme Bonet - Manuel Neves e Manuel Mesquita
  • J. Ouriense
Rodrigo Silva e Guilherme Domingues
  • ACR Santa Cita
João Governo (gr) e João Gomes
  • União FE
Miguel Cavalheiro (gr)

A equipa Ribatejana ficou colocada no Grupo B e terá como adversários os Açores, AP Coimbra, AP Minho e AP Aveiro. A estreia da equipa está marcada para dia 10 de Abril pelas 21:00 horas frente à equipa Açoriana que é treinada por Carlos Guimarães. Deixamos de seguida o calendário da prova.


De salientar a ausência da Madeira pelo 3º ano consecutivo e o facto da AP Algarve e AP Alentejo apresentarem uma selecção conjunta que irá contar com atletas das duas associações mas que ostentarão ao peito o emblema da APA.

Este ano marca uma nova modalidade no que concerne às questões da alimentação e alojamento com as mesmas a terem de ser suportadas pelas próprias Associações o que levou algumas a equacionar a participação no evento.