segunda-feira, 25 de Junho de 2007

TORNEIO REGIONAL "MANUEL BENTO"

Os iniciados do Juventude Ouriense foram os vencedores do Torneio regional "Manuel Bento". Domingo dia de São João, perante um pavilhão cheio de adeptos envergando cachecóis e bandeiras da JO, num jogo em que o empate servia as aspirações da equipa da casa, os jovens patinadores Ourienses, não quiseram correr esse risco, e perante uma equipa bem organizada e com um bom hóquei, cedo tentaram o golo, mas uma boa exibição do guarda-redes dos "Águias" foi adiando a obtenção do mesmo, tendo as equipas chegado ao intervalo empatadas sem golos. Na 2ª parte tudo foi diferente e a equipa da casa cedo chegou ao 2-0 fruto de duas falhas daquele que até ao intervalo tinha sido o melhor elemento em campo, o guarda-redes forasteiro. A vencer por dois golos de diferença a equipa da casa foi controlando o jogo vindo a obter o 3-0, numa bonita jogada, resultado esse com que terminou a partida. Após o apito final efectuado pelo árbitro Teófilo Casimiro, a equipa da JO começou os festejos numa bonita coreografia que juntou adeptos e atletas no famoso grito "Campeões, nós somos Campeões". Para terminar resta salientar que o SC Tomar que necessitava de vencer e esperar por um deslize da equipa Ourém venceu por 14-0 em Arazede, tendo obtido a 2ª posição, a equipa dos "Águias" foi a formação com a melhor defesa, permitindo apenas aos adversários marcar 30 golos nas 22 jornadas deste Torneio, obtendo a 3ª posição.

2 comentários:

Anónimo disse...

Parabens aos miudos e responsaveis por esta equipa, que por todos os campos por onde passaram deixaram as melhores recordações como o respeito e a lealdade dando uma lição de humildade aos responsaveis de uma determinada equipa que pelo contrário deixaram uma péssima imagem de desportivismo, esses aprendam a respeitar para serem respeitados.

Anónimo disse...

Ganhou quem foi mais humilde, e regular, ao passo que houve pelo menos um candidato que em nada dignificou, muito pelo contrario o emblema que trazia ao peito, por acaso o emblema de uma grande instituição que merecia mais respeito dos atletas que a representam, assim como dos pais que os acompanham, o que vale é que as pessoas sabem distinguir, quem serve as intituições e quem se serve das mesmas.