terça-feira, 6 de Novembro de 2007

ESPAÇO ABERTO

Em mais uma navegação pela Internet, desta vez deparei com este texto publicado no Blog Hóquei em Tomar, e com a devida vénia ao seu administrador não resisti em publicá-lo no Cartão Azul. Fica o texto para os visitantes lerem, reflectirem sobre o mesmo, e comentarem se for o caso.
Permitam-me hoje deambular pela escrita sem falar de hóquei em patins...Pensando e assistindo hoje ao dia-a-dia dos nossos miúdos, são abismais as diferenças de comportamento destes perante os adultos e dos adultos perante as crianças, todos somos mais permissivos e tolerantes do que os nossos pais foram connosco. Não acreditam?... Proponho-vos apenas um exercício, leiam o texto que se segue, anotem quantas vezes ouviram aquelas frases e comparem quantas vezes as repetiram e encontrem aí a diferença entre os nossos pais e nós, os pais de hoje. Algumas coisas que só uma mãe pode ensinar:
Ensinou-me sobre antecipação: Espera só até o teu pai chegar a casa
Ensinou-me a dar valor ao trabalho dos outros: Se vocês se querem matar, vão lá para fora porque eu acabei de limpar a sala!
Ensinou-me a ter fé: É melhor rezares para que esta mancha saia do tapete!
Ensinou-me lógica e hierarquia: ...Porque eu estou a mandar e ponto final!
Ensinou-me ironia: Continua a chorar que eu vou dar-te uma razão para chorares!
Ensinou-me a saber esperar: Quando chegarmos a casa vais ver!
Ensinou-me a enfrentar desafios: Olha para mim e responde-me quando estou a falar contigo!
Ensinou-me sobre lógica: Se caíres dessa árvore, vais partir o pescoço e não poderás ir à festa de anos do teu primo!
Ensinou-me como ser adulto: Se não comeres os legumes, vais ficar baixinho para sempre.
Ensinou-me sobre genética: És igualzinho ao teu pai!
Ensinou-me sobre as minhas raízes: Pensas que nasceste numa família rica?
Ensinou-me sobre justiça: Um dia terás um filho e espero que seja igual a ti para veres o que é bom!
-É diferente não é?...

4 comentários:

Sérgio disse...

Obrigado Xico, por partilhares o texto "con nos outros"

Aquele Abraço

Jorge - Filho da Escola disse...

Ganda maluco, agora deste em "blogger", e onde é que arranjas tempo para beberes umas minis Sagres? Em relação ao texto está muito interessante e é de dar os parabéns a quem o escreveu e a quem o publicou e no teu caso "republicou" (ganda pontapé na gramática), agora o texto em relação ao teu caso especifico ainda falta:
- Xico, já te andaste a mandar para o chão armado em guarda redes, deixa-me lá acabar de lavar a cozinha que já levas com o cabo da esfregona no pêlo.

Grande abraço e continua assim como a gente te conheçe

Anónimo disse...

Mãe é Mãe e está tudo dito!

Paulo disse...

Andas a ficar a maluko o quê, que texto mais abichanado. Precisas de desabafar, tens algum problema, amigo é só dares um toque, e vamos logo descaricar umas burras e por a converda em dia.
Deixando a brincadeira o texto está engraçado, qualquer dia ganhas o prémio Nobel da literatura.
Bem haja para ti e p´ra familia.