sexta-feira, 30 de Novembro de 2007

AGENDA PARA DIA 01/12/07

Disputa-se amanhã mais uma jornada dos nacionais de hóquei em patins. Na 1ª divisão a Juventude Ouriense viaja até Espinho em busca de pontos que começam a ser cada vez mais necessários para a equipa de Jorge Godinho. Na 2ª divisão zona norte o SC Tomar recebe os Carvalhos e uma vitória mantêm a equipa de Nuno Lopes junto aos lugares cimeiros, por sua vez na zona sul o União FE depois de duas vitórias consecutivas, vai querer manter a performance e levar de vencida a equipa do CD Boliqueime, na 3ª divisão série B a SFG Pais ainda á procura dos primeiros pontos viaja até Oliveira do Hospital para defrontar a equipa local que por coincidência também ainda não pontuou neste nacional, em relação á série C teremos um derby ribatejano com os “Corujas “ a receberem o Rio Maior e em caso de vitória entregam a lanterna vermelha á equipa visitante, os outros dois encontros serão na minha óptica “escaldantes”, senão vejamos em Almeirim os “Tigres” recebem o HC Lourinhã um dos lideres e uma derrota significa para a equipa de João Graça um atraso significativo em relação ao opositor, em Peniche o Santa Cita outro dos lideres defronta o Stella Maris que se encontra a 3 pontos da liderança e depois da vitória no sábado passado na Lourinhã vai querer vencer para cimentar a posição e atacar o comando da série, este jogo terá a arbitragem do ribatejano Carlos Fagulha.

1ª DIVISÃO – 12ª Jornada
1830 Horas – AA Espinho - J. Ouriense

2ª DIVISÃO – ZONA NORTE – 7ª Jornada
1800 Horas – SC Tomar - CH Carvalhos
2ª DIVISÃO – ZONA SUL – 7ª Jornada
1800 Horas – União FE - CD Boliqueime

3ª DIVISÃO – SÉRIE B – 7ª Jornada
1800 Horas – FC Oliveira do Hospital - SF Gualdim Pais
3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 7ª Jornada
1800 Horas – C Stella Maris - ACR Santa Cita
1900 Horas – HC “Os Tigres” – HC Lourinhã
1800 Horas – GC “Os Corujas” - CN Rio Maior

RUI LOPES A CAMINHO DO GDS CASCAIS

Segundo informação a que o Cartão Azul teve acesso, Rui Lopes será o novo treinador do GDS Cascais, sucedendo assim no comando técnico da equipa a Pedro Trindade entretanto afastado da equipa na sequência dos maus resultados na presente época, recorde-se que com seis jornadas disputadas o GDS Cascais ocupa a 9ª posição com 7 pontos na zona sul da 2ª divisão, depois de na época passada ter falhado o acesso á 1ª divisão no confronto directo com a AA Espinho.

PORTUGAL ESTÁ NAS MEIAS-FINAIS

Portugal goleou a França por 5-0, e está nas meias-finais do III Campeonato do Mundo de Sub-20 que decorre desde o dia 24 de Novembro em Santiago do Chile. Portugal irá defrontar a Argentina que derrotou o Uruguai por igual resultado 5-0, a outra meia-final opõe a Espanha (4-0) á Suiça, ao Chile (3-1) á Itália. Os jogos das meias-finais disputam-se hoje, estando o jogo de Portugal marcado para as 2200 horas (0100 horas em Portugal).

Fonte: Site Oficial

quinta-feira, 29 de Novembro de 2007

NOVAS REGRAS EM ANÁLISE NO CHILE

COMISSÃO TÉCNICA DO COMITÉ EUROPEU VAI APRESENTAR PROPOSTA NA ASSEMBLEIA DO CIRH

Aproveitando a realização do Mundial de Sub-20, o Comité Internacional de Rink-hockey (CIRH) – organismo que tutela o hóquei em patins ao nível mundial – vai realizar uma assembleia geral em Santiago do Chile, onde será apresentada uma proposta do CERH (Comité Europeu) de alteração de algumas regras da modalidade.
O documento em questão elaborado por um grupo de trabalho composto por Portugal, Espanha e Itália vis promover algumas alterações importantes, com o intuito de uniformizar as regras da modalidade em termos mundiais. Os países representados no organismo vão discutir e, eventualmente propor alterações, podendo em última análise submetê-las a aprovação já neste encontro. Isto se todos chegarem a acordo, claro está.
A assembleia terá lugar a 1 de Dezembro, dia da final do Mundial de Sub-20.

PRINCIPAIS PONTOS DO PLANO

* Em caso de cartão azul a equipa fica com menos um jogador por 2 minutos, mas se sofrer um golo neste período pode fazer entrar um novo elemento. Com cartão vermelho fica em inferioridade numérica por 4 minutos.
* Fim dos cartões amarelos
* Após cometer 10 faltas a equipa sofre um livre directo, sanção que se repete, depois a cada 5 infracções cometidas.
* O livre directo tem de ser executado em 5 segundos, a partir de uma posição centrada. Só depois os restantes jogadores podem sair.
* Eliminação das linhas de anti jogo. A linha do meio campo passa a separar a zona atacante da defensiva e a equipa dispõe de 10 segundos para a superar. Pode atrasar a bola, mas dispõe de apenas 5 segundos para voltar ao ataque.

In Jornal Record, edição de 24 de Novembro de 2007

quarta-feira, 28 de Novembro de 2007

MÁRIO SERRA ABANDONA SANTA CITA

A notícia chegou pela manhã, Mário Serra abandona o Santa Cita. O Cartão Azul foi ao seu encontro para saber o que realmente se está a passar.
CA – Boa tarde Mário, hoje pela manhã tive conhecimento que tinhas abandonado o Santa Cita, confirmas a noticia?
MS – Antes de mais, boa tarde Francisco. Relativamente á questão é um facto que já não faço parte dos quadros do Santa Cita.
CA – Que motivos te levaram a tomar essa decisão?
MS – Não me quero alongar muito neste assunto, até por respeito às entidades envolvidas e á instituição Santa cita, mas de uma forma sucinta esta situação resume-se a um confronto de ideias entre mim como treinador dos iniciados e a pessoa responsável pelo hóquei juvenil do clube. Houve um conjunto de situações que não me agradaram, e eu dentro da minha ideologia decidi colocar o meu lugar de treinador de iniciados á disposição. Após análise dos responsáveis, numa reunião que mantivemos, chegámos á conclusão que já não estariam reunidas as condições de trabalho para a minha continuidade á frente da equipa. Dentro desta lógica, e de forma amigável, resolveu-se então que eu não iria continuar a treinar os iniciados de Santa Cita. Eu, derivado á minha maneira de ser e estar no desporto e mais propriamente neste projecto do Santa Cita, achei que já não tinha condições para estar no clube de corpo e alma, e como não consigo trabalhar sem a motivação a que me propus inicialmente, decidi então, apresentar também a minha demissão como treinador adjunto dos seniores de Santa Cita. Foi uma decisão muito difícil de tomar, até pelo facto de estar de alguma forma a desfraldar as pessoas que apostaram em mim e no meu trabalho, como é o caso do Rafael e do Miguel Cunha, mas não poderia agir de outra forma, tendo eu a certeza que agi em consciência e sempre com a noção que seria o melhor, não só para mim, como principalmente para o clube. Não posso deixar passar a oportunidade para agradecer, de forma sentida, a todas as pessoas responsáveis do Santa Cita, pelo carinho e pela hombridade com que sempre me trataram e pela forma como fui acarinhado ao longo destes 3 anos. Para terminar, reafirmo que continuarei a ser um adepto do Santa Cita e da sua vida associativa.
CA – Sais de uma instituição que sempre te ouvi elogiar, que comentários queres tecer a todos os sócios e simpatizantes do Santa Cita?
MS – Antes de falar dos sócios e simpatizantes, não posso deixar de falar daqueles que por todas as razões me fizeram sentir realizado desde o primeiro minuto, e falo dos miúdos e das pessoas com quem trabalhei directamente. Foi uma experiência espectacular para mim ter a honra de trabalhar, primeiro com pessoas fantásticas e sempre disponíveis, como foi o caso do Srº. Marrucho, do Ernani, do Miguel Cunha, do Rui Oliveira, do Rafael e do Rui Pedro, mas principalmente com um grupo de miúdos fantásticos, sempre com uma disponibilidade e humildade inesgotáveis. Tenho a certeza, que com a ajuda e colaboração de todos, deixei ali um grupo, que concerteza com muito trabalho, irá ter grande sucesso no Futuro. Relativamente aos sócios e simpatizantes, não querendo fazer distinção, não posso deixar de referenciar o nosso “ velho Zé Almeida “ uma pessoa inigualável. Resta-me contudo, agradecer a todos aqueles que de uma forma ou outra, ajudaram á minha adaptação no clube e deixar-lhes uma mensagem de carinho e afecto, dizendo-lhe que a amizade vai muito além do desporto e que estarão para sempre no meu pensamento.
CA – E agora onde vamos voltar a ver o Mário Serra ligado ao hóquei, ou vai dedicar-te de corpo e alma á família e claro ao MSJ7?
MS – Espero que em breve, aliás, ligado ao hóquei vou estar sempre de uma forma indirecta, mas o hóquei é a minha paixão e faz parte da minha vida. Obviamente, que agora com mais tempo disponível, vou desfrutar de mais uma horas em casa com o afecto do meu filho e da minha mulher e muito provavelmente aproveitar para fazer o curso de treinador. Mas como apaixonado pela modalidade, vou continuar a acompanhar, não só o Santa Cita e o União, dois clubes pelo qual nutro enorme carinho, mas sobretudo todos os jogos e notícias dos clubes da nossa região.
CA – Obrigado Mário e felicidades para a vida futura e fica no ar a ideia de uma entrevista lá para o final da época, para falarmos mais a frio da tua passagem por Santa Cita e dos planos para o futuro.
MS – Obrigado eu Francisco pelo teu interesse nesta situação e agradeço o facto de me teres contactado antes de publicares a noticia, o que geralmente, quando não acontece, cria situações e comentários desapropriados e sem conhecimento de causa por parte dos leitores.

PORTUGAL DESILUDE FRENTE AO CHILE

Depois de dois resultados volumosos contra adversários menos cotados, Portugal perdeu no primeiro teste contra um dos candidatos á vitória final. A equipa lusa não conseguiu levar de vencida o Chile que perante o seu publico bateu sem apelo nem agravo os comandados de Luís Sénica por 4-1. Com este resultado Portugal ficou em 2º lugar no grupo e irá defrontar a selecção Francesa dia 29 pelas 2200 Horas (0100 de dia 30 em Portugal). Portugal terá que fazer muito mais se quiser continuar a sonhar com o titulo tendo em conta que os gauleses são uma forte equipa, e que o hóquei francês tem vindo a evoluir bastante neste últimos anos.


Foto: Site Oficial

terça-feira, 27 de Novembro de 2007

VITOR HUGO EM ENTREVISTA

O hóquei está uma desgraça”

Porquê esta nova experiência no Pasteleira?
- Estou aqui para me divertir, para me cansar um bocadinho, gastar energias e tentar motivar um grupo de trabalho que paga para jogar e treina quando pode. Muitas vezes não temos atletas para fazer treinos. Mas é pelo hóquei em patins. Jogo por divertimento. Treinamos às 11 da noite quando o pavilhão está disponível.
Como está o hóquei nacional actualmente?
- Gostei muito do Sp. Tomar, mas o hóquei em patins está uma desgraça. Quando um atleta com 44 anos ainda é o melhor marcador da equipa, e só jogou três jogos, está tudo dito. Acho que há falta de valores. Hoje “bate-se” muito. A parte técnica, pelas regras ou por isto, ou por aquilo, ficou para trás. Como é possível que a Oliveirense consiga ter três jogadores com 30 e muitos anos ao mais alto nível. Em termos técnicos não vejo ninguém que consiga estar ao mesmo nível desses jogadores mais velhos. Joga-se muito em termos físicos e tácticos. Não aparecem os tais jogadores diferentes que muitas vezes viravam o resultado de um lado para o outro. Falando de Tomar, tenho pena que o Capitolino não esteja a treinar uma equipa, pois era capaz de pôr os jogadores a treinar de forma diferente. Falta gente que forme os miúdos, que promova a parte técnica. A mim só me deram o setique quando tinha três anos de patinagem. Actualmente um miúdo começa a patinar e dão-lhe logo o setique. Há técnicas que não se apuram por precipitação e má formação.
Então o que é preciso mudar?
- Tentar, sob a égide da Federação, nomeadamente do Director Técnico Nacional reunir todos os formadores a nível nacional num colóquio, em vez de andarem a fazer cursos da tanga. É preciso fazer colóquios e chamar antigos atletas. Os “Clinic’s” que se fazem não chegam, porque é apenas uma semana por ano. Grande parte dos treinadores da 1ª Divisão são guarda-redes, e não estou a pôr em causa a sua competência, mas têm certamente uma visão diferente da modalidade. Como é possível que não se ganhe nada desde 2002, nem a Taça Latina, nem o Europeu de Juniores. O último fui eu que o ganhei, em Alcobaça e sem curso nenhum. Mas não fui eu que ganhei, foram os jogadores.
Como vê a renovação da Selecção principal?
- Eu também afastei muitos jogadores: Tó Neves, Vítor Fortunato, Paulo Alves…Em três anos observei 40 jogadores. No torneio de Montreux e na Taça Latina levei sempre gente jovem. A Selecção que está agora tem um percurso de seis anos. Desde 2001 que andam nas selecções nacionais. Em 2002/2003 um indivíduo que não tem curso ganhou o que ganhou e outros indivíduos que tem cursos de treinadores, que estão á frente da associação de treinadores, que fazem a formação, têm os resultados que têm. Há uma base de formação muito estereotipada em termos tácticos. Fomos atrás da Espanha, só que eles têm uma vantagem enorme, pois já tem essa base há 30 anos e foram apurando aquilo que tinham. Nós, para além de estragarmos aquilo que tínhamos, fizemos uma cópia barata do que os espanhóis fazem. Nós temos um tipo de hóquei diferente do hóquei espanhol. Gostei imenso dos avançados do Sp. Tomar (Pedro Silva e Esteves). Gostava imenso de um dia poder treiná-los. Quem me dera que houvesse mais atletas assim espalhados por aí para se poderem formar e fomentar.

In Jornal Cidade de Tomar, edição de 23 de Novembro de 2007

Foto: Blog Patins Lover

CARTÃO AZUL ATINGE NOVO MÁXIMO

No dia em que ultrapassou a barreira das 400 visitas diárias (404) e mais de 550 páginas visitadas o Cartão Azul atingiu também o 3º lugar no Ranking “Shiny Stat” para a categoria “Sport/Other”. Perante este resultado só me resta agradecer a todos aqueles que fazem deste blog sua visita diária no que concerne a informação sobre hóquei em patins. Obrigado

Fonte: Shiny Stat

segunda-feira, 26 de Novembro de 2007

PORTUGAL "BRINDA" INGLATERRA COM 12-0

Portugal soma e segue neste III Campeonato Mundial de Sub-20, hoje foi a vez da Inglaterra ser brindada com um expressivo 12-0 e assim sendo Portugal tem actualmente um goal-avarege de 59-0, ou seja um empate serve para garantir o primeiro lugar do grupo C. Portugal defronta amanhã a equipa da casa o Chile em jogo com inicio marcado para as 2100 horas (0000 horas em Portugal).


Foto: Site Oficial

ESPAÇO ABERTO

QUEM TEM MEDO DO MIÚDO?

Valério Silva, 8 anos, Benjamin do União Futebol do Entroncamento anda a incomodar responsáveis de outros clubes, que têm vindo a fazer "queixinhas" pelo facto da inscrição do miúdo ainda não ter dado entrada na A.P.R. O mesmo se deve ao facto de só na última semana (e pela razão de poucos médicos fazerem os exames obrigatórios para a prática da modalidade) o clube ter conseguido que uma carrinha de medicina desportiva viesse ao clube pela 2ª vez esta época fazer exames ( na 1ª o jogador encontrava-se de férias). Tem treinado e jogado com autorização dos pais, que lhe fizeram um seguro de acidentes pessoais e para comprovar a idade do miúdo o clube tem apresentado o B.I. É certo que o jogador ainda não está inscrito, mas já este ano o UFE jogou com equipas que nem um único cartão apresentou...

Campeonite no escalão de Benjamins onde o nome da prova diz tudo " Convívio Distrital"!!(?)... e será correcto inscrever duas equipas e apresentar 6 jogadores nos jogos? Será correcto utilizar guarda-redes infantis no escalão de Benjamins? Será correcto haver jogos em que nem boletim se faz? Será correcto meter miúdos a apitar miúdos? Tanta coisa que não é correcta... mas que ninguém diz nada! Verdade verdade é que o miúdo incomoda! Irradie-se a criança!!

Já agora a inscrição do miúdo vai dar entrada na Associação...

Fonte: Blog União FE

domingo, 25 de Novembro de 2007

NACIONAL DE JUVENIS - RESULTADOS

Disputou-se ontem a 2ª jornada do Nacional de Juvenis 07/08, e a equipa da SFG Pais não conseguiu dar continuidade ao resultado da 1ª jornada e foi derrotada em casa pelo HC Sintra por 4-0, de salientar que a equipa de Sintra ainda não sofreu qualquer golo este campeonato. Destaque para o Alenquer que foi vencer a Turquel por 5-4 e assim soma por vitórias os jogos disputados.

ACADÉMICO FC ACABA COM O HÓQUEI SÉNIOR

O Académico FC acabou com a sua equipa de séniores que disputava o Nacional de 2ª divisão zona Norte, ontem á noite já não realizou o jogo referente á 6ª jornada em que recebia o Académico da Feira. Não são ainda conhecidas as razões que levaram á esta tomada de decisão por parte dos responsáveis do clube, no entanto lamenta-se mais esta desistência.

O ACADÉMICO FUTEBOL CLUBE é um clube desportivo localizado na cidade do Porto em Portugal, que foi fundado em 15 de Setembro de 1911.

A origem do Clube que hoje se denomina Académico Futebol Clube - A.F.C. - remonta ao início do século XX, quando um Grupo de Estudantes, essencialmente provenientes do Liceu Alexandre Herculano e que se reunia desde 1909, deu origem em 15 de Setembro de 1911 - data oficial da formação do clube - ao Académico F.C.

Excerto do texto publicado na Wikipédia sobre o Académico FC

PORTUGAL "CILINDRA" EQUADOR

Portugal não sentiu qualquer tipo de dificuldade e iniciou o Mundial a vencer o Equador, por 47-0, não é engano o resultado final dos pupilos de Luís Sénica foi mesmo esse 47-0. O jogo que não passou de um simples treino de grau de dificuldade nulo resume-se apenas aos golos e só aos golos. No outro jogo do grupo a equipa do Chile a jogar perante o seu publico venceu por 8-0, naquele que foi o jogo inaugural desta III edição do Mundial de Sub-20. Portugal volta a jogar amanhã dia 26, pelas 1600 horas locais (1900 em Portugal) frente á Inglaterra.

Foto: Site Oficial

RESULTADOS DIA 24/11/07

Mais uma jornada menos positiva para as equipas ribatejanas 7 jogos, 1 vitória, 1 empate e 5 derrotas. Em Ourém e depois da vitória a semana passada a Juventude Ouriense voltou a sair derrotada e desta vez por 6-3. Na 2ª divisão zona norte as esperadas dificuldades do SC Tomar vieram a confirmar-se e com elas a derrota por 2-1, na zona sul o União foi vencer a Vialonga por 4-3 e continua a senda das vitórias. Na 3ª divisão série B a SFG Pais ainda não foi desta que conseguiu vencer e perante a equipa de Oliveira de Azeméis saiu derrotada por 2-1, na série C o Santa Cita recebeu um dos candidatos o BIR e acabou por conseguir um empate, no entanto resultado lisonjeiro para os comandados de Rafael Oliveira, os Corujas viajaram até á Madeira e perante o São Roque averbaram mais uma derrota 5-1, o Rio Maior que recebeu o candidato Vilafranquense saiu vergado a uma pesada derrota 8-0.

1ª DIVISÃO – 11ª Jornada
1800 Horas – J. Ouriense 3 – J. Viana 6

2ª DIVISÃO – ZONA NORTE – 6ª Jornada
2100 Horas – CD Norteccope 2 - SC Tomar 1
2ª DIVISÃO – ZONA SUL – 6ª Jornada
1800 Horas – GD Vialonga 3 - União FE 4

3ª DIVISÃO – SÉRIE B – 6ª Jornada
1900 Horas – SF Gualdim Pais 1 - Escola Livre 2
3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 6ª Jornada
1800 Horas – ACR Santa Cita 4 – BIR 4
1830 Horas - GD Estreito 5 - GC “Os Corujas” 1
2000 Horas - CN Rio Maior 0 - UD Vilafranquense 8

sábado, 24 de Novembro de 2007

MUNDIAL DE JUNIORES - OPINIÃO

No dia em que começa o Campeonato Mundial o Cartão Azul publica a ultima opinião das figuras ligadas ao hóquei.

1. Quais os favoritos á vitória do Mundial de Sub-20 no Chile?
O vencedor vai ser um destes 3, Espanha, Portugal ou Argentina. Tenho muita esperança que seja a nossa Selecção. O Chile pode ser a surpresa da competição.

2. Como antevê a participação Portuguesa?

Vai ser uma prestação positiva, é uma selecção que trabalha junta com o Prof. Sénica há bastante tempo, conhecem-se muito bem; muitos deles já foram campeões da Europa, quase Bi-Campeões Europeus no Europeu de Sesimbra, onde faltou a tal estrelinha, que espero esteja com a selecção agora no Chile. Muitos jogadores já alinham ao nível Sénior nas suas equipas, onde o nível de exigência é bastante elevado, por isso julgo termos equipa para o Título, embora qualquer lugar no pódio já se possa considerar positivo.

3. De entre os eleitos do Prof. Luís Sénica, se pudesse escolher, qual seria o cinco base?

O Professor Luis Sénica conhece estes jogadores como ninguém. E será ele que terá a difícil tarefa de escolher o tal 5 base, mas penso que numa competição destas não será isso o mais importante; pois todos os 10 estão preparados para

jogar de início ou entrar para ajudar a selecção. Eu particularmente, e deste o Inter-Regiões de iniciados em Sesimbra que fiquei com quatro jogadores na retina, o Daniel Coelho do Barcelos, o João Rodrigues e o Pestana do Paço de Arcos e o Chiquinho do Benfica, brilhantes jogadores.


Professor Carlos Filipe, preparador fisico dos séniores, treinador das escolas do União FE

MUNDIAL DE JUNIORES - LUÍS SÉNICA

«EQUIPA TEM VONTADE DE SER BEM SUCEDIDA»

Portugal inicia hoje a luta pelo título mundial sub-20, frente ao Equador (às 23.30 portuguesas), com a determinação de “ir o mais longe possível”, conforme confidencia o seleccionador nacional, Luís Sénica. Os jovens portugueses estão no Chile (sede da competição) desde domingo, a ultimar a preparação para este Campeonato do Mundo.
“Primeiro queremos vencer o nosso grupo, depois logo se vê. A prova vai já na terceira edição, mas esta é a primeira vez que conta com a participação de todas as «potências», sublinha o treinador nacional. Portugal é considerado favorito, como também são a Argentina, Espanha, Chile e Itália.”
Seja como for, o moral entre a comitiva (que já trabalha neste objectivo há quatro semanas) é elevado, e por isso Sénica acredita que os jovens portugueses têm condições para chegar ao objectivo. “Esta equipa tem grande vontade de participar e de ser bem sucedida. Os jogadores estão muito motivados”, afiança o técnico.

In Jornal Record, edição de 24 de Novembro de 2007

MUNDIAL DE JUNIORES - SONDAGENS

O Cartão Azul publica hoje dia do arranque da III edição do Campeonato do Mundo de Sub-20 a ser disputado em Santiago do Chile, o resultado de uma sondagem feita aos nossos visitantes, sobre qual seria o vencedor do certame. Entre os 126 votantes, a selecção Portuguesa teve o maior numero de votos 59 (47%), seguida das selecções Argentina e Espanhola ambas com 19 votos (15%).

sexta-feira, 23 de Novembro de 2007

MUNDIAL DE JUNIORES - CHILE 2007

Têm inicio amanhã pelas 1730 horas locais o III Campeonato Mundial de Sub-2o que este ano terá lugar em Santiago do Chile. O Grupo C onde estão incluidas as equipas da casa e Portugal darão a sticada de saída, assim a equipa anfitriã defronta a Inglaterra pelas 1900 horas e a equipa lusa entrará em acção pelas 2030 frente ao debutante Equador.

(clique na imagem para ampliar)

AGENDA PARA DIA 24/11/07

Disputa-se amanhã mais uma jornada dos nacionais e a equipas ribatejanas entram em acção, excepção feita aos “Tigres” que folgam, em busca de resultados positivos. Na 1ª divisão a Juventude Ouriense recebe em casa a Juventude de Viana, depois da vitória no sábado passado a equipa de Jorge Godinho irá em busca da 2ª vitória nesta fase. Na 2ª divisão o SC Tomar desloca-se á Maia para defrontar um dos candidatos á subida o sempre difícil Nortecoop, a sul o União depois da vitória frente aos Lobinhos viaja até Vialonga para tentar continuar na senda das vitórias. Na 3ª divisão série B a SFG Pais recebe no Pavilhão Municipal de Tomar a Escola Livre de Oliveira de Azeméis num jogo de grau de dificuldade elevado. Na série C antevê-se dificuldades acrescidas para as equipas ribatejanas, o Santa Cita defronta o BIR, será o reeditar da pré-eliminatória da Taça de Portugal onde a equipa de Rafael Oliveira levou a melhor, os Corujas viajam até á Madeira para defrontar o Estreito e por fim o Rio Maior recebe o Vilafranquense.

1ª DIVISÃO – 11ª Jornada
1800 Horas – J. Ouriense – J. Viana

2ª DIVISÃO – ZONA NORTE – 6ª Jornada
2100 Horas – CD Norteccope - SC Tomar
2ª DIVISÃO – ZONA SUL – 6ª Jornada
1800 Horas – GD Vialonga - União FE

3ª DIVISÃO – SÉRIE B – 6ª Jornada
1900 Horas – SF Gualdim Pais - Escola Livre
3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 6ª Jornada
1800 Horas – ACR Santa Cita - BIR
1830 Horas - GD Estreito - GC “Os Corujas”
2000 Horas - CN Rio Maior - UD Vilafranquense

NACIONAL DE JUVENIS - 2ª JORNADA

Disputa-se amanhã a 2ª jornada do Nacional de Juvenis, a SFG Pais após a vitória frente ao Sporting CP na 1ª jornada, recebe o HC Sintra que venceu por uns expressivos 10-0 o HC Turquel. Estão assim lançados os dados para um excelente jogo entre os lideres da série C que tem o seu inicio marcado para as 1500 Horas no Pavilhão Municipal de Tomar, sob a arbitragem do ribatejano Manuel Marques.

quinta-feira, 22 de Novembro de 2007

ENTREVISTA DA SEMANA

Alvo de uma barbara agressão durante o jogo Algés – Sporting CP, que o levou á sala de operações em virtude da fractura dos ossos próprios do nariz com afundamento da vertente direita, Fábio Vicente capitão da equipa júnior encontra-se em fase de recuperação prevendo-se que volta em breve aos treinos e a médio prazo á competição. O Cartão Azul falou com o jovem atleta leonino acerca do sucedido e dos seus objectivos para a época em curso.
CA – Boa noite Fábio, como está a ser a recuperação após a intervenção cirúrgica?
FV – De momento encontro-me em recuperação e á espera para ver durante quanto tempo, mas penso que pelo facto de a operação ter sido bem sucedida que dentro em breve vou voltar a fazer o que o mais gosto, que é jogar hóquei.
CA – Quando terás autorização dos médicos para voltares aos treinos e como será essa integração até voltares de novo á competição?
FV – Dentro de uma ou duas semanas voltarei a estar a cem por cento para a competição. Até lá ainda terei de perder um certo receio de jogar que criei depois do que me sucedeu, e disputar todos os lances do jogo. Mas penso que isso é plenamente superável e que vai ser apenas uma questão de tempo até que essa recuperação seja feita.
CA – Vais ter de usar uma máscara de protecção, ou outro artefacto para os primeiros tempos, ou será que vamos (agora um pouco em tom de brincadeira) ter um Fábio com um visual diferente durante a presente época até a estrutura óssea estar completamente consolidada?
FV – Sim, claro. Nos próximos dois meses terei de usar uma máscara de protecção para a cara até que a minha estrutura óssea esteja totalmente solidificada. Apenas nessa altura deverei voltar a jogar sem utilizar esse tipo de protecção, pois não quero que me volte a acontecer tal acidente, nem o desejo a qualquer atleta de hóquei em patins ou de outra modalidade.
CA – Agora que já te encontras numa fase de recuperação, e que a operação foi um sucesso, queres recordar o lance?
FV – O lance foi bastante complicado, mas resume-se a uma queda minha junto do atleta do Algés, e no momento que eu tentava proteger a minha cara, esse atleta cai no chão e, na minha opinião de forma voluntária, pontapeia-me no rosto, razão pela qual resultou a minha fractura.

CA – Segundo o que temos lido no Blog do Hóquei do SCP e em alguns comentários de pessoas directamente ligadas ao clube, ainda não existiu por parte do atleta do Algés nem do próprio clube um pedido de desculpa, ou tentativa de esclarecimento da situação. Confirmas esta versão, ou o atleta, ou o clube ou ainda ambos já entraram em contacto contigo para saber da tua situação clínica?
FV – Infelizmente confirmo essa versão. Desde o dia do acidente nem o clube nem o próprio atleta tentaram qualquer tipo de contacto, não tendo existido por isso qualquer pedido de desculpa ou de esclarecimento do sucedido. No entanto quero desde já agradecer o apoio que a massagista do Algés me ofereceu fora de ringue enquanto aguardava pela chegada da ambulância.
CA – Mudando de assunto, quais os teus objectivos para a presente época?
FV –Para esta época espero que a nossa equipa consiga atingir o seu maior objectivo, que é ser campeã distrital.
CA – Sendo a vossa equipa toda de primeiro ano, ou praticamente toda, pensas que esta época vai servir como ano zero, para sim na próxima época tentarem o assalto ao título distrital e consequente subida aos nacionais?
FV – Penso que não. A nossa equipa possui bastante qualidade e tem o que é preciso para levar de vencidas as restantes equipas, algo que temos vindo a mostrar cada vez mais ao longo da competição. Continuaremos a trabalhar arduamente para conseguirmos alcançar o nosso objectivo a todo o custo e penso que no final, com o esforço de todos os atletas e das pessoas que se encontram por detrás de todo o grupo de trabalho esse grande objectivo será conseguido.
CA – Fábio, obrigado pela disponibilidade, votos de rápidas melhoras e que em breve possamos ver-te de novo a jogar ao mais alto nível, e o espaço fica aberto para alguma mensagem que queiras enviar aos adeptos da modalidade em geral e do Sporting em particular, e claro aos visitantes do Cartão Azul.
FV – Quero agradecer a toda a família sportinguista e a todas as pessoas que me têm apoiado na recuperação e fazer um apelo a todos para que continuem a apoiar o hóquei em patins, para que esta modalidade continue a ser uma das mais atractivas no nosso país.

Cortesia

MUNDIAL DO CHILE - CURIOSIDADES

A Selecção da África do Sul que irá participar no Mundial de Sub-20 que amanhã começa em Santiago do Chile tem uma particularidade, é composta por 9 atletas luso-descendentes e um de descendência espanhola:
- Tiago Amaral, Daniel Teixeira, Raúl Gutierrez, Nicholas de Sousa e Renato Guerra (União CRD Portuguesa)
- Filipe Carvalho, Marco Ferreira, Ricardo de Sousa (cap) e Geovani Oliveira (ACP Pretoria)
- Jean Paul Marques (APF Vanderbijlpark).

A selecção Sul Africana está no grupo B conjuntamente com a Espanha, Angola e Colômbia

MUNDIAL DE JUNIORES - OPINIÃO

O Cartão Azul publica hoje mais três opiniões acerca da participação portuguesa no Mundial do Chile. As questões são as seguintes:
1. Quais os favoritos á vitória do Mundial de Sub-20 no Chile?
2. Como antevê a participação Portuguesa?
3. De entre os eleitos do Prof. Luís Sénica, se pudesse escolher, qual seria o cinco base?
1. O vencedor deste mundial sub 20 sairá do lote de selecções formado por Portugal, Argentina e Espanha.
2. Espero que seja positiva como é óbvio! Para nós Portugueses, só será positiva se vencermos. A Selecção nacional de Portugal assim nos habitou! Mas estou curioso por ver a prestação da nossa selecção! Não pela qualidade dos jogadores, nem da equipa técnica, mas pela qualidade de jogo que Portugal irá apresentar! É triste olhar para uma selecção de sub 20, e ver que só 2-3 jogadores podem pontualmente aparecer a jogarem na 1ª divisão! Será que é culpa dos treinadores que não apostam em jovens com valor?
3. Em relação ao 5 inicial, não é uma questão muito importante. Actualmente, para os treinadores, é uma questão que depende de muitos factores, como por exemplo as características do adversário! Aceito que ainda mexa um pouco na cabeça dos jogadores, mas a nível da equipa técnica não! Para mais sendo uma equipa homogénea.
Jorge Godinho, treinador-jogador da Juventude Ouriense

1. Como em todas as competições internacionais ao nível de Selecções, o favoritismo recai sobre as grandes potências do Hóquei em Patins, Portugal, Espanha, Itália, Argentina. Mas, também sabemos que em todas as provas aparecem selecções que podem surpreender por vários motivos, neste caso o factor casa pode dar uma motivação extra à selecção da casa, o Chile.
2. A participação portuguesa será positiva, independentemente dos resultados não nos podemos esquecer que estamos a falar de jovens que estão no seu processo de crescimento e formação desportiva é natural que as emoções por vezes sejam inimigas do seu desempenho. É certo, que os jovens portugueses tudo vão fazer para chegar ao fim e serem os primeiros.
3. Não posso escolher porque não sou o seleccionador, as escolhas do seleccionador merecem da nossa parte toda a confiança e respeito, todos os atletas têm que estar motivados e preparados para a competição e seria injusto para quem não visse aqui o seu nome escolhido! Para mim, todos os jogadores que estão lá são a base com a qual o seleccionador pode contar e todos vão ajudar a alcançar o objectivo que os responsáveis definiram para esta prova.
Para todos os responsáveis e atletas da Selecção Portuguesa o meu voto de confiança, sorte e coragem.
Carlos Pires, treinador do Porto Santo Hóquei SAD

1. Espanha, Portugal e Argentina.
2. A equipa portuguesa tem um colectivo forte, que trabalha já há alguns anos sob a mesma orientação técnica favorecendo-a. Prevejo um mundial de alto nível.
3. Na minha qualidade de técnico, só posso apoiar as escolhas do Prof. Sénica, porque é ele que trabalha diariamente com os atletas e tem conhecimento dos que poderão dar melhores garantias de performance para a selecção. Todas as possíveis escolhas seriam subjectivas da minha parte.
Professor João Lapo, técnico de Hóquei em Patins, Seleccionador da AP Porto

quarta-feira, 21 de Novembro de 2007

MUNDIAL DO CHILE - OPINIÃO

Na sequência do acompanhamento do Mundial de Sub-20 que terá lugar em Santiago do Chile entre os dias 24 de Novembro e 01 de Dezembro, o Cartão Azul colocou três questões a várias pessoas ligadas ao hóquei em patins português e publica agora os resultados. As questões colocadas foram as seguintes:

1. Quais os favoritos á vitória do Mundial de Sub-20 no Chile?
2. Como antevê a participação Portuguesa?
3. De entre os eleitos do Prof. Luís Sénica, se pudesse escolher, qual seria o cinco base?
1. Para mim, os favoritos são: Argentina, Espanha, Portugal e Chile. Depois haverão outras selecções que poderão “estragar a festa” a alguém, como a Itália, França ou Suiça. Acho uma pena, que Brasil, Itália, França e Alemanha estejam no mesmo grupo de qualificação, pois são selecções de valor muito igual.
2. Penso que Portugal, conseguirá a motivação necessária quando defrontar algum dos outros grandes candidatos ao título, para poder discutir o resultado até ao fim. Esta é uma selecção que já vem sido a ser construída há vários anos. No entanto, para o rigor defensivo e ofensivo que Argentina e Espanha apresentam, será necessário que Portugal mantenha a concentração e a disciplina táctica, que o Prof. Luis Sénica lhes peça antes e durante todo o jogo. Porque os erros se pagam muito caro. Não esqueçamos também o Chile, que penso que juntamente com a Argentina, foram as equipas que tiveram mais tempo de preparação. A jogar em casa o Chile não vai facilitar a vida a ninguém.
3. Em relação ao que vi no Europeu de Juvenis de 2004, em que faziam parte da selecção a grande maioria destes jogadores, a equipa inicial, não deverá andar muito longe de Ângelo Girão; Nuno Araújo, Daniel Coelho, Diogo Rafael e Diogo Oliveira. Mas qualquer dos jogadores escolhidos, poderão sem nenhum problema fazer parte do cinco inicial. A Rotatividade poderá ser também a chave do sucesso do futuro campeão. Desejo as maiores felicidades a toda a nossa selecção e que como se diz na gíria, nos “tragam o caneco”.

Pedro Antunes, ex-Seleccionador da Suiça Juniores (2000-2006), actual treinador da Juventus Montreux, Suiça.

1. Sem menosprezar a França Suiça e Itália, entendo que as potenciais, candidatas são, Argentina, Chile, Portugal e Espanha, sendo esta ordem aqui exposta aleatória o que quero dizer é que qualquer uma pode ganhar, o Chile também é candidato pela sua qualidade, mas principalmente porque joga em casa.
2. Antevejo uma boa participação de Portugal, porque temos um conjunto de jogadores muito experiente não só ao nível de selecção, como também de alto nível nos seus clubes, como tal temos garantias de uma boa participação, o ganhar estará sempre dependente das condicionantes da própria competição, agora uma coisa é certa, recuperámos o atraso nas camadas jovens em relação aos Espanhóis e Argentinos e outros e estando estas selecções todas ao mesmo nível, qualquer uma pode ganhar, mas que estamos ao mesmo nível e por isso podemos ganhar é verdade.
3. Ninguém conhece melhor estes atletas que o Professor Luís Sénica, só mesmo os treinadores dos atletas nos clubes e não são todos, portanto qualquer escolha que seja feita será feita em consciência e baseada em dados de conhecimento muito grandes, estar a falar num 5 base é relativo e especulativo, porque todos são importantes num jogo não importa se no seu inicio se no meio do jogo se ao fim, até porque como temos um leque de atletas de características distintas, entendo também que as escolhas para iniciarem os jogos e para qualquer altura das partidas será sempre feita em função das características do adversário e não porque um é melhor que outro, por isso digo que falar num cinco base é relativo, é especulativo e é injusto.

Rafael Oliveira, Seleccionador Nacional Feminino, Treinador da ACR Santa Cita

1. Como sempre Portugal e Espanha
2. Positiva como sempre
3. Não os conheço mas João Rodrigues deve ser 1 dos eleitos sim

Luís Duarte, treinador do FC Parede, Seleccionador Distrital AP Lisboa Inter-regiões 07

Nota: O Cartão Azul irá publicar as opiniões de outras figuras do hóquei consoante as mesmas forem chegando á redacção.

terça-feira, 20 de Novembro de 2007

AJUDA O HÓQUEI MOÇAMBICANO

Caros amigos e praticantes de Hóquei em Patins temos nas nossas recordações mais longínquas que as primeiras vitórias e glórias na nossa modalidade vieram de uma ex-colónia Portuguesa de seu nome Moçambique.
Quem não se lembra de nomes como Fernando Adrião, Francisco Velasco, Amadeu Bouços, Alberto Moreira, Pedro Flores Cardoso, Manuel Souto entre tantos outros.

A modalidade em Moçambique hoje em dia concentra-se em apenas 4 clubes na cidade de Maputo e sobrevive, na esmagadora maioria dos casos, do enorme apego dos atletas, treinadores e adeptos que de uma forma abnegada tentam manter a muito custo a modalidade no país.

A nível internacional a modalidade tem contado com a ajuda de 4 atletas que estão a chegar ao fim das suas carreiras e que não sabem se irão conseguir continuar a ajudar o país onde nasceram.

Dado este panorama é necessário ajudar o desenvolvimento do Hóquei em Moçambique sendo para isso necessário muito material para equipar futuras escolinhas/clubes de Hóquei.

Assim sendo não estou aqui a pedir que me enviem dinheiro nem que apareça um patrocinador mas sim que aquele material que já não é usado nos vossos clubes ou que já não é utilizado pelos vossos filhos nos seja oferecido. Agradecia que afixassem este pedido nas instalações dos vossos clubes por forma a que o máximo de pessoas possa tomar conhecimento deste nosso apelo.

O Hóquei Moçambicano agradece desde já a todos os que nos têm apoiado. Agradece-mos também a este site pela oportunidade que nos estão a dar na divulgação deste pedido.
Em caso de duvidas contacte Paulo Pereira (Atleta da Selecção Moçambicana), pelo telemóvel 938 468 016, ou por mail: ppereira.sines@gmail.com.
Enviem por favor para:

Paulo Pereira
Av. Prof. Cavaco Silva, 11 – 1C
Ed. Ciência II, Taguspark
2740-120 Porto Salvo

TREINADOR DE BANCADA

AINDA EXISTE FAIR-PLAY

Assisti na minha bancada no passado sábado, no decorrer do União – Lobinhos a uma atitude que se pode louvar e dizer que afinal ainda existe quem jogue o jogo pelo jogo e com “fair play”. Estando o União a vencer por 3-2, numa jogada a meio campo Rui Alves ao disputar a bola com um adversário cai e a bola acaba por ir ter com um jogador dos Lobinhos, que fica isolado para a baliza de Luís Melão mas ao aperceber-se que o Rui Alves estava caído, pára a jogada, perante o desespero do seu treinador e a admiração e espanto do publico. Uma equipa a perder por um golo de diferença e o jogador parte isolado para o guarda-redes e pára a jogada, podendo empatar e quem sabe depois partir para a vitória, inclusive sem saber se realmente o adversário estaria ou não lesionado, mas no beneficio da duvida prevaleceu o bom senso e o tão falado fair-play, que o treinador do Belenenses Jorge Jesus disse no final da Taça de Portugal «ser uma treta». Treta ou não fica a atitude do jogador do GDR Lobinhos que provou ser uma pessoa integra e com consideração pelos princípios básicos da prática desportiva, ao invés do seu treinador que com as manifestações de desagrado que teve no banco de suplentes provou que a sua maneira de estar no desporto na se coaduna com o tão falado fair-play. Para terminar apraz-me dizer:
-O Jorge Jesus afinal tem seguidor ali para o lado de Sintra, mas só a nível de treinador, porque os jogadores, esses têm essa noção interiorizada e aplicam-na.

segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

MUNDIAL DO CHILE - ENTREVISTA A JOÃO RODRIGUES

João Rodrigues, júnior de primeiro ano, actualmente ao serviço dos seniores do Paço de Arcos, é um dos 10 eleitos pelo Prof. Luís Sénica para representar Portugal no Mundial de Juniores que terá lugar em Santiago do Chile a partir de 24 do corrente mês. O Cartão Azul foi ao encontro dele para saber dos objectivos e expectativas para esta competição, e perspectivas para o seu futuro.
CA – Boa tarde João, que objectivos para o Mundial tanto a nível pessoal como colectivo?
JR – Estar presente neste mundial é um sonho que se irá concretizar onde eu espero aproveitar para evoluir e simultaneamente dar o meu contributo para a conquista o título. Tenho consciência que não é fácil, a concorrência é muito forte mas temos os nossos argumentos para contrariar o favoritismo dos outros.
CA – Tu já tens traquejo nestas andanças foste campeão Europeu em 2005 e vice-campeão em 2006, foste eleito o melhor jogador do campeonato e o melhor marcador, agora tens pela frente uma competição mais “adulta” com outros tipos de hóquei nomeadamente o sul americano. Como encaras esta situação e de que forma o Prof. Luís Sénica vos preparou para entre confronto entre estes diferentes tipos de praticar e de estar na modalidade?
JR – Esta selecção é composta por jogadores que do modo geral apresentam uma boa experiência tanto a nível de competições internacionais como nacionais. A esmagadora maioria já disputou diversos campeonatos da Europa. Ao nível interno, grande parte dos atletas já jogam nas equipas seniores dos seus clubes o que garante à partida a experiência necessária para a competição.
CA – É claro que o seleccionador nacional escolheu (na sua opinião) os 10 melhores jogadores actualmente e os que lhe dão mais garantias de sucesso, no entanto conhecendo eu o Diogo Fernandes (FC Porto) como jogador e sabendo que se trata de um atleta de eleição não achas que tinha lugar nesta equipa?
JR – O Diogo é um belíssimo jogador, mas há que ter em conta que cada um de nós possivelmente escolheria uma selecção diferente, e para o Prof. Sénica os 10 eleitos são os que mais garantias lhe dão, temos que respeitar a sua decisão e apoiar incondicionalmente esta selecção.
CA – Durante os dois primeiros estágios, no Luso e em Rio Maior houve um atleta que na altura representava a equipa do União FE, e que agora se transferiu para o Santa Cita de seu nome David Vieira, qual a tua opinião acerca dele enquanto jogador?
JR – É um bom jogador que não deverá desanimar por não estar incluído nos 10 eleitos mas deverá continuar a trabalhar para que no futuro posa merecer a confiança do seleccionador.

CA – Voltando ao Mundial, uma das equipas participantes a Argentina, venceu recentemente a Copa América, achas que são os principais favoritos á vitória final?
JR – Sim, sem dúvida, a Argentina é sempre favorita à partida para as competições, neste caso, o facto desta equipa ter conquistado a Copa América no escalão de seniores vem reforçar esse favoritismo.
CA – Entre os favoritos claro que estão incluídos Portugal e Espanha, achas que das outras selecções poderá existir mais alguma com essa ambição, nomeadamente o Chile a jogar em casa ou o Brasil?
JR – O Brasil apresenta do modo geral boas equipas mas temos poucas referências para podermos avaliar o seu grau de favoritismo. Quanto ao Chile, é a equipa que joga em casa e que apostou forte neste mundial. O factor casa vai ter muita importância dada a paixão que os adeptos chilenos têm pela modalidade, o exemplo disso é o campeonato do mundo de femininos realizado também no Chile onde contrariando todas as apostas, o Chile ganhou a competição.
CA – João, perspectivas para o teu futuro enquanto hoquista, vamos continuar-te a ver com a camisola do Paço de Arcos, ou o salto para outro clube está em embrião e só espera a altura certa, e em caso afirmativo que clube ou clubes gostarias de representar além do teu PA?
JR – Sou muito jovem, tenho ainda um longo percurso de formação pela frente. Não está nos meus planos mudar de clube porque me sinto bem no Paço de Arcos onde sempre joguei.
CA – Jogar fora de Portugal, é uma hipótese em aberto, ou o mesmo não se coaduna com os estudos e perspectivas profissionais futuras?
JR – Um das minhas prioridades é tirar um curso superior pelo que à partida a possibilidade de ir jogar para o estrangeiro não se equaciona antes disso acontecer.
CA – João para terminar fica o espaço em aberto para alguma mensagem que queiras deixar aos amantes da modalidade e aos visitantes do Cartão Azul
JR – Acompanhem a nossa campanha no mundial, contamos com o vosso apoio para conquistarmos o título.

domingo, 18 de Novembro de 2007

NACIONAL DE JUVENIS - 1ª JORNADA

A SFG Pais estreou-se da melhor maneira neste Nacional de Juvenis ao vencer o Sporting CP por um expressivo 4-1, e respondendo da melhor maneira aos críticos que anteviam este jogo como "uma derrota anunciada", realce também para o HC Sintra que goleou sem apelo nem agravo o HC Turquel por dez golos sem resposta. Na próxima semana há jogo grande em Tomar entre a SFG Pais e o HC Sintra.

NACIONAL DE JUNIORES - 2ª JORNADA

A J. Ouriense empatou 2-2 no sempre difícil Pavilhão do SC Marinhense, com este resultado a equipa de Jorge Godinho assegura o 2º lugar. Na próxima jornada que se realizará dia 09 de Dezembro em virtude da paragem pelo facto de se ir disputar o Mundial no Chile entre 24 de Novembro e 01 de Dezembro a equipa de Ourém desloca-se a Turquel.

RESULTADOS DIA 17/11/2007

E ao dia 17 do mês de Novembro as vitórias chegaram a Ourém e ao Entroncamento, 4 vitórias, 1 empate e 1 derrota foi o saldo deste sábado para o hóquei Ribatejano. Na 1ª divisão a Juventude Ouriense levou de vencida o H.A Cambra e ganhou assim alento para o que ainda falta jogar nesta 1ª fase. Na 2ª divisão zona norte, o SC Tomar recebeu e venceu facilmente o Pasteleira, mantendo-se nos lugares cimeiros a 2 pontos da liderança, na zona sul o União com uma exibição pouco conseguida venceu os Lobinhos por 4-3 e deixou os últimos lugares. Na 3ª divisão série B a SFG Pais continua sem vencer e desta vez foi derrotada em Pessegueiro do Vouga pela margem mínima 4-3, na série C o Santa Cita passeou pela Madeira e venceu por uns expressivos 7-2 o São Roque, os Tigres viajaram até Peniche e empataram 5-5 depois de terem estado a vencer por 5-2 um resultado que para já não serve a nenhuma das equipas, em Coruche o jogo entre os Corujas e o União Micaelense não realizou em virtude da SATA não ter assegurado a chegada dos equipamentos ao aeroporto da Portela ao mesmo tempo que a equipa, afinal um caso que já não é virgem no nosso hóquei.
Realiza-se hoje em Rio Maior o jogo em atraso referente á 3ª jornada entre o CN Rio Maior e o União Micaelense.

1ª DIVISÃO – 10ª Jornada
1800 Horas – J. Ouriense 3 - H.A Cambra 1


2ª DIVISÃO – ZONA NORTE – 5ª Jornada
1800 Horas – SC Tomar 10 - ADR Pasteleira 2
2ª DIVISÃO – ZONA SUL – 5ª Jornada
1800 Horas – União FE 4 – GDR “Os Lobinhos” 3


3ª DIVISÃO – SÉRIE B – 5ª Jornada
2100 Horas – ACR P. Vouga 4 - SF Gualdim Pais 3
3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 5ª Jornada
1800 Horas – C Stella Maris 5 - HC “Os Tigres” 5
1600 Horas – CD São Roque 2 - ACR Santa Cita 7
2000 Horas – GC “Os Corujas” - CU Micaelense *

* Não se realizou por falta da bagagem do União Micaelense á chegada ao Aeroporto da Portela.

18 de Novembro de 2007
3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 3ª Jornada
1800 Horas - CN Rio Maior - CU Micaelense

sábado, 17 de Novembro de 2007

NACIONAL DE JUNIORES - JO vs SCM

Depois da vitória sobre a AA Coimbra, a equipa da J. Ouriense desloca-se até á Marinha Grande para defrontar o Sporting local.

ARBITROS RIBATEJANOS DIRIGEM JOGOS GRANDES

Carlos Fagulha e Manuel Marques ambos árbitros do quadro do CRAHP Ribatejo foram nomeados para dirigir os jogos mais “escaldantes” da 3ª Divisão série C, sendo assim em Valado de Frades no jogo que opõe um dos sérios candidatos á subida o BIR e o líder HC Lourinhã será dirigido por Carlos Fagulha, em Peniche jogam o Stella Maris e o HC “Os Tigres”, duas equipas que espreitam os lugares que dão acesso á subida será dirigido por Manuel Marques. De salientar que estes árbitros formam uma das duplas do Ribatejo e que no sábado passado dirigiram o derby AD Oeiras – HC Sintra tendo efectuado uma arbitragem á altura do encontro.

sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

AGENDA PARA DIA 17/11/2007

Aí está mais um sábado cheio de hóquei no Ribatejo, de Coruche a Ourém passando pelo Entroncamento e Tomar. Na 1ª divisão a Juventude Ouriense recebe o H.A Cambra no Pavilhão do Pinheiro e perante o seu publico vai tentar a primeira vitória e começar a subir na tabela classificativa. Em Tomar e para a 2ª divisão zona norte o Sporting local recebe o Pasteleira num jogo teoricamente acessível, na zona sul o União recebe no Pavilhão Albano Mateus os “Lobinhos” e depois da boa exibição frente ao Paço de Arcos, só pode pensar na vitória. Na 3ª divisão série B a SFG Pais regressa ao Pavilhão do Pessegueiro do Vouga onde esta época já jogou para a Taça de Portugal, na série C não se antevêem facilidades para as equipas ribatejanas, os “Tigres” vão a Peniche defrontar o sempre difícil Stella Maris, o Santa Cita desloca-se á Madeira para defrontar o São Roque num jogo que para além das dificuldades causadas pela equipa madeirense ainda há as dificuldades próprias do recinto e por fim os “Corujas “ recebem o União Micaelense, uma equipa a ter em conta na discussão da série.

1ª DIVISÃO – 10ª Jornada
1800 Horas – J. Ouriense - H.A Cambra

2ª DIVISÃO – ZONA NORTE – 5ª Jornada
1800 Horas – SC Tomar - ADR Pasteleira
2ª DIVISÃO – ZONA SUL – 4ª Jornada
1800 Horas – União FE – GDR “Os Lobinhos”

3ª DIVISÃO – SÉRIE B – 5ª Jornada
2100 Horas – ACR P. Vouga - SF Gualdim Pais
3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 5ª Jornada
1800 Horas – C Stella Maris - HC “Os Tigres”
1600 Horas – CD São Roque - ACR Santa Cita
2000 Horas – GC “Os Corujas” - CU Micaelense

NACIONAL DE JUVENIS

Tem inicio amanhã o Nacional de Juvenis 07/08. A SFG Pais representante da APR começa o campeonato defrontando o Sporting CP num jogo com inicio marcado para as 1600 horas do próximo domingo. O Cartão Azul tentou saber junto dos responsáveis pela equipa nabantina quais os objectivos delineados para a esta participação, não tendo ao momento recebido qualquer resposta.

NATAL COM FILIPE SANTOS

Com vista à formação e desenvolvimento dos jovens hoquistas, a equipa do OK4U com o apoio do C.F. Perosinho promove, no seu pavilhão António Livramento, em regime de externato e internato (Alojamento – Casa da Montanha do Lar Juvenil dos Carvalhos), um programa para a 1ª semana de férias de Natal, de 17 a 21 de Dezembro. Considerando, quer o êxito das edições anteriores, quer a vontade demonstrada pelos atletas, elaboramos um conjunto de actividades para corresponder às expectativas por eles expressas.
Nesta edição teremos uma viagem a Alijó, Vila Real, no intuito de divulgar e promover a modalidade, tendo em vista, a intenção deste município de criar a curto prazo um clube de hóquei em patins.
Além desta viagem, elaboramos em conjunto com a Gaianima, algumas visitas a locais de interesse turístico e cultural em V.N.Gaia.
Para terminar teremos palestras de psicologia e nutrição direccionadas para os pais.
Para mais informações consulta o site http://www.ok4u.pt/

quinta-feira, 15 de Novembro de 2007

CARTÃO AZUL NO MUNDIAL SUB-20

O Cartão Azul está presente na página oficial do III Campeonato Mundial de Hóquei em Patins Sub 20 que irá ser disputado em Santiago do Chile, incluído nos Links relativo a páginas de hóquei Internacionais. Assim a duas semanas de completar 9 meses de existência o Cartão Azul começa a ter uma projecção que nunca foi equacionada quando do "nascimento" do mesmo. Obrigado a todos os visitantes em geral e aqueles que ajudam na divulgação deste blog em particular.


Fonte: Site Oficial

SELECÇÃO NACIONAL DE JUNIORES

Termina hoje em Sesimbra o ultimo estágio em terras Lusas da Selecção Nacional de Juniores, tendo em vista o Mundial de Sub-20 que se disputa de 24 de Novembro a 01 de Dezembro. Os 10 eleitos por Luís Sénica defrontaram ontem a equipa GD Sesimbra (seniores) tendo vencido por 2-0 com golos de Diogo Oliveira ainda na 1ª parte e Daniel Coelho já no decorrer da 2ª parte. Hoje pelas 2000 Horas reedita-se o jogo sendo o ultimo da selecção antes da partida para o Chile, recorde-se que está previsto um estágio em terras chilenas entre os dias 19 e 23 do corrente mês. No estágio anterior realizado no Luso a selecção nacional já tinha realizado um jogo de treino frente aos seniores do Bom Sucesso que milita da 2ª divisão zona norte tendo vencido por 2-1.



Fonte: Site Hóquei em Patins

quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

RANKING MUNDIAL DE CLUBES

O Cartão Azul publica hoje o Ranking Mundial de Clubes referente a 19 de Agosto de 2007. Das equipas ribatejanas a Juventude Ouriense é o clube que se encontra melhor classificado ao passo que o CN Rio Maior se encontra na ultima posição do Ranking do Ribatejo, de salientar ainda a não inclusão da equipa da SFG Pais. O Ranking é referente apenas a equipas seniores e juniores.

Fonte: Rink-Hockey

terça-feira, 13 de Novembro de 2007

ESPAÇO ABERTO

Hoje no Espaço Aberto deixo um texto que encontrei no Blog Tecnico-Tactico e que coloca algumas questões sobre o planeamento para a 3ª Divisão Nacional nomeadamente o longo periodo de paragem que os atletas das equipas que não forem apuradas para a 2ª fase.

CAMPEONATO DA 3ª DIVISÃO
Estive hoje a ver atentamente, depois de receber vários comentários que se referiam a esse campeonato, o planeamento federativo para a 3ª divisão nacional e pergunto:
A quem interessa um campeonato nestes moldes?
Que benefícios traz aos clubes?
Que benefícios traz aos atletas?
Sabendo nós que estes campeonatos servem muitas vezes para lançar novos jogadores, dando-lhes rodagem, ou naturalmente servindo para clubes com menos hipóteses financeiras que sem os melhores atletas quantas vezes lutam para manter viva a actividade.
Não entendo esta formula, seguramente foi pensada por alguém que não tem sensibilidade ou conhecimentos desportivos, porque não lembra a ninguém realizar um campeonato, e naturalmente refiro-me ás equipas que terminada a primeira fase não passem à fase seguinte, que dura em termos efectivos 5 meses, de 20-10-07 a 15-03-08. Se ás vezes uma paragem de um mês, um mês e meio já complica o retomar da forma dos atletas agora com 5, repito 5 meses de paragem como é que vai ser...
É por estas e por outras é que a nossa modalidade está como está, sem resultados ao nível das selecções, com campeonatos ás moscas, cada vez com menos atletas (quem motiva um atleta depois de cinco meses de paragem?), sem televisão a transmitir seja o que for, enfim já fomos os melhores, agora cada vez mais a decadência dos nossos dirigentes caminha paralela à decadência da nossa modalidade, até quando, meus amigos, até quando?????

segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

JUNIOR DO SPORTING CP AGREDIDO

No site Hóquei do SCP, podemos ler que o capitão da equipa de juniores Fábio Vicente foi barbaramente agredido durante o jogo Algés – Sporting, tendo sido transportado pelo INEM ao Hospital São Francisco Xavier para observações. Apesar das poucas informações disponíveis, o Cartão Azul soube de fonte fidedigna que o Fábio já se encontra em recuperação e as lesões apesar de graves não confirmaram o que ao princípio se chegou a temer. O Cartão Azul deseja ao atleta uma rápida recuperação e que possa em breve voltar ao convívio com os seus colegas e dar o seu contributo á equipa de forma a atingir os objectivos delineados para a presente época. Força Fábio.

PAPARUCO - O COMENTADOR

Aproveitei o fim de semana para ver um pouco de hóquei, e para tal prevenido com o colete á prova de balas “Jerónimo” voei no sábado para o Pavilhão Albano Mateus - Entroncamento para assistir ao União – Paço de Arcos e no domingo até ao Pavilhão do Pinheiro – Ourém para ver a estreia dos juniores da Juventude Ouriense no nacional frente á Académica.
União FE - CD Paço de Arcos
Foi um jogo bem disputado aquele que se disputou no sábado no Entroncamento, o União a precisar de pontuar entrou a jogar bem, mas o Paço de Arcos com uma equipa muito jovem onde pontificam valores seguros da modalidade com são os exemplos dos ainda juniores João Rodrigues e Gonçalo Pestana muito bem orientados por José Carlos ex guarda redes da selecção nacional e do Benfica chegou com naturalidade ao 2-0, mas o União que começou com Rui Alves e João Capitolino no banco acordou e com a entrada deste jogadores conseguiu chegar á igualdade, resultado com que chegou o intervalo. Na 2ª parte jogo taco a taco e o Paço de Arcos a chegar ao 3-2, a partir daí só deu União e Tiago Pereira viria a empatar a partida. De salientar que nos últimos minutos o jogo poderia ter ficado decidido para qualquer umas das equipas, apesar de na minha opinião a equipa da cidade dos comboios tivesse feito mais para merecer a vitória. Nota muito positiva para Pedro Brazete (que pulmão) que o tempo que esteve em campo foi um verdadeiro quebra-cabeças para a defesa contrária e Bruno Carvalho um esteio na defesa e numa forma física invejável. Para terminar de salientar ainda que o Pavilhão Albano Mateus se encontrava muito bem composto, tendo a equipa da linha trazido um grande número de apoiantes.
J. Ouriense - AA Coimbra
Sem fio de jogo e aos repelões, com a agravante de um dos jogadores revelar uma falta de sentido de equipa gritante, jogando orgulhosamente só, foi assim que a Juventude Ouriense se apresentou nesta primeira jornada do nacional de juniores. Pareceu-me cansada a equipa e com as poucas alterações efectuadas pelo técnico esse cansaço viria a torna-se penoso para os próprios jogadores que a certa altura da 2ª parte já se “arrastavam” pelo ringue. Valeu á equipa de Ourém a magia de João André com um golo soberbo, a presença e sentido colectivo do Rocha e claro a espontaneidade e técnica do Gonçalo, alicerçado na segurança da baliza dada pelo Xavier, apesar de a 15 minutos do fim e por um problema técnico no patim ter sido substituído, mas o jovem suplente provou estar á altura e manteve as redes invioladas. Foi melhor o resultado do que a exibição, mas estou ciente que esta equipa voltará a praticar aquele hóquei bonito e eficaz que nos habituou e este jogo terá servido para se tirar ilações e poder corrigir já certos pormenores no próximo jogo. Fica também a palavra para os adeptos da Juventude para comparecerem em maior numero aos jogos no Pinheiro, pois esta equipa pelo que já deu ao Clube em particular e ao hóquei ribatejano em geral merece mais pessoal nas bancadas a apoiar.

BLOG DO GCC "OS CORUJAS"

Nasceu mais um Blog para divulgação da modalidade em geral e do GC "Os Corujas" em particular. poderá visitar o mesmo clicando neste link ou acedendo á lista de link disponível. O Cartão Azul aproveita para dar as boas vindas á blogosfera.