quinta-feira, 31 de Janeiro de 2008

XIX TORNEIO CARNAVAL JOVEM

O Parede FC vai levar a efeito no Pavilhão da Escola Secundário António Lopes Graça de 01 a 05 de Fevereiro o seu XIX Torneio Carnaval Jovem. O Torneio será disputado nos escalões de Bambis a Juniores e ainda Seniores Femininos. O HC Santarém será o representante da AP Ribatejo no escalão de juniores. Estarão presentes as seguintes equipas além do clube organizador:

Bambis: AD Oeiras, CD Paço Arcos, Sporting CP
Benjamins: AD Oeiras, CD Paço Arcos, Sporting CP
Escolares: GDR Lobinhos, FC Alverca, CD Povoa
Infantis: Sporting CP, S Alenquer B, FC Alverca
Iniciados: FC Alverca, UDC Nafarros, GDR Lobinhos
Juvenis: Sel AP Lisboa, CD Paço Arcos, J. Salesiana
Juniores: CD Paço Arcos, HC Sintra, HC Santarém
Seniores Femininos: Sel AP Algarve, Sel AP Lisboa, UDC Nafarros.

Pode consultar o calendário do Torneio aqui.

PARABÉNS MEU AMIGO

Os amantes da modalidade sabem que em dia de jogos os resultados em cima da hora, estão no site do União Micaelense, onde o Pedro Jorge Cabral consoante a informação vai chegando assim a vai disponibilizando. A juntar a este formidável trabalho do Pedro Jorge, existe alguém que nos “bastidores”, vai fazendo chegar essa informação, desdobrando-se em telefonemas para todos os pavilhões do país para saber o desenrolar dos jogos, essa pessoa de alma enorme e um profissionalismo impar e uma dedicação sem igual tem um nome chama-se José Carlos Costa e ontem completou mais um aniversário, ou seja já conta com 52 primaveras. O Cartão Azul não podia deixar passar em claro esta data, deste formidável ser humano e desejar-lhe aqui todas as felicidades do mundo e que continue por muitos e muitos anos a dar ao segundo o que se vai passando por esses pavilhões fora.
O José Carlos Costa, cego de nascença e com a grande paixão da Informação desportiva tem um site na Internet “Sempre A Abrir.com” onde todos os visitantes poderão saber na primeira pessoa, quem é afinal este Senhor. Para terminar resta-me recorrer as suas palavras para completar a palavra parabéns: Parabéns, meu amigo….

quarta-feira, 30 de Janeiro de 2008

TORNEIO DE CARNAVAL ACR SANTA CITA

A A.C.R. de Santa Cita vai realizar nos próximos dias 2 e 3 de Fevereiro a 5ª edição do seu Torneio de Carnaval de Hóquei em Patins, nos escalões de Escolares, Benjamins, Infantis e Iniciados, e conta com a participação dos seguintes, HC Turquel, SC Tomar, S Alenquer B e Académica de Espinho. O calendário encontra-se disponivel aqui.

Fonte:

terça-feira, 29 de Janeiro de 2008

CURSO TREINADORES NIVEL I - ARBITROS HP

Termina na próxima quinta-feira dia 31 de Janeiro o prazo para as inscrições nos cursos em epigrafe.

CURSO DE TREINADORES DE HÓQUEI EM PATINS DE NÍVEL I
Estão abertas as inscrições para o curso em epígrafe.
As inscrições, em impresso próprio a fornecer pela Associação. No acto da inscrição, serão dados a conhecer os dias e local do referido curso.

CURSO DE ÁRBITROS DE HÓQUEI EM PATINS
Estão abertas as inscrições para o curso em epígrafe.
A idade mínima e máxima para a obtenção do curso,serão: 16 e 43 anos.
As inscrições, em impresso próprio a fornecer pela Associação. O curso será ministrado na sede da Associação de Patinagem do Ribatejo. Os dias / horas, serão dados na primeira reunião dos candidatos.
Contactos /Informações: Associação de Patinagem do Ribatejo
Telefone: 249 726 281 / de 2ª. a 6ª. / 09H30 - 12H30 e 15H00 - 17H30
Fax: 249 716 060

Fonte:

DISTRITAL DE JUNIORES CHEGOU AO FIM

Chegou ao fim o Distrital de Juniores, com o final já anunciado há duas jornadas, ou seja o HC Santarém campeão e representante da APR na época 08/09 no Nacional. A equipa de Santarém esta época treinada por Lúcio Morais foi superior em todos os aspectos:
- Melhor defesa: 18 golos sofridos
- Melhor ataque: 54 golos marcados
O melhor marcador do campeonato também veste as cores do HCS e chama-se Vasco Nogueira. O União FE sagrou-se vice-campeão distrital com uma equipa constituída 80 por cento por juvenis, mas sob a liderança e experiência de Paulo Silva. O SC Tomar acabou na 3ª posição ex-aqueo com o União, onde sobressaiu o Carlos Tomaz, um guarda-redes com um futuro promissor pela frente assim a vida académica lhe permita, por fim o HC “Os Tigres” com uma equipa limitada com poucos jogadores, mas alguns de boa qualidade, caso do Tito, do Gonçalo e do Alberto, mas que por motivos que não são do conhecimento publico acabaram por passar um bocado ao lado do campeonato, tendo inclusive feito falta de comparência na ultima jornada, em casa frente á equipa do União.
Em linhas muito gerais foi este um Campeonato Distrital, onde a superioridade da equipa de Lúcio Morais, raramente foi posta em causa.
Segundo informação a que o Cartão Azul teve acesso o Torneio de Encerramento será disputado com as equipas da AP Lisboa.

segunda-feira, 28 de Janeiro de 2008

J. OURIENSE VENCE EM ALJUSTREL

Pavilhão Armindo Peneque - Aljustrel
Sábado, 26/1/08 - 17,00 horas
Arbitro: Maria da Cruz
Mineiro Aljustrelense: Carlos Capeta, Gonçalo, João Paulo (2), Miguel Caeiro, Miguel Coelho, Tiago(1), Diogo, Nelson e Pedro Estaço
Treinador: Fernando Fitas
Juventude Ouriense: Luís Marante, Ruben, Luís Silva, David (1), Carlos Clemente (3), Carlos Fonseca, Rodrigo(4), Luís Marujo, Ivo e Tomás
Treinador: Pedro Garcia

O jogo começou numa toada lenta e equilibrada, até perto do meio da primeira-parte, altura em que o Ouriense marcou por duas vezes num curto espaço de tempo. A partir daqui a partida entrou numa toada de parada e resposta com lances de algum perigo junto das duas balizas. O intervalo chegou com o resultado de 3 a 2 favorável à equipa visitante. No segundo tempo quando se esperava uma reacção por parte da equipa mineira foi o Ouriense que voltou a marcar por mais três vezes. O Mineiro ainda fez o terceiro golo, mas nesta altura a equipa de Ourém já tinha o jogo controlado e acabaria mesmo por marcar mais dois golos.Quanto a nós o resultado foi um pouco exagerado pois a nossa equipa cometeu alguns deslizes na zona defensiva, principalmente na segunda parte, e no ataque a concretização também poderia ter sido melhor. Mais uma vez voltámos a falhar muitas jogadas que poderiam dar em golo.Enfim...não podemos desanimar!.. Temos que continuar a trabalhar cada vez mais e esperar por melhores resultados. O campeonato ainda agora começou!

Cortesia:
Crónica do jogo: Mineiro - Hóquei em Patins

domingo, 27 de Janeiro de 2008

SANTA CITA VENCE E CONVENCE

Foi um jogo bem disputado, e rápido aquele que se assistiu esta tarde/noite em Santa Cita e que opôs a equipa local ao União Micaelense. O Santa Cita marcou cedo, o que obrigou a equipa insular a mudar a táctica, mas as sucessivas trocas de bola por parte da equipa de Rafael Oliveira iam fazendo mossa na defesa açoriana e foi com naturalidade que chegou ao 2-0, resultado com que se atingiu o intervalo. Na 2ª parte a toada da partida manteve-se e o CU Micaelense recorria ás faltas para tentar pôr cobro ao domínio da equipa da casa, que acabou por fazer mais 3 golos terminando a partida com uma vitória expressiva por 5-0 e voltando a colocar-se na luta pela subida. Para terminar resta dizer que após duas derrotas consecutivas em casa, o Santa Cita volta aos triunfos e desta feita com classe e provando ser um candidato. Arbitragem de Rui Taborda em bom nível.

MAIS UM JOGO, MAIS UMA GOLEADA

Depois de ter sido goleada em casa na passada sexta-feira, a J. Ouriense voltou a perder por números expressivos desta feita em Valado de Frades, frente ao Bir, 7-1 foi o resultado que a equipa de Ourém trouxe na bagagem, com este resultado resta começar a pensar na Poule B onde os três primeiros classificados garantem a manutenção no escalão maior do hóquei júnior nacional.

SFG PAIS VENCE SC MARINHENSE

Na penultima jornada do Nacional de Juvenis - 1ª fase, a equipa da SFG Pais recebeu e venceu o SC Marinhense por 2-1, somando assim 10 pontos e consolidando a 4ª posição na série. Na próxima jornada a equipa nabantina desloca-se a Alenquer para defrontar o SAB, naquele que será o ultimo jogo desta primeira fase.

RESULTADOS DE DIA 26/01/08

Disputou-se mais uma jornada dos Nacionais e apenas o Santa Cita logrou vencer e a SFG Pais empatar, as restantes equipas foram derrotadas. Na 1ª divisão a J. Ouriense recebeu o até então ultimo classificado e saiu derrotado por 3-2 sendo agora o lanterna vermelha. Na 2ª divisão zona sul o União FE foi derrotado em casa pelo Parede FC por 4-1, sem comentários. Na 3ª divisão série B a SFG Pais empatou no Municipal de Tomar com a Pampilhosa 4-4 e somou mais um pontinho, na série C, os Tigres voltaram a perder desta feita com o BIR, em Rio Maior a equipa local não conseguir levar a melhor sobre o Estreito e perdeu por 7-3, o Santa Cita viajou até Coruche e derrotou os Corujas por 6-3 e beneficiou da derrota do líder HC Lourinhã na Madeira frente ao São Roque. O Santa Cita recebe hoje pelas 1800 Horas o União Micaelense em jogo referente á 11ª jornada e em caso de vitória ascende á 3ª posição em igualdade pontual com o Vilafranquense e a 3 pontos do líder.

1ª DIVISÃO – 20ª Jornada
1800 Horas – J. Ouriense 2 - S Alenquer B 3

2ª DIVISÃO – ZONA SUL – 15ª Jornada
1800 Horas – União FE 1 - Parede FC 4

3ª DIVISÃO – SÉRIE B – 12ª Jornada
2100 Horas – SFG Pais 4 - CD Pampilhosa 4
3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 15ª Jornada
1900 Horas – BIR 3 - HC “Os Tigres” 1
1800 Horas – GC “Os Corujas” 3 - ACR Santa Cita 6
2000 Horas - CN Rio Maior 3 - GD Estreito 7

sábado, 26 de Janeiro de 2008

POULE B AÍ VAMOS NÓS

Segundo jogo em casa, segunda derrota consecutiva, e assim sendo a equipa de Juniores da Juventude Ouriense começa cada vez mais a ser presença confirmada na Poule B onde jogará a manutenção no Nacional para a próxima época e onde em principio terá como adversários, além da AA Coimbra, Turquel ou Marinhense da série C, e a J. Salesiana, o Sesimbra a Física de Torres ou Paço de Arcos da série D. Ontem no Pavilhão do Pinheiro a equipa de Jorge Godinho foi goleada pelo HC Turquel por 9-3, num jogo onde a superioridade da equipa de Turquel nunca esteve em causa.

sexta-feira, 25 de Janeiro de 2008

AGENDA PARA DIA 26/01/08

As equipas ribatejanas disputam amanhã mais uma jornada dos seus campeonatos, excepção feita ao SC Tomar que folga. Na 1ª divisão a Juventude Ouriense recebe o ultimo classificado e irá tentar somar mais 3 pontos que poderão revelar-se importantíssimos na segunda fase do Campeonato. Na 2ª divisão zona sul o União FE, recebe o Parede, equipa que já defrontou esta época para a Taça de Portugal, tendo na altura o jogo terminado empatado, vindo depois a equipa da linha a vencer no golo de ouro. Na 3ª divisão série B, regressa o campeonato e a SFG Pais recebe o CD Pampilhosa, num jogo em que se espera a vitória da equipa nabantina, na série C, os Tigres deslocam-se ao sempre difícil pavilhão de Valado de Frades para defrontar o BIR, duelo ribatejano em Coruche onde os Corujas recebem o Santa Cita ainda a refazer-se da derrota caseira frente ao Vilafranquense, o Rio Maior recebe em sua casa o Estreito, que viaja da Madeira á procura de uma vitória que os coloque no grupo da frente. De salientar ainda que o jogo referente á 11ª jornada entre a ACR Santa Cita e o CU Micaelense será disputado Domingo dia 27 de Janeiro pelas 1800 Horas num jogo com a arbitragem a cargo de Rui Taborda do CRAHP Ribatejo.

1ª DIVISÃO – 20ª Jornada
1800 Horas – J. Ouriense - S Alenquer B
2ª DIVISÃO – ZONA SUL – 15ª Jornada
1800 Horas – União FE - Parede FC
3ª DIVISÃO – SÉRIE B – 12ª Jornada
2100 Horas – SFG Pais - CD Pampilhosa

3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 15ª Jornada
1900 Horas – BIR - HC “Os Tigres”
1800 Horas – GC “Os Corujas” - ACR Santa Cita
2000 Horas - CN Rio Maior - GD Estreito

MAIS UMA FINAL

A Juventude Ouriense tem hoje pelas 2100 Horas no Pavilhão do Pinheiro mais uma final rumo á manutenção no nacional de Juniores. A equipa de Jorge Godinho defronta o HC Turquel e em caso de vitória iguala o SC Marinhense na 3ª posição com 10 pontos, a derrota ou o empate colocam a equipa de Ourém em situação complicada e com um pé na Poule B. O jogo será dirigido pelo Internacional Luís Inácio do CRAHP Ribatejo.

quinta-feira, 24 de Janeiro de 2008

UNIÃO FE - HC SINTRA EM VETERANOS

A equipa de veteranos do União FE, defronta no próximo domingo dia 27 a sua congénere do HC Sintra numa jornada desportiva, onde o convívio e o recordar de antigos confrontos serão as pedras basilares deste evento. No União podemos ver em acção jogadores que participaram activamente na história deste clube, como por exemplo, Saboga (guarda-redes), Canaverde, Lagos, Vieira entre outros. Fica então o convite para os amantes da modalidade participarem em mais esta divulgação da modalidade.

TAÇA LATINA - CONVOCATÓRIA

Luís Sénica efectuou a sua primeira convocatória como Seleccionador Nacional, tendo em vista a participação na Taça Latina Sub_23 que será disputada em Coimbra. Sénica convocou 14 atletas dos quais sairão os 10 que defenderão as cores Lusas. Destaque nesta convocatória para a presença de 4 atletas que representaram Portugal no Mundial de Sub 20 disputado no Chile, são eles Ângelo Girão (ACR Gulpilhares), Diogo Rafael (SL Benfica), Gonçalo Pestana (CD Paço Arcos) e Nelson Pereira (FC Porto). O estágio irá decorrer de 03 a 05 de Fevereiro no Luso.

Fonte: FPP

ESTÁGIO SELECÇÃO NACIONAL FEMININA

Rafael Oliveira, efectuou a sua primeira convocatória tendo em vista a participação da Selecção Nacional Feminina nas Competições Internacionais no decorrer do ano de 2008. O Estágio está marcado para os dias 28 e 29 de Janeiro e decorrerá no Luso e para este estágio o Seleccionador Nacional convocou 14 atletas de 6 clubes.

Fonte: FPP

quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

LUÍS SÉNICA - A 1ª ENTREVISTA

«Se recusasse seria cobarde»
Processo demorado o da escolha do novo seleccionador dos seniores. Seis meses depois de demitido Paulo Baptista, eis que o Director Técnico Nacional, Luís Sénica, é anunciado como o sucessor natural. Na primeira entrevista desde que assumiu o cargo, Sénica apresenta as ideias e os objectivos do seu trabalho assim como as explicações para a escolha do seu nome, num processo em que participou: «Seria de uma enorme falta de coragem e de uma grande cobardia se tivesse recusado o convite da direcção.»
Afinal, como surgiu o nome de Luís Sénica como novo seleccionador, se o próprio estava envolvido no processo de escolha?
«Foi-me pedido que apontasse dois nomes, só que a direcção da FPP surgiu com um terceiro: o meu. Fiz o que me competia e como se deve calcular, jamais daria o meu próprio nome. Já tínhamos abordado o Tó Neves para ser ele o seleccionador, mas como se mostrou indisponibilidade, achei que seria cobarde da minha parte se não aceitasse. Segunda escolha? Nunca me senti dessa forma porque já estava dentro da estrutura e não me senti minimizado por isso».
Seria, então, uma inevitabilidade assunção do cargo?
«Não creio, as circunstâncias eram estas. Tinha que estar preparado, por tudo o que aconteceu até hoje, para assumir os seniores».
Luís Sénica recusa falar em mais-valias:
«Não tenho um projecto individual. É colectivo e passa pela ambição e espírito de superação e conquista. É mais importante que a metodologia ou questões técnicas e tácticas. Aqui não há toques mágicos, mas sim uma mescla de trabalho entre várias pessoas, que haja compromisso de grupo.»
Conseguir esse compromisso é tarefa que o novo treinador de Portugal não considera fácil…nem difícil:
«É de grande responsabilidade e vai depender da preparação que se fizer. Porque não resultou no passado? Não queremos traçar paralelismos com técnicos anteriores, até porque os que passaram por mim foram muito profissionais.»
Director Técnico Nacional desde 1999, Luís Sénica tem uma perspectiva critica sobre o estado da modalidade:
«Na metodologia de treino evoluiu muito. Há mais informação e capacidade de análise, mas no resto não andámos tão depressa. É preciso dotar o hóquei de argumentos para rivalizar com outras modalidades.»
“Quem é «convocável»?”
Uma das críticas que surge às convocatórias para os seniores, quando se fala muito de renovação, é a questão d a idade dos jogadores. Afinal, há ou não limite máximo?
«É uma falsa questão, um rótulo que não corresponde à realidade. A idade é um critério acessório, uma vez que um atleta que esteja dentro das premissas exigidas, não tenho problema em convocá-lo, independentemente da sua idade», explica o novo seleccionador nacional, que considera o campeonato português muito competitivo: «O FC Porto ser campeão há seis anos consecutivos não retira entusiasmo à prova. Se o conseguiu é porque manifestou condições de excelência para tal. O mesmo se passa em Espanha com o Barcelona e nem por isso a Ok Liga deixa de ser competitiva.»

Entrevista de Pedro Figueiredo
In Jornal “A Bola”, edição de 08 de Janeiro de 2008

terça-feira, 22 de Janeiro de 2008

JO MANTÉM EQUIPA TÉCNICA

Depois da pesada derrota em Oliveira de Azeméis, circulou pelos meios ligados ao hóquei em patins ribatejano, que Jorge Godinho e a restante equipa técnica tinha colocado o lugar á disposição e já não orientariam a equipa no próximo compromisso frente ao S Alenquer B. O Cartão Azul divulga agora uma nota da Direcção da J. Ouriense publicado no seu site oficial.

Nota da direcção

O jogo em Oliveira de Azeméis e a posição da direcção perante a decisão da equipa técnica de colocar os cargos à sua disposição.
No final do jogo em Oliveira de Azeméis da equipa sénior de hóquei em patins, que terminou com a derrota por 11-1, a equipa técnica quis afirmar, ao director responsável, vice-presidente, a sua disponibilidade para abandonar os cargos, aceitando qualquer decisão que a direcção tomasse. O director responsável, a título pessoal, deu à equipa técnica a opinião de que, tendo sido um mau jogo e que um resultado péssimo, isso não justificaria a procura de culpados e mudanças na equipa técnica que tem merecido a confiança da direcção. Essa posição foi, depois, ainda no sábado, confirmada como sendo a mesma, pelo presidente da direcção, e hoje, segunda-feira, foi ratificada pela direcção.
Assim, antes do treino, a direcção informou, formalmente, a equipa técnica e os jogadores de que, sublinhando a dignidade da posição tomada pela equipa técnica, todos continuam a merecer a sua confiança, pelo trabalho sério e dedicado que têm desenvolvido, que não pode ser posto em causa pela contingência de pontuais resultados desportivos, pedindo-lhes que continuassem e que, como grupo, corrigissem o que entendessem de corrigir. Com os meios e as condições que o clube tem, a direcção continuará a dar todo o apoio à equipa técnica e aos jogadores, assumindo as suas responsabilidades, e espera que este mau resultado não tenha influência nas condições anímicas do grupo de trabalho, e que já no próximo sábado isso se possa traduzir em bons resultados.

segunda-feira, 21 de Janeiro de 2008

INJUSTO!!!!!

A jovem equipa nabantina recebeu no passado sábado a sua congénere de Paço de Arcos, e dominou todo o encontro, podendo inclusive ter vencido o jogo por números expressivos, mas nem sempre quem joga melhor e procura a vitória é recompensado, e foi exactamente o que sucedeu, e a equipa do SC Tomar acabou por sair derrotada do Jacome Ratton pela diferença mínima. Na próxima jornada a equipa Tomarense desloca-se ao Pavilhão da Açoreana Seguros para defrontar o SL Benfica.

J. OURIENSE MERECIA MAIS

Jogo muito disputado e equilibrado até ao 1º golo obtido pelo Benfica, a partir do qual, o ascendente da JO até ao intervalo, valendo ao Benfica a grande exibição do seu guarda-redes. Na 2ª parte o equilíbrio manteve-se, tendo o Benfica chegado ao 2º golo em jogada de contra ataque. Reacção extraordinária da JO que consegue chegar ao 1-2 e quase de imediato ao 2-2, conseguindo empolgar um Pavilhão que se encontrava lotado.Na reposição da bola, o Benfica chega ao 2-3, e depois novamente em contra ataque 2-4, num período em que a Juventude procurava o empate, chegando mesmo, em certos períodos empurrar o Benfica para a sua área tal era o quer dos nossos jogadores.Resultado final, que é algo injusto, visto a JO merecia pelos menos o empate, prevalecendo essencialmente, a maior experiência do Benfica, aliada a algum excesso de agressividade e a grande exibição do seu guarda-redes e também alguma vista grossa por parte do Sr. Arbitro que em alguns lances, nomeadamente um penalty que só este Sr. não viu, que lhes permitiu sair de Ourém com os 3 pontos.


Cortesia:
Crónica/Foto: Carlos Clemente

domingo, 20 de Janeiro de 2008

SFG PAIS EMPATA EM TURQUEL

A SFG Pais empatou a 6 bolas na deslocação ao sempre difícil pavilhão de Turquel, em jogo a contar para a 8ª jornada do Nacional de Juvenis 1ª fase. Com este resultado a formação de Tomar passou a somar 7 pontos e manteve a 4ª posição. Na próxima jornada a equipa de Hélder Santos desloca-se á Vila Presépio para defrontar o líder S Alenquer B.

RESULTADOS DE DIA 19/01/08

Apenas as equipas ribatejanas que militam na 2ª divisão sairam vitoriosas. Na 1ª divisão a Juventude Ouriense foi copiosamente goleada pela Oliveirense por 11-1, mantendo assim a penultima posição com 11 pontos. Na 2ª divisão zona norte o SC Tomar recebeu e venceu um dos candidatos por uns expressivos 5-2 e mantêm a liderança apesar de ter um jogo a mais que os adversários directos, na zona sul o União FE provou que o resultado frente ao Vasco da Gama foi um acidente de percurso e foi vencer a Campo de Ourique por 4-2, ocupando a 10ª posição com 16 pontos. Na 3ª divisão série C os Tigres regressaram ás derrotas e desta feita por 5-2 em casa frente ao São Roque, num jogo onde a indisciplina dos homens de Almeirim foi por demais evidente (3 azuis, um dos quais directo), e onde se viu uma equipa a jogar aos repelões tipo cada um para si. Em Santa Cita a equipa de Rafael Olivieira que esteve sempre na frente do marcador até aos 5-4 acabou por ceder nos ultimos minutos e vê o objectivo subida cada vez mais longe, já são 9 pontos que separam o Santa Cita do lider HC Lourinhã, os Corujas deslocaram-se a casa do líder e perderam por 2-0 quanto ao Rio Maior que viajou até aos Açores foi goleado pelo CU Micaelense por 7-0.

1ª DIVISÃO – 19ª Jornada
1800 Horas – UD Oliveirense 11 - J. Ouriense 1

2ª DIVISÃO – ZONA NORTE – 14ª Jornada
1800 Horas – SC Tomar 5 - Riba D’Ave HC 1
2ª DIVISÃO – ZONA SUL – 14ª Jornada
1800 Horas – CAC Ourique 2 - União FE 4

3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 14ª Jornada
1600 Horas – HC “Os Tigres” 2 - CD São Roque 5
1800 Horas – HC Lourinhã 2 - GC “Os Corujas” 0
1800 Horas - ACR Santa Cita 5 - UD Vilafranquense 6
1800 Horas - CU Micaelense 7 - CN Rio Maior 0

sábado, 19 de Janeiro de 2008

DERROTA COMPROMETEDORA

Depois da excelente vitória na jornada passada em Coimbra, a Juventude Ouriense no regresso ao Pavilhão do Pinheiro não foi capaz de se manter na senda das vitórias e saiu derrotada no confronto com o SC Marinhense por 4-2, num jogo dirigido pelo ribatejano Luís Inácio. Assim sendo a equipa de Jorge Godinho deu um passo atrás no objectivo por ele delineado no principio da época ou seja o apuramento para a Poule A. Com esta derrota a equipa de Ourém caiu para a 5ª posição com 7 pontos. O jogo da 8ª jornada foi adiado para dia 25 de Janeiro e a Juventude Ouriense recebe em casa o HC Turquel 4º classificado com 9 pontos.

sexta-feira, 18 de Janeiro de 2008

AGENDA PARA DIA 19/01/08

Disputa-se amanhã mais uma jornada dos nacionais de hóquei em patins com as equipas ribatejanas em várias frentes. Na 1ª divisão a J. Ouriense desloca-se até Oliveira de Azeméis para defrontar a Oliveirense num jogo que se prevê difícil para a equipa de Jorge Godinho. Na 2ª divisão zona norte, o SC Tomar recebe um dos candidatos á subida, mais propriamente o Riba D’Ave e uma vitória neste jogo consolida a liderança da equipa de Nuno Lopes, na zona sul o União depois do desaire caseiro da semana passada desloca-se a Campo de Ourique para defrontar uma equipa do seu campeonato e onde se espera que os comandados de António Vicente apaguem a má imagem deixada sábado no Albano Mateus. Na 3ª divisão os Tigres recebem o São Roque e procuram continuar na senda das vitórias depois do triunfo na jornada passada fora de portas, os Corujas deslocam-se á casa do líder HC Lourinhã, em Santa Cita jogam dois candidatos á subida e ambos com os mesmos pontos (22) e já a 6 da liderança, nos Açores na bonita cidade de Ponta Delgada o CU Micaelense recebe o Rio Maior. De salientar que não haverá jornada esta semana na série B da 3ª divisão.

1ª DIVISÃO – 19ª Jornada
1800 Horas – UD Oliveirense - J. Ouriense

2ª DIVISÃO – ZONA NORTE – 14ª Jornada
1800 Horas – SC Tomar - Riba D’Ave HC
2ª DIVISÃO – ZONA SUL – 14ª Jornada
1800 Horas – CAC Ourique - União FE

3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 14ª Jornada
1600 Horas – HC “Os Tigres” - CD São Roque
1800 Horas – HC Lourinhã - GC “Os Corujas”
1800 Horas - ACR Santa Cita - UD Vilafranquense
1800 Horas - CU Micaelense - CN Rio Maior

3º LUGAR Á DISTÂNCIA DE UMA VITÓRIA

A Juventude Ouriense defronta esta noite pelas 2130 Horas no Pavilhão Municipal do Pinheiro o SC Marinhense em jogo referente á 7ª jornada do Campeonato Nacional de Juniores Zona C. O Jogo será dirigido por Luís Inácio (Internacional B) do CRAHP Ribatejo. Em caso de vitória da equipa Ouriense ascende á 3ª posição por troca com o HC Turquel que será o próximo adversário da equipa de Jorge Godinho em jogo marcado para dia 25 de Janeiro ás 2100 Horas, no Pavilhão do Pinheiro e novamente com arbitragem de Luís Inácio.

quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

HÓQUEI REGRESSA AO MUNICIPAL DE OURÉM

Desde o dia 15 de Janeiro de 2008 (Terça-Feira) os Escalões de Formação de Hóquei em Patins (Iniciados, Infantis, Escolares e Benjamins) da Juventude Ouriense realizam todas as suas partidas em casa no Pavilhão Municipal de Ourém. Apenas os Juniores e os Seniores continuam a jogar no Pavilhão Desportivo do Pinheiro. Após se realizarem os melhoramentos necessários, o Pavilhão Municipal passou na vistoria realizada dia 09 de Janeiro de 2008 pela Comissão Técnica. A primeira jornada do campeonato nacional de Iniciados com o SL Benfica, que se realiza dia 20 de Janeiro de 2008, já se realizará no Pavilhão Municipal de Ourém.

Fonte:
Site Oficial J.Ouriense

TORNEIO DA PÁSCOA - BENJAMINS

A Secção de Hóquei Juvenil do Sporting Clube de Tomar irá realizar um torneio da Páscoa para o escalão de Benjamins. Além das duas equipas da casa participarão duas equipas nacionais, estando a decorrer os respectivos convites. Esta iniciativa realiza-se no dia 21 de Março, sexta-feira Santa e contará com dois jogos de manhã e dois jogos à tarde, disputado de forma quadrangular. Como habitualmente no início da tarde acontecerá também um jogo de Bambis entre a equipa respectiva do Sporting de Tomar e uma convidada. O Cartão Azul tenciona perto da realização do evento, publicar uma entrevista com a Organização para saber todos os pormenores inerentes á realização de mais esta edição do Torneio da Páscoa.

Fonte:
Hóquei Tomar

quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

5º TORNEIO INTERNACIONAL - CIDADE DE SANTARÉM

O Hóquei Clube de Santarém vai levar a efeito nos próximos dias 20, 21 e 22 de Março o seu 5º Torneio Internacional de Hóquei em Patins Cidade de Santarém, nos escalões de Benjamins até Juniores, e irá contar com nomes grandes do hóquei patinado português, caso do Óquei de Barcelos, CD Paço de Arcos, SL Benfica entre outros, do estrangeiro viajam até Santarém o Bassano e CH Mataró. O Cartão Azul tenciona mais próximo da realização do evento fazer uma entrevista com a organização, para saber mais pormenores desta iniciativa que já vai na 5ª edição. O Calendário do Torneio pode ser consultado no site do HC Santarém.

terça-feira, 15 de Janeiro de 2008

LEANDRO SANTOS - O OBJECTIVO É A SUBIDA

“O nosso grande objectivo é subir de divisão”

CT – Onde deu os primeiros trambolhões de cima dos patins?
LS – Comecei com quatro anos, na África do Sul, a terra onde nasci. Estive até aos seis anos na África do Sul. Vim para Portugal e retomei o hóquei na Lisnave, em Almada. Passei pelo Campo de Ourique, Sporting e Benfica. Comecei com quatro e tenho vinte e um.
CT – Foi internacional nas camadas jovens?
LS – Em Juvenis, em Saint Omer, norte de França, perdemos com a Espanha por 2-1. E estive em várias selecções da AP Lisboa.
CT – A saida do Benfica deixou marcas?
LS – Gostei de estar no Benfica. Estive lá cinco épocas. Aprendi muito. Fiquei magoado com um elemento da direcção, mas no geral não tenho nada a apontar ao clube, pois fui bem tratado.
CT – Depois disso teve uma paragem. Porquê?
LS – Tive uma paragem devido a problemas no Benfica, não me quiseram dar a “carta” para vir para Tomar. Estive dois anos parado...
CT – Este recomeço partiu de um convite do Sp. Tomar?
LS – Sim, o Ivo Ribeiro falou comigo. Entretanto falei também com o treinador Nuno Lopes.
CT – É difícil jogar num clube a quase 130 quilómetros de casa?
LS – É muito complicado. Tenho de organizar bem as minhas actividades. Trabalho de manhã no meu estabelecimento, em Almada, e à tarde fica lá a minha mãe. Saio de casa por volta das quatro da tarde para estar em Tomar pouco depois das 19 horas. Venho de comboio ou de carro. Faço 250 quilómetros, mas ainda bem que houve esta proposta do Sp. Tomar. Está a valer a pena.
CT – Está a ser uma experiência positiva?
LS – O Sp. Tomar oferece condições óptimas, é grande. Tem tamanho suficiente para estar na 1ª Divisão. Surpreendeu-me pela positiva em termos de organização, na forma como trata os atletas, em tudo.
CT – Tem entrado aos poucos...
LS – É uma situação normal. Os meus colegas não pararam, estão com um ritmo superior e portanto é uma situação normal.
CT – Foi difícil apanhar o “comboio” em andamento?
LS – Estive parado dois anos e perdi ritmo de jogo. Mas agora com os treinos estou a recuperar a forma física. Ainda não estou com o rendimento que estava quando deixei o hóquei há dois anos. Tem de ser com muito trabalho.
CT – Que expectativas trazia?
LS – Já sabia o valor da equipa e o objectivo primeiro é dar tudo pela camisola, pelo clube. Agora, o nosso grande objectivo é subir de divisão. Os jogadores estão muito empenhados nisso.
CT – Mas o discurso oficial não é bem esse...
LS – Sim, mas nós estamos muito empenhados nesse objectivo.
CT – Ainda é muito cedo para fazer previsões?
LS – Vamos tentar andar sempre nas primeiras posições e não dar espaços aos outros candidatos. No principio falou-se muito no Nortecoope, mas estamos a ver pelos resultados que há varias equipas com valor para subir, como o Riba D’Ave, Turquel...o Carvalhos que foi muito difícil, pois não estávamos muito bem na altura.

CT – Como se define como jogador?
LS – As minhas características são de finalizador, e trabalhar dentro da área para facilitar as acções da equipa.
CT – E qual o grande sonho do Leandro?
LS – Jogar na 1ª Divisão e seguir o caminho...
CT – O hóquei é uma grande paixão ou é apenas o desporto que pratica?
LS – É uma grande paixão mesmo. É o desporto que eu gosto mais. Já vem de família, pois o meu pai era guarda-redes.
CT – Nos últimos anos o hóquei tem perdido visibilidade em relação a outras modalidades...
LS – O hóquei perdeu muito. As televisões não apostam tanto no hóquei. A mentalidade das pessoas está mais virada para o futebol...
CT – Tomar ainda vive o hóquei com paixão?
LS – Esperava um pouco mais dos sócios e simpatizantes do hóquei em Tomar. Eles dão grande apoio, mas é à maneira deles. Não há grande “calor”, grande participação. A equipa é que muitas vezes tem de puxar por eles. E nós não estamos a meio da tabela, estamos nos primeiros lugares. Sei que quando jogavam no antigo pavilhão havia mais pessoas a assistir. Algumas vivem o jogo com emoção, outras vão “apenas” assistir a um jogo de hóquei. Preocupam-se e acarinham os jogadores mas para uma 2ª Divisão, a disputar a subida à 1ª, falta algum “calor”, como vemos em outros pavilhões. Aqui são pouco participativos.

In Jornal “Cidade de Tomar”, edição de 04 de Janeiro de 2008

segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

PAPARUCO - O COMENTADOR

"Afinal o Pai Natal chama-se António"


Andei tantos anos enganado, quando era pequeno pensei que o Pai Natal vinha na noite de consoada descia pela chaminé e deixava as prendas no sapatinho, fui crescendo e comecei a ver no Pai Natal a figura que pensava conhecer até sábado passado, ou seja um homenzinho com cara de bonacheirão de barbas brancas e vestido de vermelho, habitante da Lapónia e que saia num trenó puxado por renas para distribuir prendas por este mundo fora, estava redondamente enganado…..as voltas que o mundo dá, aquela figura mítica de barrete vermelho com um pompom branco chamado Nicolau, afinal não é o verdadeiro Pai Natal, o verdadeiro Pai Natal não está na Lapónia nem se chama Nicolau, está no Pavilhão Albano Mateus no Entroncamento e chama-se António, pude comprová-lo no sábado no decorrer do jogo de seniores União FE contra o Vasco da Gama de Sines. Afinal a função é a mesma do Nicolau dar prendas e agradar a quem vem de longe, tais Reis Magos guiados pela a estrelinha não da sorte, mas da bondade do António, só que este ao invés do Nicolau, dá dois tipos de presentes, os bons e os maus, os bons esses foram para Sines (3 pontos no saco e um pulo na tabela classificativa), os maus ficaram para os adeptos e simpatizantes Unionistas e o pior deles todos ficou para o guarda-redes, pois um presente deste tipo deita abaixo psicologicamente qualquer comum mortal.
Bem podem dizer que quem sabe o que se passa na oficina é o Pai Natal, ele atribui as tarefas aos duendes que trabalham toda a semana consigo, consoante o seu desempenho semanal, mas fica a duvida, os duendes que tão bem jogaram na ultima jornada e tiveram um desempenho a rondar o muito bom (faltou uma pontinha de sorte) para pontuar, não mereciam ser recompensados e iniciaram a tarefa desde o inicio, e se um dos duendes necessita de minutos para ganhar rotina, forma e experiência, não seria mais lógico dar-lhe esses minutos após o resultado estar seguro, e não atirá-lo ás feras e deixá-lo ligado ao resultado do jogo. Agora pode dizer-se que afinal foi um dia mau, e que os árbitros fizeram um mau trabalho e blá, blá, blá, mas na realidade a bondade do António e desculpem, um pouco de desprezo pelo adversário, resultaram em 15 minutos de avanço para os de Sines e 4 golos sem resposta que condicionaram e sentenciaram o jogo. Ficou esta prenda de Natal atrasada é verdade, mas muito a tempo para quem de Sines nos visitou, só espero que tamanha bondade não venha a fazer falta nas contas finais, mas tenho fé que essa mesma bondade tenha servido de exemplo e seja qual for a terra que nos visite que seja respeitada da mesma forma estejam em primeiro estejam em ultimo nesta caminhada da manutenção.

HC SANTARÉM CAMPEÃO DISTRITAL DE JUNIORES

A duas jornadas do fim do Campeonato Distrital, a equipa de Juniores do HC Santarém já é a virtual vencedora, conquistando assim por mérito próprio o direito a representar na próxima época a APR na Campeonato Nacional, onde esperamos todos os amantes da modalidade juntamente com a Juventude Ouriense. A equipa comandada por Lúcio Morais venceu ontem por uns expressivos 17-0 a equipa dos Tigres de Almeirim, beneficiando do empate entre o SC Tomar e o União FE (5-5). A equipa de Santarém consegue assim no escalão de Juniores aquilo que perseguia desde Infantis B, onde acabava sempre por “morrer na praia”, a jogadores como Vasco Nogueira, Luís Duque, Ricardo Marona e Fábio Mogas, este titulo assenta na perfeição e é o corolário de uma década de dedicação e esforço em busca do tão ambicionado titulo. Para estes jogadores que mencionei em particular e para a equipa em geral, o Cartão Azul endereça os mais sinceros parabéns.

Cortesia:
Foto: Site HC Santarém

SFG PAIS NA POULE B

Nova derrota desta feita em Sintra por uns expressivos 5-0 e a equipa nabantina vê-se assim relegada para a Poule B deste Nacional de Juvenis versão 07/08. A equipa de Hélder Santos a 3 jornadas do fim desta primeira fase conta por vitórias dois jogos, ambos frente ao Sporting CP e 5 derrotas. Na próxima jornada desloca-se a Turquel para defrontar o ultimo classificado e tentar apagar a má imagem que ficou da 1ª volta qundo os Turquelenses triunfaram em Tomar, sendo a sua unica vitória. Na Poule B a SFG Pais irá ter como adversários o Sporting CP e HC Turquel (todos da série C) e o Paço de Arcos, Oeiras, e uma equipa a sair do trio Grandolense, Sesimbra e Parede (todos da série D).

domingo, 13 de Janeiro de 2008

RESULTADOS DE DIA 12/01/08

Foi um sábado com resultados para todos os gostos, aqueles que as equipas ribatejanas obtiveram ontem. Na 1ª divisão e apesar de ter chegado ao intervalo a vencer por 1-0 com golo de Peralta a J. Ouriense acabou por sucumbir na 2ª parte ao poderio das “águias” e acabou derrotada por 4-1. Na 2ª divisão zona norte o SC Tomar não deixou os seus créditos por mãos alheias e venceu a AD Sanjoanense por 6-4 e alcançou a liderança beneficiando da derrota do Riba d’Ave, na zona sul o União recebeu e foi derrotado por 6-5 por uma equipa do seu campeonato, desperdiçando uma excelente oportunidade de cavar um fosso de 7 pontos para a zona de despromoção, chegando inclusive a estar a perder por 4-0, parece que a época natalícia ainda se mantêm para os lados do Entroncamento e há quem insista em oferecer presentes ao visitantes. Na 3ª divisão zona B a SFG Pais foi conquistar um ponto ao sempre difícil pavilhão da Mealhada empatando a 2, na série C os Tigres regressaram ás vitórias vencendo em Coruche a equipa local por 6-4, por sua vez o Santa Cita foi a Rio Maior vencer confortavelmente o cinco local por 12-3 subindo uma posição na tabela (4º) por troca com o GD Estreito que foi surpreendido em casa pelo CU Micaelense.

1ª DIVISÃO – 18ª Jornada
1800 Horas – J. Ouriense 1 - SL Benfica 4

2ª DIVISÃO – ZONA NORTE – 13ª Jornada
1800 Horas – AD Sanjoanense 4 - SC Tomar 6
2ª DIVISÃO – ZONA SUL – 13ª Jornada
1800 Horas – União FE 5 - Vasco da Gama AC 6

3ª DIVISÃO – SÉRIE B – 11ª Jornada
2100 Horas - HC Mealhada 2 - SFG Pais 2
3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 13ª Jornada
1800 Horas – CG “Os Corujas” 4 - HC “Os Tigres” 6
2000 Horas – CN Rio Maior 3 - ACR Santa Cita 12

sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008

AGENDA PARA DIA 12/01/08

Disputa-se amanhã mais uma jornada dos nacionais de hóquei em patins com as equipas ribatejanas a terem jogos de grau de dificuldade diferentes, senão vejamos, na 1ª divisão a J. Ouriense recebe no Pavilhão Municipal do Pinheiro o SL Benfica e apesar do empate da 1ª volta, antevê-se grandes dificuldades para a equipa de Jorge Godinho. Na 2ª divisão zona norte o SC Tomar depois do desaire caseiro frente ao HC Turquel viaja até São João da Madeira para defrontar a equipa local, num jogo onde a equipa de Nuno Lopes é favorita, na zona sul o União que efectuou uma boa exibição em Sintra na ultima jornada recebe o Vasco da Gama de Sines, uma equipa do seu campeonato e onde a vitória é o mínimo que se pode exigir aos pupilos de António Vicente. Na 3ª divisão série B a SFG Pais vai até á Bairrada para defrontar o HC Mealhada, num jogo teoricamente difícil, mas onde a equipa de Helder Santos poderá mostrar o seu valor contrariar o favoritismo local, na série C, o Santa Cita ainda a refazer-se da derrota caseira frente ao Estreito desloca-se até Rio Maior num jogo onde o grau de dificuldade é baixo e poderá servir para Rafael Oliveira fazer alguns testes antes da recepção ao Vilafranquense, em Coruche joga-se outro derby ribatejano Corujas contra Tigres e se os Corujas vem de um bom resultado em Peniche a equipa de João Graça vem de uma derrota em casa com contornos de goleada e no meio de uma crise de resultados.

1ª DIVISÃO – 18ª Jornada
1800 Horas – J. Ouriense - SL Benfica

2ª DIVISÃO – ZONA NORTE – 13ª Jornada
1800 Horas – AD Sanjoanense - SC Tomar
2ª DIVISÃO – ZONA SUL – 13ª Jornada
1800 Horas – União FE - Vasco da Gama AC

3ª DIVISÃO – SÉRIE B – 11ª Jornada
2100 Horas - HC Mealhada - SFG Pais
3ª DIVISÃO – SÉRIE C – 13ª Jornada
1800 Horas – CG “Os Corujas” - HC “Os Tigres”
2000 Horas – CN Rio Maior - ACR Santa Cita

PAULO BATISTA "FRONTALIDADE ACIMA DE TUDO"

Paulo Batista concedeu uma entrevista ao Blog Mundo do Hóquei, onde fala pela primeira vez após a sua saída do comando tecnico da Selecção Nacional. Sem “papas na lingua” e frontal, o ex-seleccionador nacional respondeu sem tabus ou rodeios a todas as questões colocadas. Deixemos aqui alguns excertos dessa entrevista que pode ser lida na integra clicando nos seguintes links:
- 1ª parte
- 2ª parte
1. As razões da saída
«A única foi o facto de em virtude da pior classificação obtida num mundial (...)»
2. Saiu magoado com alguem
«Magoado não saí, mas saí desiludido com o DTN(...). Não vou entar em mais promenores, porque isto é entre mim e o Luís Sénica. Enquadra-se no campo técnico »
3. Magoado com algumas reacções
«Só uma é que me feriu. A do Filipe Gaidão. (...) »
4. Esperava mais de algum jogador no Mundial
« Esperava. Do Carlos Silva (...) »
5. A FPP não chegasse a convidá-lo a sair
« A Federação não me convidou a sair (...) »
6. Como vê o hóquei em patins nacional neste momento
«Vejo-o com preocupação (...) »
7. Luís Sénica é uma boa escolha
«Acho que não era a escolha. Acho que só podia ser.
8. Responsáveis pela perda de publico nos pavilhões
«Os agentes do HP, ou seja todos nós. Que ninguem tire o cavalinho da chuva...»
9. Balanço da passagem pela selecção
«O balanço obviamente não é aquele que eu queria (...)»
10. Facto do seu nome ficar ligado á pior classificação
«É para o lado que durmo melhor (...)»

Cortesia:
Blog Mundo do Hóquei

quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

MUNDIAL DE CLUBES

A segunda edição do Campeonato do Mundo de Clubes vai realizar-se, de 22 a 28 de Setembro, em Réus, Depois da estreia, em 2006, em Luanda, ganha pelos italianos do Bassano, a competição vem para a Europa aproveitando o facto de o clube espanhol Réus comemorar o seu centenário este ano. O Mundial contará com a presença dos campeões português, espanhol, italiano, argentino, chileno, brasileiro e africano, o campeão europeu e, é claro o campeão mundial em titulo. Está prevista também uma poule de apuramento para uma vaga de um clube a discutir entre as regiões da América do Norte e Oceânia, até para alargar o âmbito internacional da competição. Uma das alterações votadas em assembleia-geral da FIRS (Federação Internacional de Roller Skating) para a prova é a aplicação de uma multa de dois mil dólares aos clubes que, por direito a participar, se recusem a fazê-lo. A organização da prova, entregue ao município e ao clubede Réus, à Federação Espanhola de Patinagem e à Wall Street, que irá garantir a transmissão televisiva para todo o Mundo, custeará todas as despesas relacionadas com a competição, excepto as deslocações das equipas até Barcelona.

In Jornal “A Bola”, edição de 09 de Janeiro de 2008

quarta-feira, 9 de Janeiro de 2008

MARIANA - UMA "SENHORA" JOGADORA

Mesmo para o espectador menos atento a equipa de Infantis do SC Tomar, não passa despercebida, quer seja pela sua qualidade em geral, quer seja por fazer parte dessa equipa uma menina de seu nome Mariana em particular. Mariana cedo se iniciou na modalidade e as suas qualidades técnicas e tácticas depressa se evidenciaram, relegando para o “banco” muitos dos seus colegas masculinos, actualmente com o titulo de campeã distrital na bagagem a juntar a outros entretanto ganhos tem á sua frente o maior desafio até então, o Nacional de Infantis. O Cartão Azul foi ter com ela e saber como é ser “menina”, no meio de tantos “meninos” e praticar um desporto que ainda é olhado como coisa de homens.
CA - Mariana, como e quando é que começou essa paixão pelo hóquei?
M - Começou quando o avô do João Martinho, mais conhecido por “Verga a Mola”, falou como o meu pai, se eu queria experimentar esta modalidade. Tinha os meus 5 anos quando comecei.
CA - Porque será que há poucas raparigas a jogar hóquei?
M - Penso que há poucas raparigas a jogar hóquei, porque acham que é um desporto mais masculino, e também há pouca divulgação assim como o facto do material ser um pouco caro.
CA - Qual a tua opinião acerca da teus colegas, e a relação que tens com eles?
M - Acho-os todos muito porreiros, além disso tratam-me como se fossem um deles, não há descriminação, o que me põem mais à vontade. Alguns são também meus colegas de turma.
CA - Pelo facto de seres uma rapariga a jogar no meio de rapazes, alguma vez te sentiste diferente em relação aos outros?
M - Como já referi em cima, eles põem-me à vontade e sinto-me inserida na equipa. Presentemente já há outra rapariga no meu escalão, que por acaso também se chama Mariana.

CA - Esta época, vão pela 1.ª vez ao nacional de Infantis. Quais são as perspectivas que vocês na equipa tem em relação ao Nacional?
M - Vai ser bom para nós porque é uma nova experiência, penso que estamos bem preparados. Vamos dar o nosso melhor, sabendo que há equipas melhores que a nossa. Vamo-nos esforçar pelas vitórias, mas se assim não for, o que interessa é o convívio e a experiência que vamos adquirir.
CA - Como é que vês o teu futuro em relação ao hóquei?
M - Gostava de continuar com os meus colegas, mas sei que isso não é possível e vou lutar para poder continuar a fazer aquilo que gosto, ou seja, praticar esta modalidade.
CA - Desejando-te as maiores felicidades desportivas, queremos agradecer a tua disponibilidade para esta pequena entrevista ao “Cartão Azul” e deixamos-te um espaço para enviares se assim quiseres, alguma mensagem aos adeptos desta modalidade.
M - Gostava de dizer às raparigas que gostam de desporto, que experimentem esta modalidade. Não deixem morrer o vosso espírito desportivo e o hóquei em patins feminino em Tomar.

Cortesia:
Entrevista/Foto: Carlos Martins

terça-feira, 8 de Janeiro de 2008

INICIADOS DO SCP CAMPEÕES DISTRITAIS

Os Iniciados do Sporting Clube de Portugal sagraram-se Campeões Distritais de Lisboa - Associação com mais Clubes na Formação, em Portugal. À partida, esta prova contou com 19 equipas tendo na fase final as 6 primeiras disputado o apuramento de 3 equipas para o Campeonato Nacional. O SCP conseguiu não só vencer todos os 12 primeiros jogos como as 10 partidas da 2ª fase, contabilizando um pecúlio invulgar: 22 vitórias em 22 jogos e com um score impressionante de 168 - 26. Os sempre rivais Paço de Arcos e S L Benfica ficaram a 6 e a 17 pontos, respectivamente.

Em cima e da esq para dta: Gilberto Borges ( Presid. Secção), António Rocha ( Coordenador Geral Técnico), Carlos Real ( Sec), André Pimenta ( Cap), Rafael Rocha, Daniel Real, Paulo Casimiro ( Treinador), Miguel Rocha, Pedro Delgado, Ana Silva ( Enf), Victor Silva ( Sec).
Em baixo da esq para dta: Jenha Kurson (GR), Diogo Neves, Victor Hugo ( GR), Filipe Dinis, José Diogo (GR), Gonçalo Alves.

Esta equipa será um dos adversários da J. Ouriense (Campeã do Ribatejo), juntamente com HC Turquel (AP Leiria), Boliqueime (AP Algarve), CD Paço Arcos (2º AP Lisboa), SC Aljustrelense (AP Alentejo), SL Benfica (3º AP Lisboa), 1º classificado AP Setubal

Fonte:

José Pedro Lopes
Comunicação e Imagem
AP
Sporting Clube de Portugal

INFANTIS DO SLB CAMPEÕES DISTRITAIS

Os Infantis do SL Benfica sagraram-se campeões distritais de Lisboa. No jogo de consagração venceram o Sporting CP por 6-0. Atingido que está o primeiro objectivo, o título distrital, os jovens “Águias” tem como objectivo uma boa participação a nível nacional e claro o título. Esta equipa será um dos adversários do SC Tomar campeão distrital do Ribatejo, juntamente com SC Marinhense (AP Leiria), GD Sesimbra (AP Setúbal), Sporting CP (2º AP Lisboa), CD Paço Arcos (3º AP Lisboa) e 4º classificado AP Lisboa, CP Beja (AP Alentejo).

Cortesia:
Foto: Hoquei Juvenil SLB

segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008

CU MICAELENSE PERDE NA SECRETARIA

O Clube União Micaelense a militar na 3ª Divisão série C, foi punido com falta de comparência no jogo com o HC Lourinhã referente á 10ª jornada. Este castigo tem contornos de difícil compreensão, sustentados na decisão do árbitro da partida, como na decisão do Conselho de Disciplina da FPP, que á luz de várias decisões tomadas anteriormente dá a sensação de ter dois pesos e duas medidas. Poderá consultar o artigo completo no site do União Micaelense.

GD ESTREITO VENCE LÍDER

Depois da vitória sábado em Santa Cita, o GD Estreito voltou a vencer desta feita o líder HC Lourinhã por 2-1 em jogo disputado ontem á tarde e a contar para a 11ª jornada. Com esta vitória o clube Madeirense ascendeu á 4ª posição com 20 pontos, relegando a equipa de Santa Cita para a 5ª posição. A Classificação é liderada pelo HC Lourinhã com 25 pontos, seguido do BIR com 23 e o Vilafranquense com 22 pontos. Uma série ao rubro.

domingo, 6 de Janeiro de 2008

J. OURIENSE GANHA EM COIMBRA

A equipa de juniores da Juventude Ouriense venceu hoje em Coimbra, e beneficiando da derrota do BIR e Turquel aproximou-se dos lugares cimeiros. Quando faltam disputar quatro jornadas para o fim da primeira fase, os comandados de Jorge Godinho, tem tudo em aberto para a manutenção na Poule A.

SFG PAIS VENCE SPORTING CP

A SFG Pais voltou a sentir o sabor da vitória ao derrotar o Sporting CP por 4-2 em jogo disputado ontem no Pavilhão Municipal de Tomar. Assim sendo a equipa de Hélder Santos passa a somar 6 pontos mantendo a 4ª posição a 7 pontos do 3º classificado e consequente apuramento para a Poule A. Nos outros jogos realce para a derrota do líder Alenquer frente ao Marinhense e nova goleada do Sintra ao Turquel.