domingo, 30 de Novembro de 2008

CORUJAS DEVORAM LOBINHOS

Foi com um expressivo 8-1 que o SC Tomar presenteou a J. Pacense e manteve a liderança do campeonato, se na época passada foi no Jâcome Ratton que a equipa de Nuno Lopes perdeu pontos contra equipas teoricamente mais fracas, este ano a tendência não se está a repetir apesar do empate com o FC Bom Sucesso, e o resultado de ontem prova que a equipa Leonina que manter-se nos lugares de topo. A J. Ouriense que ao intervalo vencia por 2-1 em Turquel frente ao também líder, acabaria por ver a equipa da casa dar a volta ao marcador na 2ª parte, 0 3-2 resulta de um livre directo que não lembra a ninguém, mas a equipa de João Simões viria a marcar novamente e fixar o resultado final em 4-2. Com este resultado a equipa de Manel Domingues caiu para a 11ª posição.
A Sul o União suou a bom suar para levar de vencida a equipa da Amadora que ao intervalo vencia por 1-0. Na 2ª parte a equipa de António Vicente consegue dar a “cambalhota” ao marcador 2-1, mas depois de uma parte teatral onde um jogador do União tenta “cavar” uma falta na área adversária, no contra ataque a equipa forasteira faz de novo o empate, para nos minutos finais o Zé Miguel fixar o resultado final 3-2.
Na 3ª divisão série B a SFG Pais foi empatar 5-5 a Arazede, que fez o primeiro ponto da época. A equipa de Hélder Santos ocupa agora a 3ª posição com 12 pontos menos 4 que o 2º classificado SC Marinhense que ontem recebia o líder AA Coimbra e uma vitória daria a liderança, mas acabou derrotado por 7-4 e viu a equipa da Cidade dos Estudantes consolidar a liderança com 21 pontos. Na série C, sinal mais para os Corujas que venceram 3-2 os Lobinhos e voltam a subir na tabela classificativa. Por seu turno os Tigres nova derrota, desta feita em Peniche 3-2 foi o resultado e a equipa de Almeirim continua sem pontuar. A ACR Santa Cita foi derrotada em Valado dos Frades pelo BIR, 2-0 foi o resultado e a equipa da casa assumiu a liderança ao passo que a equipa de Luís Miguel Cunha se encontra na 6ª posição com 9 pontos e a 7 do líder.


sábado, 29 de Novembro de 2008

HÓQUEI DAS FÁBRICAS

A equipa de Veteranos do G.D.Fabril, mais conhecida como Hóquei das Fábricas, nascidos, criados e formados nesse grande clube. Com mais de 30 veteranos activos e não activos dos quais fazem parte os grandes Leonel Fernandes,Vitor Domingos e José António.

sexta-feira, 28 de Novembro de 2008

MARCO PEDRO REGRESSA AO UNIÃO

Será uma J. Pacense moralizada depois da vitória sobre o Espinho que viajará amanhã até Tomar para defrontar o Sporting local, que lidera a prova, e de certeza quererá manter essa liderança, e assim sendo a equipa de Nuno Lopes terá que vencer a equipa da Capital do Móvel. A J. Ouriense viaja até Turquel depois de dois empates num jogo cuja antevisão já foi publicada neste espaço. Na zona sul a equipa de António Vicente recebe a AA Amadora, ambas as equipas tem 7 pontos e antevê-se um jogo equilibrado. A equipa da União ainda não poderá contar com Pedro Brazete a cumprir o segundo de quatro jogos de castigo, e pela parte da equipa da Amadora, é o regresso de Marco Pedro aos ringues Ribatejanos, ele que a época passado treinava os Benjamins da equipa da cidade dos Comboios.
Na 3ª divisão, série B a SFG Pais depois do empate frente ao SC Marinhense viaja até Arazede, para defrontar o ultimo classificado que ainda não pontuou na presente temporada. Na série C os Tigres também sem pontuar ainda, viajam até Peniche num jogo que se prevê difícil, e onde esta época os Corujas pontuaram, Corujas esses que recebem os Lobinhos numa fase de mexidas na equipa, mas com a moral em alta depois da vitória em Almeirim no fim de semana passado. Por fim a ACR Santa Cita desloca-se até Valado de Frades para defrontar o BIR um dos candidatos á subida num jogo onde a equipa de Miguel Cunha tentará repetir o resultado da época passada.

ESTEJAM AO VOSSO NÍVEL

São jogos importantes, e vão ter árbitros Ribatejanos a dirigi-los, estou a falar no caso do HC Turquel – Juventude Ouriense a contar para 7ª jornada da 2ª divisão zona norte, que terá a dupla António Gameiro e Manuel Marques, e o SC Marinhense – AA Coimbra da 3ª divisão série B onde Rui Taborda será o juiz.
São jogos com contornos diferentes, se o 1º opõe o líder ao ex-primodivisionário J. Ouriense actualmente na 8ª posição não deixa de ser um jogo onde se espera um hino á modalidade, até pelo carisma dos dois conjuntos, e se o HC Turquel depois do resultado negativo em Marco de Canavezes está proibido de perder pontos sob pena de perder também a liderança, a equipa de Ourém depois de dois empates seguidos irá procurar a vitória até pelo facto de uma vitória colar a equipa de Manel Domingues á de João Simões.
Na Marinha Grande e no Pavilhão da Embra será um “choque de titãs” entre o Sporting local (2º classificado) e a AA Coimbra (1ª classificada só com vitórias). A equipa da cidade Vidreira que cedeu os primeiros pontos no passado fim de semana frente ao surpreendente SFG Pais, tem a oportunidade de ouro para passar para a frente da classificação sendo a vitória factor obrigatório, por seu lado a equipa da cidade dos Estudantes tem neste jogo e em caso de vitória a oportunidade de começar a cavar um “fosso” para consolidar a liderança e cimentar o sonho da subida.
Portanto dois excelentes jogos em perspectiva, onde se espera que a arbitragem Ribatejana esteja ao seu melhor nível.

quinta-feira, 27 de Novembro de 2008

ANTEVISÃO

Sábado pelas 2100 horas em Turquel a equipa da casa, actual líder da 2ª divisão zona norte, a para do SC Tomar, recebe a J. Ouriense. Ambas as equipas veem de resultados diferentes na pretérita jornada, se a equipa Turquelense foi goleada em Marco de Canavezes pelo Hóquei Local por 6-1, a equipa Ouriense cedeu um empate caseiro (1-1) frente ao Infante de Sagres. Separados na tabela classificativa por 4 pontos, deixamos a antevisão da partida por parte dos treinadores dos dois clubes, numa excerto do site oficial do HC Turquel.

Estamos à espera de um jogo entre duas equipas que gostam de ter a bola e assumir as "despesas" do jogo. Julgo que o jogo vai ser pautado pelo equilíbrio e a concentração pode ser determinante.Tudo faremos para conquistar os 3 pontos. Aproveito para desejar tudo de bom ao Nuno Domingues e ao Zé Valente.

João Simões - Treinador do H.C. Turquel

Antes de falar no jogo de Sábado, falo em meu nome particular: é sempre bom voltar a uma casa que já foi "minha", onde fui bem tratado e a um pavilhão no qual dá gosto jogar, uma vez que está sempre bem composto de assitência. Em relação ao jogo, espero um jogo extremamente difícil, onde vamos defrontar uma equipa que não perde em casa para o Campeonato há mais de um ano, e que é composta por jogadores com muito valor, apesar de jovens, e uma equipa extremamente combativa e que sabe o que faz em campo. Quanto a nós, vamos, como é óbvio, jogar para ganhar respeitando como sempre o adversário, ainda mais sabendo o vaor do mesmo. Penso que será um jogo extremamente combativo, com duas equipas à procura dos erros do adversário para tentar concretizar. Espero uma boa assistência, o que é sempre bom para a modalidade e para o jogo, pois dá gosto jogar com pavilhões cheios, coisa rara em Portugal. Aproveito ainda para desejar as maiores felicidades ao H.C. Turquel e enviar um abraço ao João Simões.

Nuno Domingues - Treinador da J. Ouriense

Fonte: Site HC Turquel

NA LIDERANÇA

Numa fase em que o Cartão Azul, vai lentamente e a pouco e pouco diminuindo a actividade, fruto da proximidade de novos desafios profissionais que estão previstos para o inicio de 2009, este espaço consegue manter da liderança por dois dias consecutivos no Ranking do "Shiny Stat". Tendo o valor que tem, para mim significa que os visitantes continuam a acreditar neste meu projecto, e que merecem que dentro das minhas possibilidades tente manter o espaço com a informação actualizada. A todos aqueles que diariamente fazem deste espaço local de visita obrigatória, o meu obrigado, até pelo facto de terem sido vocês que transformaram o Cartão Azul, naquilo que ele é actualmente.

Atenciosamente
Francisco Gavancho

quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

MEXIDAS EM CORUCHE

Sérgio Nunes e Luís Peralta já não são jogadores do GC "Os Corujas". Se o primeiro abandona a equipa por ter recebido o convite de outra equipa, com aspirações diferentes e mais ambiciosas, o segundo que esta época trocou Almeirim por Coruche abandona por motivos pessoais. São assim duas baixas na equipa de João Taipina. Recorde-se que a equipa das margens do Sorraia, venceu no passado fim de semana o HC "Os Tigres" por 2-1, naquele que é considerado o derby do sul Ribatejano, e ocupa a 8ª posição da série C da 3ª divisão nacional com 5 pontos ao fim da 6ª jornada.

Fonte: Blog GC "Os Corujas"

UM ÁRBITRO NA CARTOLA

Em meados dos anos Cinquenta inventei um árbitro de hóquei em patins, que chegou a internacional e foi considerado um dos melhores árbitros portugueses, se não europeu, nesta mesma modalidade.
A história, conto-a em poucas palavras: tínhamos constituído aqui, na nossa cidade, uma nova equipa de hóquei, denominada Hóquei Clube Pax Julia, de cuja direcção também fazia parte Manuel Dias Soares, ao tempo gráfico do jornal onde, curiosamente, hoje faço inserir esta pequena história.
Num certo dia e para surpresa nossa (esperávamos não ser ainda tão conhecidos) recebemos um convite do Salátia Atlético Clube, de Alcácer do Sal, para ali realizarmos um encontro com o dito clube.
Orgulhosamente, aceitámos esse convite, a deslocação que era a nossas expensas, fizemo-la, salvo erro, em dois automóveis cedidos para o efeito por companheiros da casa, e aqui vai a malta a caminho daquela simpática terra para nós até ali desconhecida.
Fomos recebidos com todas as gentilezas (que diabo, eles são tão alentejanos como nós) e a certa altura interpelam-nos, querendo saber se tínhamos levado árbitro.
No receio de dizer que não (o que até era verdade), não arranjassem eles algum de improviso à última hora, adiantei-me à conversa, para dizer que sim senhor, tínhamos ali um bom árbitro, e apresentei o Manuel Soares, que, com uma certa surpresa, olhou-me de revés e sorriu.
Eu sabia antes de mais que o Manel não só conhecia tim-tim por tim-tim as regras do hóquei como melhor ainda as sabia interpretar. Ele, nos treinos da nossa equipa, já há muito nos revelara essa faculdade.
O Manuel Soares assumiu o compromisso, fez uma excelente arbitragem, sem motivos sequer a qualquer reparo por parte da assistência, que era muita, e ali descobriu-se um árbitro.
Pois este nosso jovem companheiro (hoje, de novo, a residir em Beja), uns anos mais tarde foi para Lisboa integrar os quadros do então "Diário Popular" e aí continuou apaixonado pelo hóquei em patins e pelas suas regras. Atingiu rapidamente a carreira de árbitro nacional da 1ª divisão, para em tempo quase recorde se guindar a internacional, escalão onde as suas actuações sempre mereceram dos críticos da especialidade as melhores e mais insuspeitas referências. Assim "inventei" eu um grande árbitro de hóquei!

terça-feira, 25 de Novembro de 2008

MAIS UMA AGRESSÃO VIOLENTA

No decorrer do jogo Vilafranquense - CDPA para o Campeonato Nacional da 2ª Divisão Seniores Masculinos, o nosso valoroso atleta foi mais uma vitima da violência que infelizmente tarda em ser banida da modalidade que todos gostamos.
Quando o jogo se aproximava do fim, João Rodrigues depois de ultrapassar o adversário directo, foi violentamente e cobardemente travado com uma stickada na mão, que lhe provocou uma grave fractura do dedo polegar direito, estando previsto ser submetido a uma delicada intervenção cirúrgica para reconstituir o dedo ainda esta semana, prevendo-se uma paragem de cerca de dois meses.
O que vai acontecer ao cobarde agressor Hugo Martins? Infelizmente mais uma vez não vai acontecer nada, porque o sr. árbitro marcou o respectivo penalti, mas entendeu que esmagar o dedo a um adversário não é suficiente para ver o cartão vermelho, daí mostrou-lhe o cartão amarelo....
A FPP não pode deixar passar isto em claro, se o arbitro errou, abra-se um inquérito para que seja feita a justiça.

O Director dos Desportos de Pista e Campo do CDPA
João Augusto de Carvalho Rodrigues


ALEGRIA A RODOS

Realizou-se no passado domingo, o 1º convívio de BAMBIS no Pavilhão. Jácome Ratton entre as equipas do Sporting de Tomar, União F. Entroncamento e H.C.Turquel.
Foram cerca de 30 jovens com idades entre os 5 e 7 anos, que deliciaram o muito publico presente na bancada.
Os resultados nestas idades não interessam a notar pela reacção de cada jogador, que se divertiam contagiando todos os que verificavam as habilidades dos patinadores com pormenores muito interessantes para as suas idades.
Foram 3 jogos de igual fervor, alegria e animação entre todos.
Este foi o primeiro de 3 convívios, que depois se fará na cidade do Entroncamento e Turquel.

Para efeitos meramente estatísticos aqui ficam os resultados
Sp.Tomar 7 - H.C.Turquel 1
U.F.E 5 - H.C.Turquel 0
Sp.Tomar 4 - U.F.E 1
Foto e Texto de Paulo Beirante

segunda-feira, 24 de Novembro de 2008

SAB FOI UM JUSTO VENCEDOR

Em jogo a contar para a 6ª jornada do campeonato nacional da 2ª divisão, o União do Entroncamento tinha a difícil tarefa de se deslocar ao sempre complicado ringue do Alenquer, num jogo de emoções fortes, onde pela frente estavam alguns nomes que no passado estiveram ligados ao UFE, como era o caso do Marco Bento e David Vieira, assim como o Treinador Rafael Oliveira.
Perante pouco publico por parte da equipa da casa e cerca de 15 adeptos da equipa do Entroncamento, começou melhor a equipa da casa, a tentar assumir o jogo desde o primeiro minuto não sendo de estranhar por isso que fosse a equipa do Alenquer a chegar ao golo de livre directo através do experiente jogador Bruno Monteiro.
Parecia acordar então a equipa que viajou da cidade dos comboios, tendo mesmo alguns períodos de bom hóquei alternando com remates de longa distância que pouco perigo levavam á baliza do guarda-redes do Alenquer. Á passagem do 15' minuto, chegava então ao empate a equipa do União através de uma grande penalidade convertida por Miguel Boavida. Chegava o intervalo com o resultado a assinalar uma igualdade a um golo, justo para o que se ia passando dentro de ringue.
Com a chegada do segundo tempo, foi novamente a equipa do Alenquer a entrar melhor na partida, mais pressionante sobre o adversário, chegando mesmo ao segundo golo num remate de meia distância onde o guarda redes do União parece ser mal batido, com a bola a bater na barra e nas costas do Guilherme antes de entrar na baliza.
O 2-2 chegaria pouco depois através de Rui Alves em jogada individual para pouco tempo depois novamente Simões num remate cruzado dentro da área Unionista a marcar o seu segundo golo no encontro e a fazer o resultado final.
Na minha opinião penso que o resultado acaba por ser justo, premiando a equipa da casa pela inteligência táctica como abordou o jogo, sendo de realçar que o União viajou até Alenquer sem dois dos seus habituais titulares, o Brazete a cumprir o primeiro de injustos 4 jogos com que foi castigado e o Pedro Sousa, numa ausência, que devido a algumas contradições, não sabemos o motivo.
Nota positiva para os cinco jogadores de campo que jogaram pelo União, alguns completamente esgotados, mas que incompreensivelmente jogaram o jogo todo mostrando o significado de vestir a camisola do união, tendo ficado no banco sem ser opção, Ricardo Camarinhas, Eduardo e Chiquinho, sendo que para mim este ultimo seria uma solução válida para este jogo, sendo um jogador que gosta de jogar perto do guarda redes adversário e talvez pudesse aproveitar algum dos inúmeros remates que o união fez sem que tivesse algum jogador dentro da área do adversário.
De destacar ainda a presença de alguns adeptos do UFE em Alenquer, o que demonstra que afinal os atletas e o clube não andam sozinhos na luta, e que ao contrário de outros, e alguns com responsabilidades, o campeonato do União não é só no Pavilhão Albano Mateus no Bar uma hora antes do jogo. O União precisa de apoio, e acima de tudo, de gente que apoie, quanto mais não seja pelos atletas que servem as nossas cores.
Nota negativa para os árbitros que viajaram desde Leiria, com alguns erros técnicos, em prejuízo para ambos os lados, onde se evendiciou a falta de autoridade e o tremer na hora de decidir. O jogo merecia uma dupla mais bem preparada.
A minha nota final vai para a já habitual onda de cartões que todas as semanas são mostrados á equipa do união, coisa que não vinha sendo habitual nas ultimas épocas, e que concerteza irá e terá de ser ultrapassado para que não se dêem ao luxo de ter semanalmente atletas de fora, numa altura em que todos são poucos para ultrapassar os adversários semana após semana, sendo certo que alguns serão justos, outros injustos mas se calhar a maioria deles por culpa própria em alturas de jogo onde se começa a pensar mais com o coração do que com a cabeça.

Crónica de Mário Serra

domingo, 23 de Novembro de 2008

VITÓRIA DA MELHOR EQUIPA

O Santa Cita dominou o jogo, no entanto foi o H.C.Lourinhã que abriu o marcador num penalti, em que o defesa do Santa Cita ao tentar cortar a bola levantou-a dentro da área, mas houve uma natural reacção do Santa Cita que veio a restabelecer o marcador em 1-1. A partir daí o Santa Cita foi para cima do adversário, mas contra a corrente do jogo a equipa da Lourinhã voltou a marcar e novamente de penalti (penso que tenha sido algo exagerado), passando o marcador a registar 1-2. Logo a seguir o Treinador do Santa Cita pede um desconto de tempo para rectificar alguns aspectos, o que veio a dar frutos, porque, o Santa Cita conseguiu virar o resultado para 4-2 (resultado do final da 1ª parte), com golos de Nuno Nobre 2 e Rui Oliveira 2. Na 2ª parte houve mais equilíbrio em que o marcador registou 1-1, o golo marcado neste 2º tempo foi autoria de Rui Oliveira. No fim registou-se uma vitória do Santa Cita por 5-3. Nota positiva - João (G.R do Santa Cita), Nota negativa - O pouco público presente no pavilhão da A.C.R.Santa Cita.

Crónica de Nunão

SC TOMAR É LIDER A NORTE

O SC Tomar é o líder da 2ª Divisão zona norte a par do HC Turquel ambos com 12 pontos. Apesar do empate de ontem na Feira por 2-2 frente ao Académico local, a equipa de Nuno Lopes beneficiou da derrota do Turquel 6-1 frente ao HC Marco.
A J. Ouriense não foi além de um empate na recepção ao Infante de Sagres, 1-1 foi o resultado final e a equipa de Manel Domingues caiu para a 12ª posição com 8 pontos, mas até ao 3º lugar a diferença pontual é apenas de 3 pontos, o que vem provar o equilíbrio que se verificada na zona norte.
A Sul o S Alenquer B venceu o União FE por 3-2 com 1-1 ao intervalo e ascendeu ao 9º lugar com 7 pontos os mesmos que a equipa de António Vicente que ocupa a 11ª posição, num jogo equilibrado, mas com um justo vencedor.
Na série B da 3ª Divisão a SFG Pais empatou com o líder SC Marinhense, 3-3 foi o resultado final, e permitiu á AA Coimbra que assumisse o comando da série. Quanto á equipa de Hélder Santos se não tivesse sido o “deslize” do fim-de-semana passado frente ao SCL Marrazes, estaria confortavelmente na 3ª posição.
Na série C, a ACR Santa Cita, recebeu e venceu o HC Lourinhã por 5-3, e deu mais um salto na classificação, empurrando o adversário para vice lanterna vermelha, cujo o detentor é o HC Almeirim que ontem em casa foi derrotado pelo vizinho GC “Os Corujas” por 2-1, continuando sem vencer na presente temporada, ao passo que a equipa das margens do Sorraia subiu á 8ª posição por troca com o HC Lourinhã.


sábado, 22 de Novembro de 2008

HÁ DERBY EM ALMEIRIM

Realiza-se hoje a 6ª jornada dos Nacionais da 2ª e 3ª divisões, uma jornada com diversos pontos de interesse como por exemplo o sempre apetecível derby Tigres – Corujas, mas comecemos pela 2ª divisão zona norte, onde o SC Tomar actual 2º classificado, viaja até á Feira para defrontar o Clube Académico local, que se encontra abaixo da linha de água com 4 pontos. A Juventude Ouriense depois do empate em Ponte de Lima recebe no Pavilhão Municipal do Pinheiro o histórico CI Sagres, a equipa de Manel Domingues encontra-se na 9ª posição com 7 pontos, exactamente os mesmos do seu adversário.
A sul, o União desloca-se até á Vila Presépio para defrontar o S Alenquer B, num jogo que vai ser o reencontro de Rafael Oliveira, Marco Bento e David Vieira com a sua ex-equipa. A equipa de António Vicente não vai poder contar com Pedro Brazete a cumprir castigo após a expulsão do passado domingo. O União FE é 7º classificado com 7 pontos, ao passo que a equipa de Rafael Oliveira ocupa a 12ª posição com 4 pontos.
Na 3ª divisão série B, a SFG Pais depois do desaire caseiro frente ao SCL Marrazes, recebe o líder SC Marinhense, num jogo que será a prova de fogo para a jovem e promissora equipa de Hélder Santos, que em caso de vitória se aproxima dos lugares cimeiros. Na série C, derby em Almeirim, quando pelas 1900 horas Carlos Fagulha der inicio a mais um HC “Os Tigres” versus GC “Os Corujas”. Longe do fulgor de outras épocas, não deixa de ser o derby do sul Ribatejano, e este ano com motivos de interesse como por exemplo ver o Peralta evoluir com as cores dos Corujas, e ver a equipa azul e branca em busca da primeira vitória e tentar entregar a lanterna vermelha ao adversário que viaja desde as margens do Sorraia. A ACR Santa Cita depois da goleada sofrida em Peniche (numa exibição fabulosa do guardião da casa – admira-me como um atleta daquela qualidade, ainda não deu o salto para um escalão superior, pois qualidade tem e muita), recebe o HC Lourinhã que este ano ao invés de épocas anteriores se encontra numa posição modesta, é 8º com 3 pontos, menos três pontos e um jogo que a equipa de Luís Miguel Cunha que é 7º com 6 pontos.

sexta-feira, 21 de Novembro de 2008

CONVÍVIO DE BAMBIS

A Secção Juvenil do SC Tomar vai levar a efeito no próximo domingo dia 23, um Convívio de Bambis com a participação das equipas do HC Turquel, União FE e a equipa organizadora. O evento decorrerá na parte da manhã e tem o seu inicio previsto para as 1000 horas.

quinta-feira, 20 de Novembro de 2008

ALTO PRESTÍGIO PARA A SELECÇÃO

A Selecção Nacional de Hóquei em Patins campeã do Mundo em 1947 vai ser distinguida pela Confederação do Desporto de Portugal (CDP) com o prémio Alto Prestigio. A Selecção Nacional de Hóquei em Patins vai ser representada por Correia dos Santos, hoquista do Paço de Arcos e único sobrevivente do conjunto que conquistou o primeiro título mundial do desporto português.
O prémio Alto Prestigio é uma distinção da Confederação e será entregue hoje, no Casino do Estoril no decorrer da Gala do Desporto, que este ano é subordinada ao tema “amor à camisola”

In Jornal “Record” edição de 20 de Novembro de 2008

ESTE ANO NÃO HÁ !!!

(Cartaz da edição 2007)

Este ano não há Inter-Regiões… A direcção da Federação de Patinagem de Portugal decidiu cancelar a segunda edição do Torneio Inter-Regiões de Sub-18 Feminino O motivo para este cancelamento foi, segundo informa a FPP em Comunicado Oficial, a falta de candidaturas para organizar o evento. Como nenhuma das Associações de Patinagem inscritas mostrou interesse em organizar a prova, em parceria com a Federação de Patinagem de Portugal, a direcção da FPP, na sua reunião de 7 de Novembro de 2008, deliberou cancelar esta segunda edição do Inter-regiões de Sub-18 Feminino (Natal 2008).

O Cartão Azul agradece ao visitante que enviou o texto

quarta-feira, 19 de Novembro de 2008

FALECEU MÁRIO FERNANDO

É com enorme tristeza que o Sport Alenquer e Benfica, família e amigos, e o hóquei em patins vêem partir Mário Fernando com 47 anos de idade.Mário Fernando, que actualmente integrava a equipa de Veteranos do Alenquer e Benfica, deixa-nos sem aviso prévio, vítima de morte súbita.O Cartão Azul envia a todos os familiares, amigos e ao S Alenquer B as mais sentidas condolências.

Fonte/Foto: Hóquei Alenquer

terça-feira, 18 de Novembro de 2008

INFANTIS DO SANTA CITA VENCEM

Foi o jogo que o José Trincão Farinha merecia, um jogo emotivo com duas boas equipas, incerteza no resultado e emoção a rodos, tudo isto envolvido no mais puro fair-play que se poderia exigir a estes jovens praticantes.
A ACR Santa Cita venceu por 6-5 o HC Santarém e conquistou a 1ª edição do Troféu, que se disputou no Palácio dos Desportos em Torres Novas. Ambas as equipas provaram o porquê de terem vencido as respectivas séries e serão sem duvidas os mais sérios candidatos á conquista do Distrital de Infantis que tem o seu início marcado para o próximo domingo dia 22 de Novembro.

segunda-feira, 17 de Novembro de 2008

PAPARUCO - O COMENTADOR

"Maior maturidade foi sinónimo de vitória"

Depois do empate “sofrido”, obtido na tarde/noite anterior, o União FE recebeu ontem no Albano Mateus, o líder do Campeonato, que viajava da mais bonita ilha Portuguesa (na minha opinião) São Miguel. Ambas as equipas que tinham empatado na jornada anterior não deixaram os seus créditos por mãos alheias, e proporcionaram aos espectadores presentes uma boa partida de hóquei.
O Santa Clara com boas trocas de bola e um jogo coeso ia empurrando a equipa da casa para o seu meio ringue, mas a velocidade de Pedro Sousa aliada a uma defesa segura, ia criando alguns calafrios na defesa Açoriana. Antes do golo do Santa Clara a equipa de António Vicente (que viu o jogo da varanda de acesso ao bar, motivado pela expulsão do jogo anterior), ainda acertou na barra da baliza adversária e proporcionou excelentes intervenções ao guarda-redes. O golo forasteiro viria a aparecer aos 11 minutos, para a um minuto do fim a equipa do Santa Clara fazer o 2-0 com que se chegou ao intervalo.
Na 2ª parte a equipa Unionista entrou com vontade de dar a volta ao marcador, mas a notória falta de sorte ia adiando o golo alvi-negro, e fruto desse adiamento o Santa Clara viria a aproveitar para ampliar o resultado, estavam decorridos apenas 4 minutos do tempo complementar. Começou a pensar-se que estava tudo perdido e o resultado começaria a tomar contornos de goleada, puro engano, a equipa do União continuou concentrada e procurando o golo que teimava em fugir, até que a 4 minutos do fim o consegue atingir, para no minuto seguinte reduzir para a margem mínima. Com o publico a puxar pela sua equipa o União empolgou-se, mas uma falta de Pedro Brazete atrás da baliza adversária, e que o arbitro considerou agressão, leva a expulsão do jogador do União e o consequente livre directo, que Júlio Soares não desperdiça, colocando de novo a diferença de 2 golos. No último minuto numa jogada fantástica, Rui Alves (que a pouco e pouco está a voltar ao seu melhor) reduz para 3-4 num golo fabuloso. A experiência da equipa Açoriana fez com que nos segundos que restavam a bola se mantivesse longe da sua baliza, segurando assim 3 preciosos pontos e a liderança isolada da classificação.
Sinal mais no União para Pedro Sousa e Rui Alves, no Santa Clara para Júlio Soares, treinador-jogador que se revelou um Senhor, tanto nas suas funções como no respeito pelo adversário e pelo publico.
Sinal menos para uma fracção do publico que da varanda teima em ofender o adversário, quando na esmagadora maioria dos casos não tem razão para tal e para um jogador do Santa Clara, que respondeu em termos menos próprios e que nada dignificam o emblema que ostenta, para finalizar o nº 8 do Santa Clara que fazendo uso do sua compleição física aproveitou para usar e abusar dela, e no lance da expulsão do jogador do União esteve ao mais alto nível, fazendo lembrar alguém do elenco do La Feria, e o penso no nariz só enganou que assim o quis. Quanto á dupla de arbitragem que viajou de Coimbra, com uma actuação sem interferência no resultado, mas como uma decisão que penaliza o jogador Pedro Brazete, na sua expulsão, a falta existe sem duvida, mas o “teatro” do jogador Açoriano, fez com que fosse mostrado o vermelho directo, quando o azul seria em duvida nenhuma a sanção disciplinar adequada.
Para terminar um grande abraço para o Sérgio Mourato, que tive o prazer de conhecer pessoalmente e que deve ser garantidamente (e fica já o pedido de desculpa em caso de engano) o único Alentejano natural de Alpalhão-Nisa, que joga hóquei, porque o outro que está ligado à modalidade sou eu e nem de patins sei andar.

domingo, 16 de Novembro de 2008

DIGNA DE ENTRAR NO GUINESS

O SC Tomar venceu o Riba D’Ave por 6-4 e manteve a 2ª posição com 11 pontos logo atrás do líder HC Turquel. A equipa de Nuno Lopes tem agora 2 pontos de avanço sobre o 3º classificado o FC Bom Sucesso. Na próxima jornada a equipa Leonina viaja até á cidade da Feira, para defrontar o CA Feira. Por seu turno a equipa da J. Ouriense que viajou até ao Minho, mais propriamente até Ponte de Lima, empatou 3-3 frente aos Limianos e caiu duas posições na tabela classificativa, sendo agora 9º com 7 pontos, os mesmos do CI Sagres, seu próximo adversário.
A Sul o União FE depois de na 1ª parte estar em desvantagem por 0-2, conseguiu empatar 2-2, resultado esse com que terminou a partida. Foi sem duvida um jogo atípico, com expulsões para ambas as partes, golos anulados, livres directos dignos de entrada directa no Guiness, enfim um jogo onde os principais intervenientes nem equiparam de preto e branco, nem de vermelho e preto, e apesar dos erros terem prejudicado ambas as equipas, a equipa da linha acabou por ser mais penalizada. A equipa de António Vicente (que foi expulso), ocupa a 7ª posição com 7 pontos.
Na 3ª divisão série B a SFG Pais conheceu pela primeira vez o sabor da derrota, 3-5 foi o resultado com a equipa do SCL Marrazes a vir conquistar 3 pontos á cidade do Nabão.
Na série C, três jogos e outras tantas derrotas. A ACR Santa Cita depois das vitórias na jornada dupla do fim-de-semana passado, foi goleado em Peniche por 5-1 frente ao C Stella Maris. Na Madeira os Tigres averbaram nova derrota desta feita frente ao São Roque por 4-1, numa altura em que se fala em reforços para os lados da equipa da Capital da Sopa da Pedra. Por fim os Corujas receberam o líder Vialonga e saíram derrotados pela margem mínima, 5-4 foi o resultado para a equipa dos arredores de Lisboa.
Hoje disputa-se o jogo antecipado da 9ª jornada da 2ª Divisão Nacional zona Sul, que opoõe o União FE ao líder Santa Clara que ontem empatou 3-3 frente ao também líder AE Física. O jogo tem início marcado para as 1800 horas no Pavilhão Albano Mateus no Entroncamento.

sábado, 15 de Novembro de 2008

O HÓQUEI ESTÁ MAIS POBRE

O Hóquei em Patins está de luto. Faleceu ontem pela manhã, o atleta Ricardo Sequeira de apenas 20 anos em circunstâncias trágicas. Sénior da equipa do CD Boliqueime, era tido como uma pessoa alegre e amiga, e profissionalmente disciplinado o que lhe conferia um futuro promissor.
Fica assim a modalidade mais pobre, e neste momento só apraz dizer “Estejas onde estiveres descansa em paz”
O Cartão Azul envia as sentidas condolências a todos os familiares e amigos, assim como ao CD Boliqueime.

ESCOLINHA HÓQUEI EM PATINS

sexta-feira, 14 de Novembro de 2008

AGENDA PARA DIA 15/11/08

Jogo entre ex-primodivisiónarios terá lugar amanhã pelas 1800 horas no Pavilhão Jacome Ratton entre o SC Tomar e o Riba d’Ave. A equipa de Nuno Lopes actual 2ª classificada recebe o 5º classificado com apenas menos um ponto. A J. Ouriense que no passado fim-de-semana regressou ás vitórias desloca-se até ao Minho para defrontar os Limianos que com apenas 3 pontos se encontram abaixo da linha de água.
A Sul jornada dupla para a equipa de António Vicente que com 6 pontos alcançados se encontra na 6ª posição, e assim sendo no sábado recebe o Parede FC 10º classificado com 4 pontos, para no domingo receber o Santa Clara que conta por vitórias os jogos realizados, e lidera ex-equo a classificação com a AE Física seu adversário de sábado.
Na 3ª divisão série B, a SFG Pais depois da vitória tranquila do passado sábado, volta a jogar perante o seu publico e desta feita o adversário é o SCL Marrazes. Na série C, o lanterna vermelha, HC “Os Tigres” viaja até á Madeira para defrontar o São Roque. A ACR Santa Cita depois das vitórias na jornada dupla, viaja até Peniche para defrontar o C Stella Maris. Por fim os GC “Os Corujas” recebem a GD Vialonga actual 2ª classificado.

O MEU PONTO DE VISTA

Tem sido recebidos vários comentários acerca do jogo União FE - CD Santa Clara que terá lugar no próximo domingo pelas 1800 horas, manifestando o desagrado pelo facto do mesmo ter sido marcado sem o prévio conhecimento do clube do Entroncamento. O jogo relativo á 9ª jornada foi antecipado, no âmbito das jornadas duplas realizadas pela equipa Açoriana, quando das deslocações ao Continente.
Nos Blogs não oficiais do União FE e do CD Santa Clara esgrimem-se argumentos em relação á realização do encontro, pelo facto do mesmo não ter sido comunicado, ou pelo facto do mesmo ter sido comunicado, etc, etc, etc.
Sem querer tomar partido de qualquer uma das partes envolvidas, acho que estas situações deveriam ser esclarecidas no inicio de cada época, afim de evitar situações idênticas, e alterações em Comunicados da FPP, já com o campeonato a decorrer, achando no entanto que deveria ser sempre salvaguardadas situações pontuais e inopinadas, como por exemplo questões relacionadas com o transporte aéreo.

quinta-feira, 13 de Novembro de 2008

TAÇA JOSÉ TRINCÃO FARINHA

HC Santarém e ACR Santa Cita irão disputar no próximo domingo dia 16, pelas 1115 horas no Palácio dos Desportos de Torres Novas a final da Taça José Trincão Farinha, no escalão de Infantis.
É assim o culminar desta prova, em que a AP Ribatejo homenageou a titulo póstumo o seu vice-presidente falecido no passado dia 15 de Junho, vítima de doença prolongada.
A equipa de Santarém venceu a série A, contando por vitórias os jogos realizados com 38 golos marcados e 4 sofridos, ao passo que a equipa de Santa Cita consentiu apenas um empate e marcou 19 golos sofrendo apenas um na série B. Assim sendo antevê-se uma grande partida de hóquei em patins, que se espera seja a justa homenagem a quem tanto deu ao hóquei Ribatejano

quarta-feira, 12 de Novembro de 2008

A ESTRELA DE DAVID

No passado Domingo, deslocámo-nos até Santa Cita para assistir ao encontro entre a equipa local e o J. Ouriense a contar para a 5.ª jornada do Campeonato Distrital de Iniciados. Encontrando-se frente a frente as duas formações “outsiders” da prova, era com alguma expectativa que se esperava por este jogo. Podemos dizer que as pessoas que assistiram ao jogo devem ter dado por bem empregue o tempo despendido.
O J. Ouriense entrou mais afoito, encostando o seu adversário à defesa, procurando assim provocar pressão e aproveitar os erros defensivos. E foi com naturalidade que o Ourém inaugura o marcador através de Tiago que aproveitou da melhor forma um passe de David André. O Santa Cita sentiu o golo, não se encontrando em campo, e disso se aproveitou o Ouriense para aumentar o marcador para 2-0, novamente por Tiago.
O 2.º tempo trouxe uma equipa do Santa Cita, diferente para melhor, procurando assumir o jogo. Isso foi conseguido, começando a defesa Ouriense a sentir dificuldades para segurar o jogo adversário. Miguel consegue de G. Penalidade reduzir para 1-2, e a partir daí só deu Santa Cita. João Vaz empata a partida a 5 minutos do final, resultado justo para aquilo que o Santa Cita vinha a fazer neste 2.º período. A formação de Rui Oliveira sentiu que podia ganhar o encontro e só a ansiedade do ataque Santacitense, fez com que a bola não abanasse a rede de Luís Marujo Nos instantes finais do encontro quando nada fazia prever uma alteração no marcador, David André aproveita uma perda de bola de João Paulo, (jogada muito contestada pelo banco local), e num remate imparável, faz o 3-2 para o J.O. quando faltavam 2 segundos para o final do encontro.
A maior maturidade dos jogadores Ourienses, foi fundamental para esta vitória sofrida, que catapulta a equipa de Pipoca para o 3.º lugar da classificação. O Santa Cita só pode queixar-se da falta de sorte em momentos chave do encontro, pois foi em muitos períodos do jogo superior ao seu adversário.

Crónica de Carlos Emídio Martins

terça-feira, 11 de Novembro de 2008

VAMOS VOTAR NO ANDRÉ GIRÃO

André Girão, GR de Sub 20 Campeão da Europa e Vice-campeão Mundial, vencedor da Taça Latina é um dos finalistas na categoria de jovem promessa. Foram nomeados pela FPP, Luís Sénica como treinador do ano, Diogo Marreiros da velocidade como atleta masculino, a Cláudia Rego como atleta feminina e a Selecção que venceu a Taça Latina como equipa do ano. Apenas o André Girão foi apurado para a final de 5 atletas em cada categoria. Fica aqui o apelo a todos os visitantes para acederem á pagina da Gala da Confederação do Desporto de Portugal através deste link e votarem no André Girão, acedendo á página da Jovens Promessa do Ano.


segunda-feira, 10 de Novembro de 2008

PAPARUCO - O COMENTADOR

"Justo, mas por números exagerados"

Aproveitando a boleia do meu amigo Kaly, dei um salto até Santa Cita a fim de assistir ao jogo em atraso referente á 2ª jornada da 3ª Divisão série C que opunha a equipa local e o Clube União Micaelense. Com um pavilhão com menos assistência do que é costume, se calhar motivado pela Feira de São Martinho que decorre na Golegã, pude no entanto encontrar caras conhecidas da modalidade como foi o caso do Gonçalo Favinha, actualmente a jogar no Porto Santo SAD e ainda a saborear o empate frente ao campeão nacional, Jorge Godinho, Rafael Oliveira, o Srº Nunes de Tomar (figura incontornável do mundo hoquista regional que aproveitou para ver os seus filhos que actualmente actuam na equipa de Luís Miguel Cunha), entre outros.
Quanto ao jogo propriamente dito, e na minha opinião, a ACR Santa Cita acabou por ser o justo vencedor, mas os 4-1 finais serão um castigo pesado para a equipa Açoriana, pelo que fez durante o desenrolar da partida. A equipa da casa que já na presente época em jogo relativo á 2ª eliminatória da Taça de Portugal havia vencido a equipa de Ilha de São Miguel por 5-1, pegou nas rédeas do jogo, dominando e com mais posse de bola que o adversário, mas nem sempre com objectividade, o que fazia com as oportunidades de golo escasseassem. Por sua vez a equipa de São Miguel suportada na excelente exibição do seu guarda-redes, que alternava momentos de grande concentração e consequentes boas intervenções, com a interacção com o publico, através de expressões e atitudes bem divertidas.
Só com a entrada de Tiago Pereira, a equipa de Santa Cita chega ao golo, já depois de Nobre ter falhado uma grande penalidade. Pensou-se que estava conseguido o mais difícil, mas foi puro engano pois a equipa Insular continuou a defender bem e atacar com objectividade, e só a manifesta falta de sorte fez com que o encontro não chegasse empatado ao intervalo.
Na 2ª parte mais do mesmo, o Santa Cita a dominar a ter posse de bola, e seria novamente do stick de Tiago Pereira que a equipa de Luís Miguel Cunha viria a chegar aumentar a vantagem, para três minutos depois a equipa Micaelense reduzir. Tiago Barreiro viria a fazer o 3-1, quando ainda faltavam cerca de 11 minutos para o terminus da partida. A equipa dos Açores nunca perdeu a concentração e foi criando lances de perigo que iam alternando com outros igualmente perigosos para o seu ultimo reduto, e fruto de um desses lances, depois de mais uma excelente intervenção do guarda-redes o capitão da equipa forasteira num lance de manifesta infelicidade faz auto golo e assina o resultado final.
Como já referi, vitória sem contestação da equipa de Santa Cita, por números exagerados, mas com uma "nuance" que poderia ter alterado o rumo do jogo, ou não, estou a referir-me a exibição menos conseguida do arbitro da partida, que deixou passar em claro, uma agressão sem bola de Hélder, guarda-redes da casa, assinalando a grande penalidade, e cartão amarelo, quando o lance era merecedor de punição mais severa. Perto do final da 1ª parte um lance no meio campo junto aos bancos de suplentes em que um jogador do Micaelense ficaria isolado, sendo travado em falta, ficou o respectivo livre directo por marcar, e a consequente sanção disciplinar, por fim na 2ª parte, um lance dentro da área do Santa Cita a deixar muitas duvidas, mas devido á rapidez do mesmo, fica o beneficio da duvida.
Sinal mais na equipa Ribatejana para o Zig, a jogar e a fazer jogar e para o Tiago Pereira, que pelos dois golos que fez merecia mais uns minutos em campo. Na equipa Açoriana, o guarda-redes como já referido e os nº6 e nº7 (fica o pedido de desculpas por não saber o nome) dois jovens jogadores que mostraram muita técnica e sentido posicional, sendo na minha opinião tacticamente muito evoluídos.

domingo, 9 de Novembro de 2008

FILIPE ALMEIDA FEZ A DIFERENÇA

SC Tomar perdeu uma excelente oportunidade de assumir a liderança da zona norte da 2ª divisão, ao empatar 4-4 frente á AD Sanjoanense. No entanto podemos dizer que afinal a equipa de Nuno Lopes ganhou um ponto até pelo facto de ter chegado ao empate a 17 segundos do fim na marcação de uma grande penalidade. Foi um jogo equilibrado que chegou ao intervalo empatado a duas bolas, na 2ª parte a equipa Leonina ainda chegou á vantagem, mas a equipa de São João da Madeira consegue dar a volta ao resultado, para nos segundo finais o SC Tomar chegar ao empate. Resultado justo e 2ª posição com 8 pontos, menos um que o líder HC Turquel.
Em Ourém, a equipa da Juventude Ouriense, encontrou de novo o caminho das vitórias, depois de duas derrotas consecutivas, em outras tantas saídas. Ontem no Pavilhão do Pinheiro a equipa de Manel Domingues venceu o Famalicense AC, que era 3º classificado por 2-0, dando assim um salto na tabela classificativa e aumentando os níveis de confiança para os próximos embates.
A Sul o União FE apesar da excelente atitude, e de ter efectuado uma boa partida não foi capaz de levar de vencida o CS Marítimo, que teve na dupla de arbitragem Madeirense o seu grande aliado, 6-5 a favor dos Insulares foi o resultado, que deixou a equipa de António Vicente com um amargo de boca, pois pelo que fez a vitória era mais que merecida, mas alguém ligado ao jogo e que não anda de patins não o permitiu.
Na 3ª divisão série B, a SFG Pais continua a vencer e a convencer e ocupa a 3ª posição atrás dos carismáticos SC Marinhense e AA Coimbra. Ontem no Pavilhão Municipal de Tomar a equipa de Hélder Santos goleou por 5-0 a equipa do FCO Hospital com 4-0 ao intervalo. Diga-se em abono da verdade que pelo que se passou no Pavilhão o resultado é algo pesado para a equipa de Oliveira do Hospital, até pelo que os 4-0 da 1ª parte a favor da equipa da casa são resultado da tremenda eficácia dos jogadores Nabantinos, e da excelente exibição do seu guarda-redes. Filipe Almeida foi o homem do jogo ao apontar 3 golos, jogo esse com boa arbitragem de Rui Taborda.
Na série C, em Santa Cita a equipa de Luís Miguel Cunha, não deixou a equipa que viajou das margens do Sorraia por o pé em ramo verde e venceu por 6-3, tendo inclusive gerido o jogo de forma a acautelar a recepção de hoje pelas 1800 horas ao CU Micaelense.
Em Almeirim a equipa da casa continua sem vencer e desta feita foi derrotada por 2-1 frente ao CU Micaelense que ao intervalo vencia por 2-0. Com este resultado a equipa da capital da Sopa da Pedra é lanterna vermelha com 0 pontos, ao passo que o GC “Os Corujas” segue imediatamente acima com 2 pontos, e a ACR Santa Cita pulou na tabela para a 7ª posição, podendo hoje em caso de vitória subir para a 6ª posição por troca com o seu adversário.

FERNANDO CLARO REELEITO

Fernando Claro foi ontem reeleito presidente da Federação Portuguesa de Patinagem, conseguindo 850 votos num universo de 1002, o que significa um amplo apoio para novo mandato de quatro anos. "Foi precisamente esse forte apoio que me levou à recandidatura, pois sabia que as equipas desejavam a continuação de um trabalho de solidificação das estruturas da patinagem", comentou Claro, que em 2003 praticamente se estreou no cargo com a conquista do último título mundial de hóquei em patins, troféu que a Selecção Nacional vai procurar de novo em Junho do próximo ano. "Essa será uma meta, e temos provado estar no bom caminho, com os títulos europeus em sub-23 e sub-17, além de oito medalhas na patinagem e sete na patinagem de velocidade", salientou, não escondendo que a modalidade sente "os tempos de crise" e que outra preocupação sua é "melhorar a nível de marketing e informação".

Fonte: Jornal "
O Jogo"

sexta-feira, 7 de Novembro de 2008

AGENDA PARA DIA 08/11/08

Tem lugar amanhã a 4ª jornada dos Nacionais da 2ª e 3ª divisões, com as equipas Ribatejanas todas em acção. Na 2ª divisão zona norte, o SC Tomar, actual 2º classificado com 7 pontos desloca-se até São João da Madeira para defrontar a AD Sanjoanense que ocupa a 7ª posição com 4 pontos. A J. Ouriense depois da derrota frente ao Bom Sucesso, ocupa a 12ª posição com 3 pontos, e nesta jornada recebe o Famalicense AC que se encontra na 3ª posição com 7 pontos. A Sul o União FE, 7º classificado com 6 pontos viaja até á Pérola do Atlântico para defrontar o CS Marítimo actual 13º classificado com 1 ponto.
Na 3ª divisão série B, a SFG Pais 3ª classificada com 7 pontos recebe o 4º classificado, FCO Hospital que tem 6 pontos. Na série C duelo Ribatejano em Santa Cita, que opõe a equipa local 9º classificado, 0 pontos e menos um jogo ao GC “Os Corujas”, 7º classificado com 2 pontos. Em Almeirim os Tigres, lanterna vermelha com 0 pontos recebem o CU Micaelense 8º classificado com 1 ponto e menos dois jogos. No domingo dia 09 será a vez da ACR Santa Cita receber o CU Micaelense, jogo em atraso respeitante á 2ª jornada.
Estão assim lançados os dados para mais um fim-de-semana de hóquei em patins, que se espera proveitoso para as equipas do Ribatejo.

quinta-feira, 6 de Novembro de 2008

SFG PAIS VENCE DERBY

SFG PAIS 4 - SC TOMAR 3
No já tradicional derby de Tomar a Gualdim Pais venceu mais uma vez num jogo em que o equilíbrio do marcador não traduz o que se passou no ringue. A Gualdim Pais jogou e dominou durante quase todo o desafio criando muitas oportunidades de golo que os postes da baliza adversária e o guarda-redes Leonino, que se cotaria como o melhor jogador visitante, foram evitando até que aos 10 min Filipe Almeida inauguraria o marcador com um remate, também ele a embater ainda no poste. Mas como quem não marca sofre, aos 11 minutos o Sporting empata e chegaria mesmo ao intervalo a vencer por 2-1. Na segunda parte o cariz de jogo não se alterou. A Gualdim Pais continuava a criar oportunidades de golo e dominava o jogo mas o resultado continuaria equilibrado até final. Vitória justa da Gualdim Pais que foi a melhor equipa em campo e a que mais oportunidade de golo criou.

UMA EQUIPA EM CRESCIMENTO

CF Perosinho 4 - SFG Pais 4
A Gualdim Pais foi a Gaia obter um empate frente à equipa de Perosinho num jogo em que podia ter amealhado os 3 pontos em disputa pois mostrou ter equipa para levar de vencida a equipa da casa. Paulo Silva inaugurou o marcador para a Gualdim Pais ainda não era decorrido um minuto de jogo e aos 10 minutos da primeira parte Ricardo Monteiro aumenta para 2-0.
Durante toda a primeira parte a supremacia da Gualdim Pais permite-lhe criar várias oportunidades de golo que poderiam ter ditado o vencedor mas a concretização não era a melhor.
Ao intervalo o resultado pecava por escasso, mas na segunda parte o Perosinho mostrou-se uma equipa mais agressiva provocando algum retraimento nos jogadores da Gualdim Pais, o que permitiu que a equipa da casa marcasse aos 7 e aos 10 minutos empatasse a duas bolas. A Gualdim acusou os golos sofridos e, com a complacência do árbitro, mal no aspecto disciplinar, sofreria o 3º golo aos 14 minutos de jogo.
Este golo teria o condão de despertar os jogadores da Gualdim Pais que no mesmo minuto fazem o empate numa grande penalidade concretizada por Loic. A Gualdim Pais volta a dominar e vai à procura do golo da vitória passando para a frente do marcador aos 19 minutos com um golo de André Mendes.
Acusando já o desgaste físico provocado pela rudeza do adversário a Gualdim Pais tenta segurar a vantagem mas seria o Perosinho a obter o golo do empate a 3 minutos do final numa altura em que já poucas forças restavam à equipa tomarense para procurar novo golo.
A Gualdim pais jogou com: João Simões, Filipe Almeida, Loïc (1), André Mendes (1), Ricardo Monteiro (1), Miguel Jerónimo, Hugo Matias, Paulo Silva (1), Pedro Rivotti e Ricardo Rosa.

terça-feira, 4 de Novembro de 2008

DAVID VIEIRA - ESTREIA COM GOLO

Foi com uma derrota por 5-2 frente ao GDS Cascais, que David Vieira fez a sua estreia com a camisola do S Alenquer B, tendo inclusive apontando o golo que na altura colocava a sua equipa na frente do marcador. Recorde-se que o atleta formado nas escolas do União FE, representou na época passada a ACR Santa Cita, tendo no inicio da presente época regressado á equipa do Entroncamento, para após umas semanas de treino e ainda durante a pré-época decidir trocar o União FE pelo S Alenquer B, numa transferência que se revelou algo complicada e polémica.
Quanto ao jogo propriamente dito a equipa de Rafael Oliveira acabou derrotada, e ainda não conheceu o sabor da vitória esta época (tendo inclusive, sido eliminada da Taça de Portugal pelo C Stella Maris da 3ª divisão), ocupando a 15ª posição da tabela classificativa com 0 pontos, ao passo que o adversário desta noite, o GDS Cascais ascendeu á 5ª posição com 7 pontos. O jogo chegou ao intervalo empatado a uma bola, tendo aos 3 minutos da 2ª parte David Vieira colocado o Alenquer no comando da partida, para a partir daí a equipa de Cascais correr atrás do prejuízo em quatro minutos dar a volta ao marcador passando a vencer por 4-2, para perto do "terminus" da partida Paulo Pereira fixar o resultado final.

segunda-feira, 3 de Novembro de 2008

PAPARUCO - O COMENTADOR

"Derby em tons esverdeados"

Aproveitando a tarde soalheira de Domingo, mas já com o frio a marcar presença, desloquei-me até Tomar para assistir ao jogo entre o Sporting local e o Santa Cita, encontro sempre aguardado com expectativa ou não fosse este um derby local.
Para além de ser sempre um encontro de alta voltagem, pela rivalidade desportiva existente entre as duas colectividades, tinha ainda o aperitivo de se encontrarem as duas primeiras classificadas do Campeonato Distrital.
O Sp. Tomar fez aquilo que se esperava desta formação; entrou decidida a tomar as despesas do jogo, assumindo esse papel, tentando furar a bem organizada formação de Santa Cita, que defendia em quadrado, e espreitando sempre o contra ataque. Não encontrando alternativas para chegar até à baliza defendida por Joel, Pedro Martins num remate de meia distância, inaugura o marcador. Deu a ideia que o pior tinha passado para o Sp. Tomar. Mas logo de seguida, numa jogada de ataque forasteiro, Pedro Martins provoca penalti que Miguel transformou, empatando a partida a 1 bola, estavam decorridos 5 minutos de jogo. A partir daí o encontro entra num período de pressing mais intensivo por parte dos pequenos leões, e que viria a sortir efeito, pois até ao intervalo a Sp. Tomar aumentaria a vantagem para 3-1, com golos de Hernâni e João Flores que souberam aproveitar algum nervosismo patenteado pelo guardião Joel.
O segundo período foi de domínio leonino, embora o Santa Cita, sempre que podia ia importunando o ultimo reduto tomarense, mas sem o perigo que mostrara no 1.º tempo. O Sp. Tomar através de Hernâni, aumentou para 4-1, numa jogada de bom recorte técnico, e seria Edgar a marcar o último golo leonino aproveitando da melhor maneira uma jogada de envolvência do ataque do Sp. Tomar.
Resultado justo e que confirma uma equipa Leonina com argumentos para discutir o 1.º lugar do Campeonato Distrital de Iniciados.
Sp. Tomar: Renato Rodrigues, Vasco Simões, Pedro Martins (1), Pedro Hernâni (2) e Edgar Costa (1); João Flores (1), Luís Vicente, Miguel Flores, Ricardo Peres e David Santos
Santa Cita: Joel Batista, Miguel Fernandes (1), Fábio Macarrão, João Ferreira e João Faria; Ricardo António, João Vaz, Bruno Tomas, Rafael Oliveira e Fábio Amendoeira

Foto: Jorge Ramos - Jornal "Cidade de Tomar"

domingo, 2 de Novembro de 2008

RUI ALVES JÁ ESTÁ EM CASA

Segundo notícia publicada no blog UFE Hóquei, apesar da vista bastante mal tratada e após os exames realizados em Lisboa, não houve necessidade de recorrer á cirurgia, assim sendo Rui Alves regressou a casa, onde recupera desta lesão.
Recorde-se que o atleta do União FE foi atingido por um stick de um jogador do CF Estremoz, a poucos minutos do final da partida, tendo sido transportado ao Hospital de Torres Novas, e após observação nas urgências, foi transferido para Lisboa, no intuito de ser submetido a uma cirurgia para correcção da lesão, o que não se viria a confirmar após os exames diagnósticos a que foi sujeito.
A recuperar agora no seu lar, resta saber para quando o regresso do atleta á actividade, num ano em que o mesmo a fazer o doutoramento entre as Universidades de Coimbra e Aveiro, ainda consegue arranjar tempo para dar o seu contributo á equipa, e espalhar magia pelos ringues, como foi o caso do golo que marcou ontem, poucos minutos antes da lesão.

RUI ALVES EVACUADO PARA LISBOA

Rui Alves, atleta do União FE, perto do final da partida frente ao CF Estremoz, numa jogada junto á baliza da equipa Alentejana foi atingido por um stick adversário, no olho direito o que motivou a sua evacuação para o Hospital de Torres Novas e posteriormente para o Hospital de Santa Maria em Lisboa, afim de realizar exames diagnósticos e ser submetido a uma pequena cirurgia para debelar a lesão de que foi vitima.
O Cartão Azul deseja as rápidas melhoras ao jogador do União FE, e que a breve trecho esteja de regresso ao ringues.

sábado, 1 de Novembro de 2008

DERROTAS E MAIS UMA GOLEADA

Santa Cita continua sem vencer, e Tigres sofrem nova goleada, são sem duvida os maiores destaques da jornada deste sábado no que diz respeito ás equipas Ribatejanas. Na zona norte da 2ª divisão o SC Tomar recebeu e venceu a Escola Livre de Oliveira de Azeméis, exactamente pelo mesmo resultado do jogo que opôs ambas as equipas para a Taça de Portugal, 7-2 foi o resultado final e assim sendo a equipa de Nuno Lopes “pulou” para os primeiros lugares da tabela. A J. Ouriense voltou a sair derrotada de mais uma deslocação, desta feita por 3-2, frente ao FC Bom Sucesso, o que faz com que equipa de Manel Domingues esteja na 13ª posição apenas com 3 pontos. Na zona sul, o União FE venceu, com alguma facilidade o CF Estremoz por 8-1 com 6-0 ao intervalo, num jogo de sentido único, e que fica marcado pela lesão de Rui Alves perto do final da partida, pela dureza da equipa Alentejana e pela fraquissíma arbitragem da dupla de Leiria. A equipa de António Vicente ocupa agora a 6ª posição com 6 pontos.
Na 3ª divisão série B, a SFG Pais empatou 4-4 no recinto do Perosinho e mantêm-se nos lugares cimeiros, de salientar que nesta partida a equipa de Hélder Santos consentiu tantos golos, como havia consentido nas restantes partidas. Na série C, três jogos, três derrotas. A ACR Santa Cita, candidata á subida sofreu nova derrota, desta feita em São Roque na Madeira, 4-3 foi o resultado e a equipa de Luís Miguel Cunha é penúltima classificada com 0 pontos. Os Tigres lá vão de goleada em goleada, agora foi a vez dos Lobinhos “presentearem” a equipa de Almeirim com um expressivo 11-3, e desta forma a equipa dos Tigres ocupa a ultima posição com 0 pontos, 6 golos marcados e 22 sofridos, o que dá uma média superior a 7 golos sofridos por jogo. Por fim a equipa dos Corujas saiu derrotada, 4-3 na recepção ao HC Lourinhã, e ocupa a 7ª posição da tabela com 2 pontos.