segunda-feira, 23 de Abril de 2012

SOFRER, MAS GARANTIR OS 3 PONTOS...!!!

Ganhar vantagem e descansar, ver o adversário reduzir para a margem mínima e tremer foi certamente a imagem que ficou a quem assistiu no Alfredo Bento Calado ao jogo HC "Os Tigres" x AE Fisica D a contar para a 7ª jornada da série C do Nacional de Juniores.


Entrou melhor a equipa de Nelson Lourenço e Pedro Vaz inauguraria o marcador aos 2' minutos. A equipa da zona Oeste não tremeu e no minuto seguinte empatou a contenda, 1-1 com 3' decorridos. Demorou apenas 2' para que João "Janeka" Silva voltasse a colocar a sua equipa na frente do marcador, e nesse mesmo minuto seria João Beja a fazer o 3-1.

Foi preciso esperar até aos 15' para que João Beja bisasse e elevasse a marca para 4-1. Com 10' ainda para jogar os Tigres tiraram o "pé do acelerador" e a equipa de Torres Vedras tornou-se mais perigosa e aos 19' reduz para 4-2. Dois minutos volvidos Luís Inácio, arbitro da partida aponta para a marca da grande penalidade, mas João Coelho nega o golo ao adversário, no ultimo minuto da 1ª parte a equipa forasteira chegaria ao 4-3, resultado com que se foi para o descanso.
Na 2ª parte começa praticamente com o 5-3 da autoria de Carlos "Pica" Fonseca. Com 6' decorridos foi a vez de Pedro Vaz imitar o seu adversário e falhar uma grande penalidade, e como que não marca sofre no minuto seguinte a AE Física reduz de novo para a margem minima 5-4. Pedro Vaz viria a redimir-se da falha no penalti e aos 9' colocava de novo uma vantagem de dois golos no placard, 6-4. O jogo continua equilibrado, com um leve ascendente para os azuis e brancos e à passagem do minuto 13 João "Janeka" Silva na conversão de um livre directo fazia o 7-4. Ainda no minuto 13 a Fisica voltaria a reduzir para 7-5 e colocar incerteza no marcador quando ainda havia 12' para jogar e a levar algum nervosismo aos adeptos que nas bancadas torciam pelos seus Tigres, e esse nervosismo viria a aumentar e de que maneira quando aos 23' a equipa de Torres Vedras fez o 7-6.

Nos dois minutos que faltavam para o final o resultado não voltaria a sofrer alterações e com esta vitória que teve tanto de justa como de suada a equipa de Almeirim somou mais 3 pontos rumo ao apuramento para a 2ª fase.

Final: HC "Os Tigres" 7  -  AE Fisica D 6

Sinal positivo para a equipa do Tigres muito unida e que vê alguns dos seus jogadores a jogarem ao sábado pelos seniores e ao domingo pelos juniores, e só um grande espírito de sacrifício e amor à modalidade permite a estes jovens manter alto nível de rendimento e revela o seu enorme profissionalismo e amor ao emblema que ostentam ao peito. Para a equipa da Fisica que nunca se deu por vencida e correu sempre atrás do prejuízo, sendo um digno vencido.

Crónica: José João P.C.
Fotos: João Beja e JV Dias

Sem comentários: